A Assembléia

15 jul

Muitos irmãos tem nos perguntado: como foi a assembleia ocorrida no dia 17 de maio passado, quando foi definida a composição da nova diretoria da Igreja Apostólica?

.

Caros irmãos, ocorreu como sempre ocorrem todas as assembleias da Igreja Apostólica: no obscurantismo total. Nas assembleias que ocorrem anualmente para prestação de contas, ninguém tem palavra para dizer nada, a não ser o cúmplice do Aldo Bertoni destacado para aquela função, é lido um balanço fraudulento, elaborado pelo próprio sobrinho do Aldo Bertoni, o contador Hélio Viana da Rocha, e seu assistente e cúmplice José Roberto Rozani. Depois da leitura, todos os apostólicos são obrigados a votar pela concordância ou não, levantando sua mão, e ai daquele que não levantar a mão, pode até ser colocado a tapas para fora dali.

.

Vejam que os irmãos do interior, os grandes explorados nessa história toda, ficaram mais uma vez a ver navios no quesito “transparência”. Estavam todos esperando poder assistir a assembleia ao vivo, mas adivinhem o que aconteceu? Nada de transmissão! Afinal, quanto menos os apostólicos se interessarem pelo que acontece nos bastidores da administração da Igreja Apostólica, melhor para os corruptos cúmplices do Aldo Bertoni.

* * *

Assembleia Sede - Esconder Por quê?As câmeras funcionaram por mais de 36 horas ininterruptas durante o velório do bandido Aldo Bertoni. Por que não estavam funcionando por algumas horas durante a assembleia que definiria o futuro da Igreja Apostólica? Medo que o povo veja tudo ao vivo e à cores?

* * *

A verdade, caros irmãos, era que havia o medo de que algum membro indignado com tantas mentiras se manifestasse durante a reunião. Como em toda assembleia da Igreja Apostólica, todos são sempre obrigados a se manifestar a favor, sob pena de ser chutado dali. Mas as coisas não ocorreram com tranquilidade alguma, engano de quem pensa assim. Nos bastidores, houve tensão durante toda a Assembleia. Veja só a manifestação abaixo, feita pelo filho do maior compositor de músicas para o Aldo Bertoni, o senhor Clérizon Rodrigues:

Wagner Rodrigues - Igreja ApostólicaWagner e seu pai, Clerizon: não somos nós quem estamos dizendo, foi o próprio filho quem expôs os interesses financeiros e de poder que cúmplices de Aldo Bertoni, como Clérizon, possuem na Igreja Apostólica.

* * *

Wagner Rodrigues.

Como já relatamos em outras oportunidades, Clérizon é um daqueles cúmplices que Aldo Bertoni muito se aproveitou para propagar suas mentiras. Há alguns anos atrás, quando descobriu as falcatruas do Aldo, o próprio Clérizon deixou a Igreja Apostólica, onde tinha fama e grande renome pelos corais do interior afora. Junto com ele, saíram todos seus famosos hinos, deixando um “buraco” no repertório musical da Igreja Apostólica. Tentou construir uma carreira musical em outras igrejas, mas descobriu que a concorrência fora da Igreja Apostólica é dura, pois boa parte das igrejas evangélicas são compostas de músicos estudados, com alto padrão técnico, e não conseguiu reconstruir a fama que possuía na Igreja Apostólica, onde a maioria dos corais e orquestras são amadoras, de baixíssima qualidade técnica.

.

Sabendo da situação, Aldo Bertoni propôs um retorno de Clérizon à Igreja Apostólica com uma proposta muito vantajosa para ambos: Clérizon retornaria à igreja, reocuparia com toda pompa a posição que possuía anteriormente, com direito a emprego com registro em carteira, bom salário pago pela igreja, apartamento de primeira qualidade no bairro do Tatuapé, direito a se divorciar de sua esposa e se ajuntar com uma moça bem mais nova sem ser criticado por ninguém, viagens grátis por todo o Brasil, direito a trabalhar no horário que quiser, e poder de mando sobre os corais do interior. Em troca, Clérizon deveria “apenas” fechar os olhos para tudo o que sabia a respeito das falcatruas do Aldo Bertoni, e fazer novos hinos para ele, exaltando sua “santidade”, para ajudar a fanatizar ainda mais o povo apostólico em torno do seu nome, porque ambos conhecem o poder da música sobre o psicológico das pessoas.

.

Foi o Sr. Clérizon, juntamente com o Sr. João Marcos Antônio Campos, outro cúmplice que sabe tudo sobre Aldo Bertoni, mas o defende em troca de vida fácil e benefícios financeiros, quem convenceu Aldo Bertoni a proibir que todos os integrantes de qualquer coral ou orquestra da Igreja Apostólica, fizesse cursos de música fora da igreja. Com essa ordem, eles simplesmente queriam garantir que ninguém fosse melhor que eles, e dessa forma pudessem manter seu poder de mando e influência sobre os mais de 200 corais e orquestras da igreja, além de garantir suas viagens grátis a pretexto de treinar esses conjuntos, claro.

.

Não esperem mais nenhum ato de democracia ou transparência da Comissão ora eleita. Foram escolhidos para escrever um novo Estatuto, sem prazo para ser apresentado, sem a participação de mais ninguém, de forma obscura, e quando tiverem redigido o documento, certamente recheado de artigos que favoreçam apenas os antigos cúmplices do Aldo Bertoni, deixando os irmãos do interior novamente à mercê de suas decisões, vão coloca-lo à votação da igreja, e ai daquele que não levantar a mão concordando com o documento, mesmo que não concorde ou que não tenha compreendido nada do que foi lido.

.

Infelizmente, nada mudou no corrupto reino criado para enriquecer Aldo Bertoni, seus familiares e seus cúmplices, caros irmãos e amigos. Continuemos em oração pela libertação de nossos pobres e inocentes irmãos apostólicos, vítimas desses lobos, pessoas más, egoístas, que querem continuar a viver na “moleza” apenas explorando a fé alheia.

.

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 10/07/2014

10 jul

O Verdadeiro Espírito ConsoladorGravura ilustrando o cumprimento da promessa do Consolador, relatada na Bíblia no livro de Atos do Apóstolos, capítulo 2: Por que os escritores de Boletins da Igreja Apostólica, mesmo após a morte do bandido Aldo, que ameaçava quem mostrasse seus erros e mentiras, não mostram essa verdade ao povo apostólico? Jesus prometeu o Consolador, o Espírito Santo, e o enviou apenas 10 dias após sua ascensão aos céus. Por que continuar enganando o povo apostólico com fantasias e falsas doutrinas que os integrantes da “Comissão Gestora Provisória” sabem que são mentiras?

* * *

No Boletim Interno Oficial da Igreja Apostólica desta semana, encontramos apenas mais do mesmo: extensos pedidos de dinheiro, mais pedido de dinheiro para comprar imóveis que já foram objeto de compra em campanhas passadas, como temos demonstrado aqui ao longo das últimas postagens, e muita besteira doutrinária que contradiz a Bíblia frontalmente.

.

BOLETIM DE 10/07/2014 (Clique aqui para ler)

.

O mais curioso, caros irmãos e amigos, é que nesse Boletim encontramos, pela primeira vez na história da Igreja Apostólica, a citação do versículo de João 14:26, onde Jesus revela quem seria esse Consolador: O ESPÍRITO SANTO de Deus. Quem toma conhecimento desse ensino de Jesus, sabe que essa história da falecida Rosa Alves ser o CONSOLADOR, é conversa fiada, para enganar pessoas que desconheçam a palavra do SENHOR. Antes, citavam no Boletim apenas os demais versículos em que Jesus fala sobre o Consolador que o precederia para estar junto aos fiéis.

.

Alguém poderá dizer: “mas se esse versículo desmascara o conto da santa vó Rosa, por que o colocaram no Boletim?”.

.

A verdade é que os escritores de Boletins sempre contam com:

Primeiro: a ignorância bíblica do povo apostólico. Como os apostólicos não conhecem a Palavra de Deus, ignoram completamente a importância da missão de Jesus e seus ensinamentos, e não tem conhecimento do que ensinaram os Apóstolos após a partida de Jesus, fica fácil conduzir os fiéis para onde quiserem;

.

Segundo: a leitura dos Boletins é tão chata e repetitiva, que quase ninguém presta atenção. Aliás, a maior parte dos que sempre prestaram atenção em todas as leituras de Boletins, hoje estão fora da Igreja Apostólica por perceberem que estão sendo enganados.

.

Terceiro: nos parece que agora há algum outro escritor de Boletins além de João Stancey e José Roberto Rozani, o vulgo “Robertinho”. Não só pelo estilo de redação dos Boletins, mas também pela maior quantidade de citações bíblicas realizadas ultimamente. Talvez esse novo autor não esteja atento às partes da Bíblia que João Stancey e o “Robertinho” sempre se esforçaram para esconder do povo apostólico.

.

Nossa esperança é que conforme os apostólicos forem tomando conhecimento da Palavra de Deus, a Bíblia, vejam que a falsa doutrina criada e sustentada por Aldo Bertoni apenas para enriquecer materialmente, não tem nada a ver com o que Jesus Cristo, o Salvador, ensinou. Caso contrário, estarão se condenando a ir parar no mesmo lugar onde o falso profeta diabólico provavelmente agoniza neste momento.

.

Se você que é apostólico e está conseguindo enxergar a verdade ainda tem dúvida sobre o que nos ensina a Bíblia, faça seus questionamentos na seção de comentários abaixo, e lhe responderemos utilizando unicamente a Palavra de Deus, sem expressarmos nenhuma opinião da nossa parte. Se preferir, envie sua pergunta por e-mail: acordapovoapostolico@gmail.com.

.

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 03/07/2014

3 jul

Pedindo dinheiro - Igreja Apostólica

* * *

BOLETIM DE 03/07/2014 (clique aqui para ler)

* * *

Caros irmãos e amigos, Aldo Bertoni mal esfriou no caixão, e seus cúmplices já recomeçaram a fazer aquilo que sempre souberam fazer muito bem: arrancar dinheiro do povo apostólico. A desculpa agora é a compra de um imóvel nas proximidades da Sede.

.

Puxe pela memória, e quantas vezes nos últimos 10 anos você viu esse pessoal da Sede pedir dinheiro para a compra de imóveis? E o quê, de fato, foi expandido na Sede? Absolutamente NADA! O Templo é o mesmo construído pelo Bispo Eurico Mattos Coutinho nos anos 70, e de lá para cá quase nada foi feito, sob a administração do falso profeta Aldo Bertoni. Nesse tempo todo, e somente após expormos várias denúncias na internet, passaram a comprar alguns parcos imóveis para poderem justificar as campanhas. Um deles virou estacionamento, que é tão velho que qualquer dia o telhado cai sobre os carros lá estacionados, enquanto outro virou a lanchonete da família Bertoni que vende alimentos dentro das instalações da igreja. Foram comprados dois apartamentos no mesmo prédio onde mora o agora “diretor” Nilson Bittencourt Cairolli. Pelas informações que temos, os dois apartamentos encontram-se vazios, apenas gerando despesas de condomínio e IPTU para os apostólicos pagarem.

.

Se você que é apostólico, e principalmente você que é do interior, se recordar bem, lembrará que em 2007 foi realizada uma longa campanha para a aquisição de 11 imóveis ao redor da Sede. Um dos imóveis daquela campanha, era esse que agora está sendo comprado. Lembram-se disso? Existia até uma equipe que viajava o Brasil inteiro promovendo esta campanha, cujo líder era o Sr. Calmito Silva Ribeiro, recordam-se?

.

Pois bem, em 2007 ninguém soube quanto foi arrecadado naquela campanha, e o dinheiro simplesmente desapareceu. Os apostólicos são um povo muito fácil de enganar, pois nunca exigem nenhum tipo de prestação de contas sobre o que é feito com o dinheiro que doam. Prato cheio para gente corrupta e ladra como Aldo Bertoni e seus cúmplices. Pobres de nós, que sempre confiamos neles e doamos muito do nosso esforço para que hoje boa parte desses bens estivessem no inventário do falecido Aldo Bertoni.

.

Caros irmãos e amigos, nós tivemos acesso ao extrato da tal conta de campanha, no Banco Bradesco, ainda por volta do ano de 2008, e podemos garantir que aquilo que se arrecada, é muito superior ao valor pago pelos imóveis. Esse foi um dos questionamentos que fizemos ao Aldo Bertoni pessoalmente, e em resposta fomos ameaçados de morte.

.

Apostólicos do Brasil inteiro nunca se negaram a fazer todo tipo de esforço. A Igreja Apostólica só não possui inúmeros bens porque sempre foi assaltada justamente por quem mais confiávamos nessa Terra. A diferença entre o que foi pago e o que foi arrecadado, era simplesmente desviado por Aldo Bertoni e seus cúmplices, desvios que aconteciam de diversas formas, e em breve explicitaremos aqui.

.

Exijam, apostólicos, que seja apresentado o extrato dessa conta periodicamente. Viram que sequer dizem, no Boletim, quanto falta para completar a tal parcela? Viram que também não dizem quanto já foi arrecadado? Quem não deve, não teme, concordam? Se fizerem isso, vocês verão como o dinheiro que depositam nessas campanhas inexplicavelmente começarão a render a compra de muitos outros imóveis.

.

Oremos por nossos pobres irmãos apostólicos, que continuam sendo espoliados por gente que se aproveita da fé alheia e se mostra muito mais esperta que eles.

.

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 26/06/2014

26 jun

Disciplina Apostólica para MulheresEsta mulher está vestida indecentemente? Suas roupas são imorais? Segunda a “Doutrina Apostólica”, são! E por causa disso, essa mulher não merece a salvação de sua alma e nem do socorro de Deus nos momentos de precisão.

 * * *

No Boletim desta semana, os cúmplices do falecido falso profeta e bandido Aldo Bertoni voltam a encher a cabeça dos apostólicos com um dos mais importantes itens da falsa doutrina apostólica, a infame “DISCIPLINA”.

*

BOLETIM DE 26/06/2014 (CLIQUE AQUI PARA LER)

*

Criada pela tia de Aldo Bertoni, a “santa vó” Rosa Alves (que na época ainda se chamava Rosa Vicente, por ainda não ter se casado novamente, com um rapaz 40 anos mais jovem que ela), por volta do ano de 1957, a chamada “Doutrina Apostólica” é um conjunto de regras que, em sua maioria, proíbem aos apostólicos de fazerem uma séria de coisas. Entretanto, as mais contundentes, são as regras que regem integralmente a vida dos fiéis, sobretudo as mulheres, maiores vítimas dos desmandos e devaneios de Rosa Alves.

.

Hoje, libertos do fanatismo religioso, podemos perceber o quão escravizados éramos pelos ídolos diabólicos que se denominavam “santa direção”. Ao mesmo tempo em que criavam regras duras de serem seguidas, que praticamente excluíam os apostólicos da sociedade em que viviam, as pessoas mais próximas aos líderes da Igreja Apostólica, como por exemplo seus próprios familiares, eram liberados para usarem a roupa que quisessem, sem sofrerem as ameaças e condenações que os demais fiéis da igreja sofriam.

.

Você que nos lê mas nunca foi apostólica, consegue imaginar o que é ter uma líder religiosa, que se diz enviada diretamente pelo próprio Deus, dizendo que se você não usar apenas saias e vestidos mais compridos do que dois dedos abaixo do meio da barriga da perna, você iria arder eternamente no fogo do inferno? Foi por experiências como essas que muitos de nós passamos na Igreja Apostólica.

.

Os traumas são os mais diversos: sofrimento de discriminação na escola, quando crianças; perda de oportunidade em diversos empregos, por causa da exigência de calças como uniformes; discriminação social, culminando em sensação de isolamento do restante da sociedade; discriminação entre amigos; sensação de inferioridade em grupos sociais, etc. Se formos elencar aqui todas as consequências da “Doutrina e Disciplina Apostólica” em nossas vidas, podemos escrever um livro.

.

Mas tudo isso em troca de quê? Segundo Aldo Bertoni, sua tia Rosa, e os falecidos líderes e fundadores da Igreja Apostólica, esse “esforço” todo era para a nossa salvação. Talvez seja por isso que ninguém na Igreja Apostólica seja incentivado a estudar a Bíblia, talvez seja por isso que criaram os tais Boletins, para serem a “bíblia apostólica”, pois quem toma conhecimento da Palavra de Deus, percebe que roupas ou aparência não tem a menor importância para Deus. Para Deus, o que importa é o caráter, as ações de cada pessoa.

.

Por quase todo o Novo Testamento, Jesus demonstra repúdio às atitudes dos religiosos da época, que hoje podemos comparar com os líderes apostólicos. Se você ler Mateus 23, verá que as palavras de Jesus se enquadram perfeitamente à realidade do falecido Aldo Bertoni e a seus cúmplices que hoje estão no poder. Uma das críticas de Jesus, é justamente em relação à hipocrisia dos líderes religiosos:

.

“Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés. Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem. Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam. Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los. Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens. Eles fazem seus filactérios bem largos e as franjas de suas vestes bem longas; gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas, de serem saudados nas praças e de serem chamados ‘rabis’. (Mateus 23:2-7)
.
.
Vejam a antiga direção: Rosa impunha regras extremamente rígidas aos apostólicos, mas não as seguia. Aos 64 anos, casou-se com um rapaz de 21 anos (Renato Alves), e foi passar a lua de mel no litoral da Bahia, apesar dos apostólicos serem proibidos de ir à praia. Costumava medir com fita métrica a saia das mulheres dentro da igreja, e colocava para fora aos gritos quem não estivesse dentro do regulamento, mas a sua própria filha, a Guiomar Vicente, na época podia usar calças, sem a menor oposição da mãe. Com Aldo Bertoni foi ainda pior, pois nenhum de seus familiares, nem mesmo sua esposa, com quem ele dormiu por décadas, nunca foi imposto nada. A filha e as netas do Aldo Bertoni sempre puderam usar a roupa que quisessem, e Aldo nunca reclamou ou as condenou por isso. Já as apostólicas, quando eram flagradas com a saia um pouco mais curta, podiam ser até expulsas da Igreja Apostólica!
.
.
Vejam a atual direção da Igreja Apostólica: os filhos, as noras e as netas do Nilson Cairolli, podem usar a roupa que quiserem, e nem por isso são consideras “rebeldes”. Uma das filhas, as noras e as netas do João Stancey, usam maquiagem, brincos, calça, saias curtas, e nem por isso sofrem ameaças e nem represália do pai, sogro e avô. Assim se dá com os familiares de todos os outros integrantes da nova “santa direção”, a grande exceção talvez sejam os familiares do Wagner Ormanji, cujos familiares sempre foram bastante fanáticos e sempre seguiram as regras com retidão. Talvez sempre tenham feito isso porque nunca tiveram contato com a realidade sobre Aldo Bertoni, como os demais integrantes da nova direção tiveram.
.
.
Na verdade, caros amigos e irmãos apostólicos, a tal disciplina apostólica para mulheres, não passa do gosto pessoal de sua criadora, a “santa vó” Rosa Alves, que viu nesse método uma forma muito eficiente de manter seus “fiéis” sob absoluto controle psicológico. Quem pesquisar, verá que as medidas e modelos de roupas impostos por Rosa era, na verdade, apenas as roupas da moda quando ela era jovem, por volta dos anos 20.
.
.
Como essa questão funciona na maioria das igrejas que possuem Jesus Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador? A decisão sobre qual roupa usar, cabe ao fiel. Mas o fiel que teme a Deus, que conhece a vontade de Deus expressa através da Bíblia, sabe que é errado escandalizar ao próximo, tentar ao próximo, e nunca usaria roupas que contrariassem a vontade de Deus.
.
.
Continuemos todos em oração, para que nossos irmãos apostólicos também sejam libertos das amarras da falsa doutrina criada pelo criminoso Aldo Bertoni e sua tia Rosa. Oremos para que eles tenham seus olhos abertos, e consigam entender que para Deus, sua roupa ou sua aparência pouco importam, o que importa é o que está dentro de você, seu caráter, suas atitudes com Deus e com o próximo. Em momento oportuno, voltaremos a tratar sobre a famigerada “Doutrina e Disciplina Apostólica”.
.
.
Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 19/06/2014

19 jun

Desunião Familiar - Igreja Apostólica

Nesta semana, mais um Boletim da Igreja Apostólica carregado de hipocrisia é publicado para ser pregado nas quase 270 filiais da Igreja Apostólica espalhadas pelo país.

BOLETIM DE 19/06/2014

Depois do usual e insistente pedido de dinheiro dos fiéis, mais uma vez vemos o cronograma de um dos mais lucrativos eventos da Igreja Apostólica, a Festa de Batismo e aniversário do falecido falso profeta criminoso, o famigerado Aldo Bertoni. Sobre tais festas, é interessante reler o artigo intitulado “O GRANDE NEGÓCIO DAS FESTAS NA SEDE” (clique no link e leia).

Lucrativo para quem? Para a família Bertoni e seus cúmplices, claro, que vendem como nunca em seu restaurante e em sua lanchonete, e também é um dos melhores períodos para vendas de CDs e fotos pela empresa que agora é de propriedade apenas da esposa oficial do falecido Aldo Bertoni. Não podemos esquecer, claro, da arrecadação extra de ofertas em todo o Brasil, pois é realmente comovente os insistentes apelos de ofertas para realização da “festa do batismo”. Pobre povo apostólico inocente.

Mas o texto que mais nos escandaliza é o intitulado “Amai-vos uns aos outros, mandamento de Jesus, Nosso Senhor”. É inacreditável a cara de pau dos cúmplices do falecido Aldo na redação desses Boletins.

Primeiramente, concordamos que este ensinamento de Jesus deve ser ensinado sim, mas porque não se recordam que era o próprio Aldo Bertoni quem incentivava e promovia brigas e divisões familiares dentro da Igreja Apostólica?

Lembram-se quando Aldo mandou publicar no Boletim que OS APOSTÓLICOS DEVERIAM IGNORAR E SE AFASTAR DE QUALQUER QUE FALASSE “MAL” DELE (OU SERIA FALAR A VERDADE SOBRE ELE?), MESMO QUE FOSSEM FAMILIARES OU AMIGOS ÍNTIMOS”. Temos certeza de que todos os apostólicos irão se lembrar desse Boletim.

São inúmeras, incontáveis, as famílias na Igreja Apostólica que hoje estão divididas, distantes, com relacionamentos frios, por causa desse servo diabólico chamado Aldo Bertoni. Até com os abusos sexuais que praticava contra fiéis, jogava suas vítimas contra suas próprias famílias! Astúcia diabólica tinha aquele homem! E agora, como é que seus cúmplices têm a coragem de dizer, em Boletim, que “A missão do Santo Irmão Aldo é promover e incentivar a paz nos corações”?

Que Deus possa perdoar tanta hipocrisia da parte desses homens malignos, travestidos de “obreiros de Deus”, que utilizando parte da Palavra de Deus, tem como único objetivo manter suas regalias financeiras.

Que o Senhor abençoe a todos nós.

Boletim de 12/06/2014

12 jun

Qualquer pessoa em sã consciência, conhecedora das mentiras do Aldo Bertoni e seus cúmplices, sabedor das ameaças que Aldo costumava proferir contra quem pudesse ameaçar seu império financeiro e sua estrutura de poder sobre os apostólicos, imaginaria que a maior parte de seus cúmplices ajudavam a enganar o povo apostólico não apenas para manterem seus empregos e suas casas alugadas, mas também por medo de sofrer alguma retaliação por parte dos capangas do Aldo Bertoni.

Pois bem, acontece que o homem morreu há mais de um mês, e lamentavelmente vemos que seus cúmplices são tão mal caráter quanto o próprio Aldo Bertoni. Continuam a enganar a todo o inocente povo apostólico, ao invés de lhes revelar a verdade e fazer com que a Igreja Apostólica volte a ser uma igreja cristã, e não um antro de enganação, idolatria e heresias que vão frontalmente contra a Palavra de Deus, contra tudo o que os Apóstolos pregaram, contra tudo o que Jesus ensinou.

Vejam no Boletim desta semana, tudo continua como sempre foi: pedidos e mais pedidos de dinheiro, tratativas para a realização de lucrativas reuniões de santa comunhão em congregações do interior, e mais uma dose de falsa doutrina, bonitas mentiras criadas com o único objetivo de engrandecer ao Aldo Bertoni e sua falecida tia Rosa.

BOLETIM DE 12/06/2014

Vejam também que comunicam aos obreiros e pregadores que aquele infame “curso” para ser pregador na Igreja Apostólica continua a existir. Você se lembra, caro irmão e amigo, o que dizia a apostila que distribuíam aos alunos desse “curso”? Clique no link abaixo:

CURSO – APOSTILA DOS PREGADORES APOSTÓLICOS

Vejam na página 13: “Quem vê o irmão Aldo, está vendo Deus. Ele é onipotente, onisciente, onipresente”. É a prova material do quanto Aldo Bertoni se endeusava, dizia ter atributos de Jesus Cristo, e com isso exercia grande poder psicológico sobre todos os apostólicos.

Agora, temos visto dezenas de apostólicos dizendo que Aldo jamais foi endeusado. A estes, o que nos dizem deste material que é ministrado AOS PASTORES E PREGADORES DA IGREJA APOSTÓLICA, que pregam aos milhares de apostólicos Brasil afora?

Será que agora vão substituir todo esse material, assim como fizeram com os livros dos fundadores da Igreja Apostólica, e com todas as profecias ditas nos púlpitos da igreja nos últimos 44 anos?

“Era tudo mentira, esqueçam e vamos crer nos novos ensinamentos”. Até quando vão engolir isso, caros irmãos apostólicos?

Que Deus os ajude a se libertarem desta enganosa doutrina diabólica que escraviza suas mentes e suas almas.

Fiquemos todos com Deus.

Novos Hinos

10 jun

Boletim da Igreja Apostólica - 05/06/2014“Queremos lucrar às suas custas”! É isso que está escrito neste Boletim.

* * *

Enquanto nossos pobres e incautos irmãos apostólicos estão comemorando o aniversário da dona Rosa Alves, a esperta tia do também esperto Aldo Bertoni, vejam o que realmente importa aos cúmplices do Aldo Bertoni: O SEU DINHEIRO.

No último Boletim, saiu uma nota para que você, que possui o dom de compor músicas e arranjos, DOE seu trabalho intelectual para a Igreja Apostólica. Até aí tudo bem, se a Igreja Apostólica fosse, primeiro, uma igreja de verdade e, segundo, fosse uma igreja honesta. O problema, caro irmão apostólico compositor, é que espertalhões vão lucrar particularmente sobre o seu trabalho, como ocorre há anos desde que o Aldo Bertoni abriu uma empresa para comercializar os CDs e as fotos.

Sabe como isso funciona nas igrejas honestas? O compositor é dono de suas músicas, mas permite que elas sejam executadas livremente, em qualquer igreja. O direito de LUCRAR sobre a Obra, é apenas do AUTOR, e não de empresa ou igreja alguma. Assim funciona com todos os grandes cantores de músicas evangélicas: eles nunca irão reclamar se o coral da sua igreja cantar e apresentar as músicas deles, mas com certeza reclamarão se você gravar um CD com as músicas deles e quiser lucrar com isso. Nada mais justo!

Mas na Igreja Apostólica sempre foi diferente. O autor da música é solenemente ignorado, pois é obrigado a doar seus direitos autorais para a igreja. Porém, não é a Igreja Apostólica quem grava e comercializa tais músicas, e sim uma empresa chamada A&D PRODUÇÕES LTDA (anteriormente chamada A&D Comércio e Gravação de Fitas Ltda). Se duvida, basta ler as letrinhas miúdas que estão na contracapa do seu CD. Sabe quem são os donos dessa empresa? Sabe quem embolsa todo o lucro com a venda de CDs? Veja abaixo:

A&D Produções - Dulce Aparecida Bertoni

A&D Produções - Dulce Aparecida Bertoni* * *

Sim, caros irmãos apostólicos, quem vai lucrar com cada música que você doar para a Igreja Apostólica, e com cada CD que você comprar na Igreja Apostólica, é a mulher oficial do Aldo Bertoni, a dona Dulce Aparecida Bertoni, que nunca foi apostólica e sequer teve a coragem de dar uma palavra de agradecimento aos apostólicos durante o velório de seu marido. Agradecer pelo quê? Pelo enorme patrimônio que ela está herdando dos apostólicos.

Sabe o que é mais grave? Essa empresa é altamente lucrativa, pois todos os custos de produção dos CDs, além dos funcionários que trabalham nessa atividade, são integralmente pagos pela igreja, com recursos das ofertas doadas pelos apostólicos. Imagine uma empresa que não possui gasto algum, só receitas! Até a sede dessa empresa, que é uma casa que fica ao lado da Sede da igreja, tem o aluguel pago pela igreja. É o mesmo esquema de desvio de dinheiro da igreja aplicado com a lanchonete Baguari e o restaurante Canarinho, também de propriedade da família Bertoni.

Dulce Aparecida BertoniDoe sua música para a Igreja Apostólica, compre CDs na Igreja Apostólica, e ajude ela a ficar ainda mais rica!

* * *

Que Deus ajude a abrir os olhos dos nossos pobres e explorados irmãos apostólicos. O grande ladrão já se foi, mas ainda continuam sendo explorados por seus discípulos, graças à cegueira espiritual que domina e escraviza o povo apostólico.

Fiquemos todos com Deus.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 104 outros seguidores