Arquivo | novembro, 2011

Mentiras Ditas de Púlpito!

28 nov

Há quase três anos temos dito que a Igreja Apostólica tornou-se o “reino das mentiras”, e baseados nos ensinamentos de Jesus Cristo, bem sabemos que onde há mentiras, não há qualquer verdade. E essa máxima tem se mostrado uma grande realidade nos púlpitos apostólicos, pois são grandes as mentiras dali ditas a muitos irmãos apostólicos do interior do Brasil.

Praticamente todas as semanas recebemos e-mails de diversas congregações nos relatando qual foi a mentira lá contada, de forma que selecionei algumas das mais risíveis e ridículas, listadas logo abaixo. O que nos deixa triste é saber que muitos dos nossos irmãos apostólicos do interior simplesmente engolem essas mentiras sem qualquer questionamento, sem tentar descobrir como estão vivendo as pessoas alvo dessas mentiras ditas por incautos e/ou corrutos pregadores. Vocês verão que há tantas contradições nessas mentiras, que qualquer um que raciocine um pouquinho consegue perceber que não é verdade o que está sendo dito, mas mesmo assim preferem tomar aquilo como real, apenas para tentar inocentar as canalhices do réu Aldo Bertoni.

Vejamos algumas das mentiras que estão contando nas congregações e que me chamaram a atenção:

1. Aldo Bertoni foi a uma suposta audiência onde suas vítimas simplesmente não compareceram, porque o carro onde elas estavam quebrou e não conseguiu chegar ao fórum. Num ato de extrema bondade, Aldo até mandou seu carro com motorista ir buscá-las onde estavam com o carro quebrado, o que foi rejeitado por elas.

Essa é a mais cabeluda de todas. Primeiramente, quem conhece o processo a que Aldo Bertoni está respondendo por Abuso Sexual, sabe que a fase de oitivas já aconteceu, e também sabe que Aldo Bertoni não compareceu a nenhuma audiência, pois seus advogados sempre apresentaram atestados médicos “comprovando” que ele não tem saúde física para ir até o fórum e enfrentar a audiência. Segundo, vejam que coisa mais esquisita: nessa história mal contada, o que faziam as 15 vítimas de Aldo Bertoni juntas, sozinhas, se elas são de famílias diferentes e até de cidades e Estados diferentes? E que carro é esse onde cabem 15 mulheres?

Desafio qualquer apostólico que tenha acreditado nesta mentira, a tirar a prova. Pergunte à pessoa que lhe contou isso, onde é o fórum que supostamente aconteceu essa audiência, e em que data e horário ela se realizou. Daí é simples: vá até o cartório do fórum e tente perguntar sobre a realização dessa audiência, facilmente você constatará que ela nunca existiu! Estão lhe contando essa mentira porque sabem que dificilmente você se dará ao trabalho de ir a São Paulo apenas para verificar isso. Não é à toa que na Sede nunca contaram nenhuma história semelhante, pois sabem que lá as pessoas têm melhores condições de verificar isso.

2. Estão dizendo que EU paguei as mais de 50 mulheres que fizeram uma manifestação na porta da Sede da igreja na última quinta feira.

Ora, não vivem dizendo que sou um “arruinado”, que não tenho nem o que comer, entre outras barbaridades, então de onde estou tirando tanto dinheiro para pagar tantas pessoas, pagar redes de TV, pagar anúncios em jornais, contratar detetives? Percebem como é tão contraditória a argumentação dos defensores do bandido Aldo Bertoni? Decidam-se: eu sou um milionário bem sucedido ou sou um pobretão arruinado por estar combatendo o falso profeta bandido?

3. Esta última foi contada pelo sacana do pregador chamado Edson Araújo, cuja foto você pode ver logo abaixo, para se lembrar de quem é ele. Imagine, logo eu que achava o Sr. Edson um bom pregador, um homem “letrado”, é funcionário aposentado do Banco Itaú, agora tornou-se um contador de mentiras. Lamentável como as pessoas podem ser tão decadentes.

Sabem o que o homem andou contando aos irmãos de congregações no Paraná, no último final de semana? Diz ele que eu era um respeitável funcionário público e fui demitido por justa causa por escrever em meu blog durante o horário de expediente.

Tenho de admitir que ri muito quando soube da história que estão inventando sobre o Martinho. Primeiro, será que o Sr. Edson me conhece? Para falar assim, com tanta propriedade, ele deve pelo menos saber o meu nome, não é? Será que ele também poderia dizer às igrejas onde tem pregado qual o meu nome? Segundo, se supostamente fosse verdade o que ele está dizendo, será que ele acha que todas as pessoas são subalternas como ele era no Banco Itaú, e podem ser demitidas por qualquer coisinha? Terceiro, funcionários públicos tem estabilidade, será que o Sr. Edson acha que essa estabilidade empregatícia pode ser quebrada por um fato tão corriqueiro como “escrever em um blog no meio do expediente”?

Irmãos apostólicos, pensem nessas questões, reflitam sobre o que estão lhe dizendo daquele púlpito, e rapidamente chegarão à conclusão de que são mentiras, apenas baseados nas contradições que há por trás dessas alegações.

A Palavra de Deus nos ensina que “maldito é o homem que confia no homem”, e nos impele a sempre verificarmos aquilo que está nos sendo pregado, para ver se é verdade mesmo. Nunca pedi que acreditassem em mim neste blog, mas que fossem conferir se minhas alegações são mesmo verdadeiras. Façam o mesmo com o que esses incautos e/ou corruptos pregadores estão lhes pregando, e verão que não passam de mentirosos servos do demônio Aldo Bertoni.

Para encerrar, gostaria de lembrar que as pregações do Sr. Edson Araújo são famosas pelos seus ridículos e infantis jogos de palavras que gosta de utilizar para justificar suas pregações. Já que ele gosta tanto de jogar com as letras, gostaria de lhe mostrar uma constatação feita por um desses irmãos para quem você andou pregando essas besteiras:

Pegue a palavra DIABO. Tire as letras iniciais e finais dessa palavra. Restou IAB, correto? Sabe o que quer dizer essas letras, que compõe o centro da palavra diabo?

I A B

Irmão Aldo Bertoni

E agora, Edson, como você explica essa?

Fiquemos todos com Deus!

Boletim de 24/11/2011

27 nov

Segue, abaixo, o boletim publicado na última quinta-feira, e pregado durante todo o último final de semana nas 260 congregações apostólicas.

Como sempre, apenas mais um apanhado de mentiras escritas por João Stancey e José Roberto Rozani, os corruptos cúmplices de Aldo Bertoni responsáveis por enrolar o povo apostólico semanalmente, em especial aos coitados do interior, que tem menos oportunidades de poderem conferir com os próprios olhos tudo o que está acontecendo nos bastidores da Igreja Apostólica.

Palavras bonitas, entretanto, escritas com objetivos sujos e corruptos, que é roubar as finanças de milhares de famílias apostólicas, que ansiosas para ajudar uma obra que julgam ser de Deus, dão seu dinheiro para que boa parte seja desviada para a prática de crimes e de pecados imundos.

Vejam a besteira da semana, comparem com a palavra edificadora que as igrejas de verdade pregam, e percebam como os apostólicos estão sendo envenados aos poucos, cada vez mais distantes do verdadeiro Evangelho salvador de Jesus.

Boletim de 24/11/2011

Fiquemos todos com Deus, em oração por estes irmãos que ainda se encontram aprisionados pelo fanatismo no profeta do diabo, Aldo Bertoni.

Protesto na Porta da Sede

25 nov

Apesar de todo o esforço da cúpula da Igreja Apostólica, de tentar demonstrar “normalidade” nas atividades da seita, esta tem sido uma tarefa árdua, e somente os mais fanáticos é que acham que nada de errado está acontecendo. Há semanas, exatamente desde o início do mês de setembro, quando foi publicada a primeira reportagem sobre alguns do crimes do Aldo Bertoni, os cúmplices do falso profeta tentam vender a imagem de que “o que passou, passou”. Mas mal sabem eles que ainda nem começou! Há muita podridão sobre Aldo Bertoni e seus cúmplices ainda a serem reveladas!

Ontem, quinta-feira, dia 24/11/2011, pela primeira vez ocorreu um protesto organizado por mais de 50 mulheres, que nunca foram apostólicas e miliatam em ONGs que combatem a violência contra as mulheres, na porta da Sede da Igreja Apostólica. Essas mulheres apenas pediam justiça contra um homem que além de ter abusado sexualmente de muitas mulheres, ainda explora financeiramente a crendice de milhares de outras pessoas.

Uma verdadeira vergonha! Algo que manchará (ainda mais) para sempre a história desta seita. E isso só está acontecendo por conta da passividade da maioria dos apostólicos, que insistem em ignorar a verdade e o que de fato está acontecendo nos bastidores da igreja, pois se tivessem tomado uma atitude há três anos atrás, de irem verificar as primeiras denúncias contra o falso profeta Aldo Bertoni, certamente teriam livrado a Igreja Apostólica dessa imagem vergonhosa, dessa catástrofe toda que vem acontecendo.

É importante frisar que essa foi uma manifestação da própria sociedade, pois sequer sabíamos que este evento estava programado para ocorrer. Muitos de nós acabou sabendo do ocorrido pela TV, pois se soubéssemos, certamente nos juntaríamos a estas mulheres. O ato expressa algo que nós, que vivemos nesta seita, muitas vezes não conseguimos entender. Imagine então essas pessoas, que nunca vivenciaram toda a farsa montada e mantida por Aldo Bertoni? Para eles, é difícil conseguir entender como é possível um homem que praticou tantos crimes quanto Aldo Bertoni, ainda ser adorado, idolatrado e aclamado como “santo”, “anjo”, entre outros adjetivos do qual Aldo não possui nenhuma qualidade, por muitas pessoas que o conhecem apenas de vista ou de ter beijado sua mão, sem sequer nunca ter conversado com o homem, e nada sabem sobre sua vida particular.

Segundo relatos de irmãos que acompanharam o ocorrido, que teve início quando as portas da Sede já estavam abertas para a reunião de quinta-feira, o evento contou até com a participação de vizinhos da Sede, que gritavam de seus apartamentos palavras como “FECHA LOGO ESSA DROGA” e “PRENDE LOGO ESSE CARA”.

Ouve muita discussão, entre defensores do bandido Aldo e as manifestantes, e acabaram chamando a polícia. As manifestantes foram conduzidas à delegacia, e liberadas logo em seguida, após a promotoria do Ministério Público entrar em contato com o delegado responsável e explicar o ocorrido. Aliás, o delegado até prometeu abrir um novo inquérito para também investigar as condutas de Aldo Bertoni. A TV Record filmou tudo, e é bem possível que logo faça outra matéria mostrando a tentativa dos defensores do pilantra Aldo Bertoni de calar a manifestação daquelas mulheres.

Caso queira ver o vídeo da reportagem exibida pela TV hoje, dia 25, clique no link abaixo.

Protesto contra Aldo Bertoni – Veja o vídeo clicando aqui

Fiquemos todos com Deus, e continuemos a orar e trabalhar pelo fim desse reino da enganação e da mentira da qual fomos vítimas por tantas décadas.

Aldo Bertoni na TV

22 nov

Atendendo a pedidos de vários de nossos leitores não-apostólicos, que estão conhecendo a história do falso profeta Aldo Bertoni somente agora, postamos abaixo os vídeos exibidos pelas redes de TV Record e Bandeirantes, denúnciando esse criminoso que se faz passar por “santo de Deus” apenas para explorar a boa-fé das pessoas mais humildes.

Reportagem 01 – TV Record – Exibida em 04/09/2011

Reportagem 02 – TV Record – Exibida em 05/09/2011

Reportagem 03 – TV Bandeirantes – Exibida em 08/09/2011

 

Reportagem 04 – TV Bandeirantes – Exibida em 08/09/2011

 

Reportagem 05 – TV Record – Exibida em 14/09/2011

 

Reportagem 06 – TV Bandeirantes – Exibida em 30/09/2011

 

Além destas, há o que chamam de “repecurssão”, que são as reportagens menores, baseadas nas reportagens principais, publicados por diversos outros veículos de comunicação, como os jornais Folha de São Paulo e Agora, e os portais de notícias na internet Terra e G1 (Globo.com).

Fiquem com Deus, e em breve publicaremos novidades sobre o caso Aldo Bertoni.

Boletim de 17/11/2011

19 nov

O farsante boletim interno oficial da Igreja Apostólica desta semana nos leva a uma nova constatação: Aldo Bertoni e sua equipe de corruptos estão adotando uma estratégia de “agenda positiva”, transmitida através dos boletins, para passar aos incautos e desconfiados irmãos apostólicos um certo “ar de normalidade” dentro da igreja.

Há tempos venho reparando algumas ações que eles vêm tomando, para passar uma falsa impressão de prosperidade e normalidade junto a pregadores e membros da igreja, ocultando o verdadeiro rebuliço existente na administração da igreja, causada pelas cada vez maiores descobertas das falcatruas do bandido Aldo Bertoni.

Vejamos algumas dessas ações:

1. Percebeu que agora você quase não vê notas de obreiros que deixaram o cargo? Fazem isso para ocultar a grande quantidade de irmãos que deixaram de ser obreiros nos últimos anos. E, na contramão, publicam apenas os nomes dos coitados que foram nomeados e dos coitados que pediram para voltar ao cargo. Eu mesmo não tive meu nome publicado até hoje, deixando o cargo, e fazem isso justamente para esconder a debanda de pastores, pregadores e obreiros que deixaram seus cargos. Isto é feito para enganar principalmente os irmãos das congregações, que dessa forma não tem a noção exata de quanta gente está deixando a igreja.

2. Perceberam como qualquer inauguração de templo reformado agora também vai parar no boletim? Isso é necessário para dar argumento aos pregadores de que a “igreja está crescendo”, pois o que vemos é exatamente o contrário. Só se esqueceram dizer que Aldo Bertoni não contribuiu com um centavo na construção desse novo templo, e que tudo foi feito exclusivamente com o esforço dos irmãos daquela cidade. Do jeito como é publicado, tentam passar uma imagem de que esse foi um investimento de toda a Igreja Apostólica, quando na verdade foi um esforço apenas dos irmãos daquela congregação.

Paralelamente à “agenda positiva” do boletim, também estão permitindo algumas ações que NUNCA foram permitidas aos jovens apostólicos. Recebi de um irmão, uma cópia de e-mail convindando-o a participar de uma tal “gincana” a ser realizada no sítio que era da igreja e hoje pertence à família Bertoni, em Juquitiba. Nunca antes foi permitida umas coisas dessas, mas agora, diante da fraqueza de Aldo Bertoni, que precisa agradar as pessoas se quiser que elas permaneçam na igreja, até isso estão fazendo.

Em futuros posts, exploraremos mais este inédito “pacote de bondades” que Aldo Bertoni e seus cúmplices estão sendo obrigados a oferecer ao povo, algo que nunca fizeram antes de surgirem todas as denúncias.

Fiquemos todos com Deus.

BOLETIM DE 17/11/2011

O Peso de ser Apostólico

17 nov

Texto publicado originalmente em 03/10/2011, em nosso antigo blog

Desabafo recebido de um apostólico recém “acordado”. Eu apenas dei uma ajeitada na gramática e na ortografia, e gostaria de compartilhar com todos que nos lêem.

 

O PESO DE SER APOSTÓLICO

 

 

Ser apostólico é um tremendo fardo a ser carregado por toda a vida. Mas desde cedo, aprendemos que esse esforço tem uma grande recompensa final, que é a verdadeira salvação, a única salvação. Também somos ensinados que só carregando esse fardo podemos contar com verdadeiras bençãos em nossas vidas, e só assim podemos receber milagres em nossas vidas.

 

Mas por que é tão pesado esse fardo?

 

Vejamos: você passa a vida inteira sofrendo um monte de proibições. Não pode ter televisão em casa, não pode nem ver televisão em outros lugares, não pode fazer coisas simples, como ir ao cinema ou ao teatro, não pode assistir um joguinho de qualquer esporte que seja, não pode ir à praia com a sua família, não pode sair com amigos em festas, não pode ouvir música que não seja da igreja. Mas tudo bem, esse sacrifício é válido para alcançarmos a salvação!

 

Se você é homem, também não pode usar bermuda, não pode usar barba crescida, não pode ficar sem camisa nem perto dos filhos, não pode bater uma bolinha com os amigos, e também não pode torcer pra time nenhum. Parece até que querem nos privar de qualquer tipo de diversão, para se dedicar 100% à igreja. Mas tudo bem, nos ensinam que isso é para a nossa salvação, então vale a pena!

 

Se você é mulher, a coisa é um pouco pior, você não pode usar qualquer roupa que não sejam saias ou vestidos que tenham cumprimento dois dedos para baixo do meio da barriga da perna. Uma simples calça, ou uma saia ou vestido pelo joelho, nem pensar! É proibido. Usar blusas que sejam consideradas decotadas, ou que não tenham mangas, também é proibido, assim como é proibido usar batom, lápis no olho ou qualquer outro tipo de maquiagem, e nem mesmo um esmalte com cor nas unhas. Não é permitido usar qualquer jóia, como um brinco, uma pulseira, um colar ou qualquer outra coisa. Só deixam você usar aquele pó compacto, e olhe lá! Mas tudo bem, é ensinado que isso é para a nossa salvação, então vale a pena se sujeitar a ser tão diferente dos demais.

 

Todas essas regras também se aplicam aos nossos filhos e filhas, e por isso muitas vezes eles são vítimas de discriminação na escola, passam vergonha diante dos coleguinhas. Não podem dançar, não podem frequentar alguns tipos de festas, não podem se pintar, por exemplo, para participar de uma festa junina, não podem frequentar uma piscina ou participar de um campeonato esportivo. Eles não podem ir a vários passeios com os colegas e muitas vezes nem podem fazer algumas atividades de educação física, por causa da roupa. Mas tudo bem, é ensinado que isso é para a salvação de nossos filhos!

 

Por causa dessas proibições que os apostólicos sofrem, muitas vezes somos discriminados por vizinhos, por colegas de trabalho, e muitas vezes até por familiares. Tenho mulheres na família que já até perderam oportunidades de trabalho por causa da roupa. Muitas vezes crescemos com alguns traumas, um sentimento de inferioridade, e por causa dessas regras impostas, praticamente não podemos nos divertir ou praticar qualquer atividade física, pois em quase todas é necessário usar roupas proibidas tanto para homens quanto para mulheres. Como é que dá, por exemplo, para nossas mulheres andarem de bicicleta de saião sem serem motivo de piadas? Ou entrar em uma piscina de saião e com os ombros cobertos? No mínimo, é ridículo! É passar vergonha diante das pessoas! Mas tudo bem, afinal, mais vale a nossa salvação eterna.

 

O resultado disso tudo é que somos mais atrasados que os outros, poucos apostólicos tem uma faculdade ou um emprego que não seja operacional. E mesmo assim nos consideramos mais abençoados que os outros. Conheço bastante gente na igreja que morreu cedo de aids, câncer, infarto e até de doenças bestas, como pneumonia, e mesmo assim dizemos que somos mais abençoados que os outros. Os testemunhos em nossa igreja eram tão fraquinhos que até deixaram de ser transmitidos do púlpito, enquanto isso ouço meus vizinhos contarem grandes testemunhos na igreja deles. Mas até nisso você é proibido de pensar, pois se comentar com algum irmão apostólico e ele te dedar, você pode ser expulso ou suspenso da igreja, ou pode tornar-se alvo de intensa fofoca entre a “irmandade”.

 

Mas tudo bem, afinal, sempre foi ensinado que tudo isso é para o nosso bem e a nossa salvação. Devemos seguir as regras para sermos merecedores das graças dos céus.

 

Mas aí… de repente, você começa a descobrir várias coisas.

 

Descobre que o dono da igreja ficou rico sabe-se lá como, e sozinho tem mais dinheiro do que todos nós juntos, mesmo sem trabalhar há 40 anos.

 

Descobre que enquanto a maioria de nós mal tem um carro para andar, o dono da igreja anda com um carro importado diferente por dia da semana.

 

Descobre que enquanto nossos filhos andam de “busão”, os filhos e netos do dono da igreja andam cada um em seu carro importado.

 

Descobre que a filha e as netas do dono da igreja podem andar pintadas, de calça, têm casa na praia, podem ir onde quiserem, que ele não reclama e nem fala nada, e também não as recrimina por fazerem isso, mas as nossas mulheres e nossas filhas não podem fazer nada disso senão vão para o inferno ou deixam de merecer as tais “bençãos celestiais”.

 

Descobre que o dono da igreja é corintiano roxo e assiste televisão, mas você não pode, senão não será abençoado por Deus.

 

Descobre que os filhos e netos do dono da igreja nunca precisaram ir pra igreja todos os finais de semana e nem para o ensaio do coral todo domingo depois do almoço, e mesmo assim ainda são apoiados e bancados pelo dono da igreja.

 

Descobre que o dono da igreja coleciona revólveres e carros antigos, objetos caríssimos, enquanto a igreja vive com problemas financeiros.

 

Sempre nos ensinaram que um dia essa igreja seria conhecida no mundo inteiro, e eu acreditava nisso! Mas não dessa forma, onde agora sou conhecido como seguidor de um estuprador e ladrão. Pior: me chamam de fanático, e não de seguidor da “igreja da verdade”, como sempre me prometeram.

 

Meu Deus, que contradição é essa?

 

E aí, depois de descobrir tudo isso, você descobre o pior. Descobre que todas aquelas pessoas que te rodeavam e te chamavam de irmão e alguns até diziam te amar como irmão, só porque você fez um comentário sobre as coisas que estão acontecendo na igreja, manifestou uma dúvida, de repente passam a te odiar, a se afastar de você como se você fosse um doente, um leproso, e passam a inventar enormes mentiras sobre a sua vida.

 

Decepção! Desgosto! O que mais dá para sentir disso tudo? Como é possível dizer que a Igreja Apostólica é um lugar onde está Deus? Nunca!

 

Deus me ajude, a mim e minha família, a suportar essa dor de descobrir a verdade, mas antes uma verdade doída do que uma mentira bonita!

 

Palavras de um apostólico, que sempre foi fiel e sincero, mas não é cego e agora está caindo na real.

 

Continue lendo

Comentários de um Cético

15 nov

O vídeo abaixo foi encontrado no Youtube, e é produzido por um canal que milita pelo Ceticismo, ou seja, não acreditam em religião alguma. O autor do vídeo apenas fala de algo que encontrou na mídia e na justiça, as acusações contra o bandido Aldo Bertoni, e mesmo assim é “detonado” pelos fanáticos apostólicos, aqueles que agora são conhecidos no Brasil inteiro por defenderem fanaticamente um homem que sequer conhecem, e nem tampouco conhecem a família dele.

Guardadas nossas diferenças a respeito da religiosidade, concordo em gênero, número e grau com o autor do vídeo. Há três anos tenho dito que, se me provassem que estamos errados, que Aldo Bertoni é inocente e não praticou nenhum dos crimes que comprovadamente demonstra ter praticado, eu seria o primeiro a pedir perdão publicamente. Claro que isso não ocorrerá, pois temos certeza do que dizemos. Entre nós, que lutamos contra essa quadrilha de bandidos liderados por Aldo Bertoni, que enganam e roubam muitas pessoas humildes e de boa-fé espalhadas pelo Brasil, há muitas testemunhas visuais dos atos cometidos pelo falso profeta. Mas isso, a descoberta do falso profeta ser inocente, infelizmente nunca ocorrerá, pois sequer o próprio Aldo Bertoni não apareceu NENHUMA vez em público para dizer que não tem amantes, que não ficou rico às custas do dinheiro roubado da Igreja Apostólica, que nunca abusou sexualmente de ninguém, que não usa o dinheiro doado pelo povo apostólico para sustentar e dar carros importados de presente para amantes, entre outras aberrações. Seu silêncio já é uma verdadeira admissão de culpa, pois quem não deve, não tem problema em olhar nos olhos das pessoas e dizer que não fez nada daquilo.

Aliás, saibam que até hoje as reportagens da TV Record e da TV Bandeirantes estão tentando ouvir a versão dele, mas não conseguem falar com o “profeta” de jeito nenhum. Por que será?

Fiquem com o vídeo, e que Deus abençoe a todos nós.

Boletim de 10/11/2011

14 nov

Esta semana demorou um pouco mais, mas nossos irmãos que ainda trabalham na Sede da Igreja Apostólica,  mas não compactuam com as mentiras de Aldo Bertoni e seus corruptos cúmplices, nos enviaram a besteira da semana.

Quem lê esse boletim, à primeira vista, para ser um texto que traz paz, calma, tão divinal, não é? Mas, como diz o ditado popular, quem vê cara, não vê coração. Este texto é escrito com o único intuito de fazer Aldo Bertoni passar por algo que ele nunca foi, e se você for conversar pessoalmente com Aldo, em 5 minutos de conversa verá que o tom da conversa direta com ele é outro, e não esse do boletim. O boletim, que a maioria toma como palavras do bandido Aldo Bertoni, nada mais é que um texto escrito por João Stancey, um pastor que se corrompeu em troca da manutenção do seu próprio emprego e dos empregos de dois de seus filhos e do seu genro, além da casa onde mora.

Stancey também é auxiliado por José Roberto Rozani, mais conhecido como Robertinho, um rapaz que já até foi visto por apostólicos saindo da tal “Parada Gay”, conforme depoimento registrado em nosso antigo blog, e tem grande utilidade para João Stancey por ser a pessoa que melhor domina a língua portuguesa no escritório da igreja. Além disso, “Robertinho” é o responsável por boa parte dos registros contábeis da Igreja Apostólica, conforme investigação do Ministério Público. Quando esse rapaz cair, tenho pena dele.

Deixo-lhes, abaixo, o boletim da semana, para que vejam como são bonitas as palavras cuja verdadeira intenção é apenas continuar enganando pessoas de boa-fé, espalhadas pelo Brasil inteiro, com o único intuito de arrecadar o dinheiro dessas pessoas.

Que Deus ajude que nesta nova semana tenhamos mais apostólicos libertos, como temos recebido notícias de estar acontecendo em praticamente todas as semanas.

Deus abençoe a todos nós.

BOLETIM DE 10/11/2011

Prisão do Aldo Bertoni: Esclarecimentos Importantes

11 nov

Nesta última semana, recebi inúmeras denúncias de pessoas que nos escrevem relatando que Aldo Bertoni estaria descumprindo as restrições que a justiça lhe impôs, em substituição à pena de prisão domiciliar requerida pelo Ministério Público.

Estas denúncias me deixaram intrigado, pois conhecendo Aldo Bertoni como conheço, sei que ele só comete seus atos ilícitos com risco calculado, quando ele sabe que conseguirá se safar, e descumprir tais medidas judiciais são graves, pois poderia fazer com que ele perdesse o benefício da substituição da prisão preventiva.

Pois bem, como é de conhecimento de todos aqueles que acompanham esta luta por justiça, este processo onde Aldo Bertoni está respondendo pelo crime de abuso sexual, entre outros, corre em segredo de justiça. Está nesta condição a pedido do próprio Ministério Público, pois neste processo encontram-se relatos de cunho íntimo, constrangedores, das vítimas de Aldo Bertoni. Aquilo que vimos na televisão é quase nada perto do que está nos Autos. Se a Promotoria não tivesse solicitado o “segredo”, o processo seria de livre consulta pública, e qualquer cidadão poderia pedir para consultá-lo no fórum, o que exporia demasiadamente as vítimas do falso profeta. Imagine se o conteúdo lá relatado, a que tive acesso após algum esforço, não seria um prato cheio na mão de repórteres? Já chega o que estas mulheres já passaram, ao ousarem contar parte do que sofreram.

E justamente por estar em “segredo de justiça”, é complicado para nós mesmos, que buscamos esta justiça, termos acesso ao conteúdo do processo. Os únicos que possuem livre acesso são os advogados do indiciado, o Aldo Bertoni, e os promotores da causa, que é o próprio Ministério Público. A informação que nos foi transmitida sobre as restrições impostas a Aldo Bertoni, nos havia sido informada pela Assessoria de Imprensa do MP.

Mas diante de tantas denúncias, de que Aldo estaria descumprindo a decisão judicial, e sabedor de que Aldo Bertoni é muito pilantra, mas não é louco, e é isso que o possibilitou estar há mais de 40 anos cometendo estes crimes, fui direto à fonte tentar ver o que realmente foi decretado contra Aldo Bertoni. A informação que demos inicialmente sobre aquela lista de restrições, não era falsa, foi realmente imposta pela juíza do caso, entretanto, parte das restrições foram revertidas pelos advogados de Aldo Bertoni.

Para resumir, as únicas restrições realmente impostas ao “profeta enganador” e que estão em vigor, até a realização de seu julgamento, marcado para fevereiro de 2012, são as seguintes, em substituição à pena de prisão domiciliar:

– Pagamento de fiança no valor de 200 salários mínimos (R$ 109.000,00) – temos informações de que já foi paga pelos advogados de Aldo Bertoni.

– Proibição de sair da cidade de São Paulo, sem autorização judicial.

– Comparecimento mensal ao fórum, até o julgamento em fevereiro de 2012. Se não comparecer no dia marcado, passa a ser considerado foragido da justiça.

As demais restrições, como a obrigação de estar em sua casa às 22 horas todos os dias, foram revistas a pedido dos advogados de Aldo Bertoni, e essa revisão foi concedida não porque Aldo Bertoni seja “bonzinho” ou “inocente”, e sim porque a lei faculta essas facilidades a pessoas nas condições dele: réu primário, endereço fixo e  idade avançada.

Vale apenas lembrar que Aldo Bertoni é réu primário não porque nunca cometeu crimes, e sim porque nunca foi pego, sempre soube praticar seus crimes de forma encoberta, não é à toa que engana o povo apostólico há 41 anos. Mas a sua hora chegou, não há nada neste mundo que ficará encoberto, como nos ensina a própria bíblia.

Portanto, meus caros irmãos, não pensem que a justiça “fraquejou” contra Aldo Bertoni, ou foi “comprada”, como muitos tem expressado em suas opiniões, trata-se apenas de alguns benefícios concedidos pela lei brasileira a quem consegue pagar bons advogados. Se Aldo Bertoni fosse pobrezinho, já estaria atrás das grades há tempos!

Fiquemos todos com Deus, e se nos for permitido, em breve publicaremos alguns documentos a que tivemos acesso, nesse processo de busca por informações concretas junto à justiça paulista.

Deus abençoe a todos nós.

Esclareçam essas!

8 nov

Texto publicado originalmente em 23/09/2011, em nosso antigo blog

Aproveitando a aparente “vontade” de dar esclarecimentos, por parte dos cúmplices do enganador Aldo Bertoni, gostaríamos de pedir que também esclareçam os seguintes fatos abaixo relacionados. Lembrem-se: vocês sequer podem dizer que os documentos são falsos, pois a própria igreja declarou que os documentos foram supostamente roubados, não é?

Lembramos que TODOS os documentos abaixo são cópias de documentos constantes em processos a que Aldo Bertoni responde, ou são cópias que foram recebidas via e-mail por nós, e tiveram sua autenticidade verificada nos próprios órgãos emissores. Todos os arquivos estão em formato PDF (os arquivos são pesados), e você pode baixá-lo, imprimi-lo e levá-lo para algum parente defensor do “profeta” tentar explicar.

* * *

1. Se Aldo Bertoni é tão santo quanto dizem, se confiam que ELE pode lhes proteger, tentem explicar: para quê esse homem detém tantas armas de fogo? Armas de fogo não servem para apenas uma coisa? MATAR? Como explicar que o “maior profeta de todos os tempos” tenha como um de seus passatempos, colecionar revólveres, espingardas, pistolas e até carabinas, que só servem para acabar com a vida de outro? Como explicar que Aldo Bertoni gaste dinheiro com armas, enquanto faz apelos constantes para manter a Igreja Apostólica? Que contradição é essa? Expliquem!

ARMAS DE FOGO – ALDO BERTONI

* * *

2. Como vocês explicam o tamanho do patrimônio pessoal de Aldo Bertoni, exibido neste documento do ano de 2001? Neste mesmo documento, vejam que Aldo Bertoni não é proprietário de nenhuma empresa que possa lhe garantir tamanho patrimônio. Vejam, também, a quantidade de imóveis e automóveis que estão em seu nome. Por que Aldo não explica como foi que ficou rico, se em 1970, quando passou a fazer parte da direção da Igreja Apostólica, era um mero taxista dono de apenas um carro velho, e depois disso não trabalhou mais, sua única função foi a de diretor da Igreja Apostólica? Por que Aldo Bertoni não joga limpo com a igreja e também não mostra suas declarações de imposto de renda dos anos posteriores a 2001, quando aconteceram todas aquelas campanhas financeiras na Igreja Apostólica cujo dinheiro simplesmente desapareceu? Por que Aldo Bertoni esconde seu enorme patrimônio familiar de todos os apostólicos?

PATRIMÔNIO – ALDO BERTONI

* * *

3. Vejam abaixo a carta denúncia do Pastor Alexandre Demberi, que foi o responsável pela construção da Sede e de tantas outras congregações apostólicas, entregue ao Bispo Eurico em 1981, quando Aldo Bertoni já aprontava das suas, bem escondido do povo apostólico. O que foi que aconteceu com o Pastor Alexandre Demberi depois disso? Vocês procuraram saber?

CARTA DENÚNCIA – PASTOR ALEXANDRE DEMBERI

* * *

4. Por que Aldo Bertoni  e seus familiares exploram comercialmente algumas atividades diretamente relacionadas à Igreja Apostólica? Não vivem dizendo que Aldo “não depende” do dinheiro da igreja? Como explicam essa contradição? E por que, até 2 anos atrás, todos os funcionários de sua lanchonete particular eram pagos PELA IGREJA, mas todo o lucro até hoje vai direto para sua família? Por que todas as despesas da empresa A&D Comércio e Gravação de Fitas Ltda, de propriedade de Aldo e sua esposa Dulce, são pagas pela igreja, mas o lucro é todo destinado à sua família?

EMPRESAS QUE SUPOSTAMENTE PERTENCEM À IGREJA APOSTÓLICA

* * *

5. Aliás, se Aldo Bertoni é tão santo, por que sua família INTEIRA não acredita em sua suposta santidade, e por que NENHUM de seus amigos íntimos e seus funcionários pessoais são apostólicos? Vejam abaixo, o filho de Aldo Bertoni fora do casamento com Dulce, em um relacionamento que teve com Edith Gonçalves. Por que esse rapaz NUNCA foi apostólico, apesar de não sair lá da porta da Sede? Por que esse rapaz vive ameaçando pessoas que saem da igreja e dizem que vão denunciar o que descobriram sobre seu “papai”, conforme mostram diversos documentos em nosso poder? Algum apostólico pode nos explicar?

FILHO DO ALDO BERTONI

* * *

6. No assalto em que sofreu em 2001, ONDE estavam os supostos “SANTOS E ANJOS” que dizem estar com Aldo Bertoni? Como podem acreditar que ele pode lhes proteger do perigo, se não pôde proteger nem a si próprio, e levou até coronhadas dos bandidos? Como explicar Aldo Bertoni estar com tanto dinheiro vivo em sua casa no momento desse assalto? Por que possuía até joias, quando a doutrina apostólica proíbe o uso de joias? Como os apostólicos explicam a história desse assalto, que está publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, de 17/11/2003 e foi testemunhado também pelo filho do Pastor João Stancey, que é um dos motoristas do Aldo Bertoni?

ASSALTO – ALDO BERTONI

* * *

7. Como explicam o fato de Aldo Bertoni ter tantos carros em seu nome, quando a Igreja Apostólica vive supostamente passando por dificuldades financeiras? Nem podem dizer que os carros são para “comercialização”, porque nesse caso, os carros estariam em nome de sua concessionária ou revenda de automóveis. Dizem que Aldo era “negociante de carros”, mas para negociar carros, é necessário ter empresa aberta, regularmente funcionando e pagando impostos. Se é verdade o que dizem, QUAL é o nome da empresa de compra e venda de carros de Aldo Bertoni? Como explicam o fato de Aldo Bertoni possuir uma coleção particular de carros antigos, enquanto boa parte do povo apostólico passa necessidades financeiras e materiais?

CARROS – ALDO BERTONI

* * *

8. O que são esses cheques emitidos pela IGREJA APOSTÓLICA em favor de uma concessionária de carrões importados? Por que estão usando o dinheiro DOADO POR NÓS PARA A IGREJA, na compra de carros de luxo? Para QUEM são esses carros de luxo? São estes os “inadiáveis compromissos” que João Stancey sempre cita em suas pregações, quando está pedindo dinheiro ao povo?

CHEQUES – IGREJA APOSTÓLICA

* * *

9. O que são estes disparates apontados nos balanços financeiros lidos pelo próprio sobrinho de Aldo Bertoni, o contador da igreja Hélio Viana da Rocha, nos anos de 2008, 2009 e 2010? Como explicam essas doações de milhões de reais a “necessitados”, quando ninguém do povo apostólico recebe dinheiro da igreja, pelo contrário, só doam dinheiro para a igreja? Como explicam o suposto pagamento de tantos impostos, quando as igrejas são imunes tributariamente? Como explicam os pagamentos de tanto IPVA e seguros de carros? Como explicam uma folha de salários tão grande quando a igreja não tem tantos assalariados assim, e esses geralmente ganham mal? Como explicar todos os outros disparates que já apontamos em questionamentos anteriores feitos por este blog?

BALANÇO FINANCEIRO IGREJA APOSTÓLICA – 2008

BALANÇO FINANCEIRO IGREJA APOSTÓLICA – 2009

BALANÇO FINANCEIRO IGREJA APOSTÓLICA – 2010

* * *

10. Nas duas últimas semanas, em alguns dos esclarecimentos que prestaram ao povo apostólico, disseram que Aldo Bertoni nunca foi condenado em nenhuma ação em que figura como réu. Como explicam essa condenação abaixo, em que foi condenado a indenizar um ex-sócio contra quem foi comprovadamente acusado de MENTIR e TENTAR PREJUDICAR. Aldo não é o “último profeta”, o “maior profeta de todos os tempos”, então por que foi condenado por tentar prejudicar outra pessoa usando da MENTIRA? Como nos diz a palavra de Deus, O PAI DA MENTIRA NÃO É O DIABO? Como os apostólicos que o defendem explicam essa história?

CONDENAÇÃO ALDO BERTONI

* * *

11. Nesse inquérito policial, como explicam o depoimento da Sra. Maria Angela Bavaresco à polícia, afirmando categoricamente que é amante de Aldo Bertoni? Como os apostólicos explicam este fato, que nunca foi desmentido por Aldo Bertoni?

AMANTE – ALDO BERTONI

* * *

12. Nesse mesmo inquérito, acima, vejam o nome da advogada de Aldo Bertoni, MAYLA DA SILVA SANTALÚCIA. No ano passado, essa advogada se voltou contra Aldo Bertoni e entrou na justiça pedindo indenização contra o “profeta”. Ganhou o processo, e não é que repentinamente MORRE? (veja abaixo). Como os apostólicos explicam essa história? Por que a advogada, que sabia muita coisa sobre a vida particular de Aldo Bertoni, de repente ficou CONTRA Aldo Bertoni? Os apostólicos sabem explicar?

ADVOGADA – ALDO BERTONI

* * *

13. Por que, neste documento do Ministério Público, Aldo Bertoni é acusado de FRAUDE e de MENTIR para prejudicar seu sócio, após a perícia realizada pela polícia? Isso são atitudes de um homem que vocês julgam ser de DEUS?

FALSA ACUSAÇÃO FEITA POR ALDO BERTONI

* * *

14. Os apostólicos vivem dizendo que Aldo Bertoni não precisa de nada do que é da Igreja Apostólica, porque tem renda própria. Como explicam esse documento, registrado em cartório, atestando que Aldo Bertoni retirava mensalmente, no ano de 2006, um salário de R$ 12.500,00? No documento apresentado no questionamento 02, acima, vemos que em 2001 ele já possuía renda de mais de 14 mil reais por mês. Pra que um homem que se diz “profeta de Deus” precisa de tanto para viver, quando a maioria dos apostólicos vivem com um a dois salários mínimos e ainda são “convidados” a contribuir para a Igreja Apostólica? Será que Jesus Cristo também tinha um “salarinho” desses?

PEQUENO SALÁRIO – ALDO BERTONI

* * *

15. Por fim, para encerrar esta série de perguntas, vejam a cartilha abaixo, utilizado no “curso de pastores da Igreja Apostólica”. Veja que é afirmado taxativamente: ALDO BERTONI É O ÚLTIMO PROFETA”. O que vocês farão quando Aldo Bertoni morrer?

CARTILHA – ALDO BERTONI, O ÚLTIMO PROFETA

* * *

Meus caros irmãos apostólicos, nossa luta não é e nem nunca foi para destruir a igreja, como muitos infantilmente insistem em repetir e difundir. Apenas queremos respostas para perguntas como estas acima, respondam e ficarão livre de todos nós, é tão simples! E temos SIM o direito de obter respostas, pois sempre fomos ativos contribuintes da Igreja Apostólica, de forma que nada é tão justo quanto uma prestação de contas por parte de Aldo Bertoni, seu sobrinho Hélio Viana da Rocha, sua secretária Efigênia Joventino, e alguns de seus auxiliares, como o dito tesoureiro da igreja, o fanático Orlando Arantes, entre outros.

Agora entendem por que cúmplices do enganador Aldo Bertoni, como o “pastor” Nilson Cairolli, querem impedi-los de acessar nosso blog? É para que não vejam fatos tão óbvios!

Todos nós, assim como nossos leitores, aguardamos respostas.

E enquanto os verdadeiros esclarecimentos que a Igreja Apostólica pode dar não chegam, fiquemos todos com Deus!

Boletim de 03/11/2011

5 nov

Não sei porque ainda me surpreendo com o poder manipulador desses boletins escritos por João Stancey e José Roberto Rozani, o “Robertinho”. Vejam que após mais de uma semana que Aldo Bertoni cumpre as restrições impostas pela justiça, não dão qualquer esclarecimento a respeito do assunto ao povo apostólico.

A ordem máxima é ESCONDER a realidade, os acontecimentos que se passam nos bastidores da igreja, e passar a sensação, principalmente aos coitados que estão muito distantes, de que tudo está na maior normalidade!

Por que não contam, por exemplo, que para enganar alguns apostólicos “mais tontos” da Sede, estão mandando para a porta da igreja apenas o carro e um dos motoristas de Aldo Bertoni, SEM O FALSO PROFETA, que fica em casa porque está impedido de estar fora de casa a partir das 22 horas?

É o máximo da manipulação: o apostólico sai da reunião, vê o carrão do “santo” na porta, e acha que tudo está bem. No entanto, mal sabe que só estão lá o carro e o motorista, pois o “santo” está em casa cumprindo restrição judiciária.

Vêem como Aldo Bertoni e seus comparsas realmente chamam os apostólicos de boa-fé de trouxas na maior cara de pau?

Na folha 2 do boletim, escrevem: “Compreendam estimados irmãos e irmãs que precisamos anunciar ao mundo a doutrina e a disciplina que nos foram legadas pela santa vó Rosa, ensinamentos preciosos que ela concedeu à igreja enquanto ainda estava em seu corpo físico”.

Por que não explicam ao povo apostólico, e todos que já experimentaram fazer uma simples pesquisa na internet também já puderam constatar isso, que a única coisa que está sendo divulgado ao mundo sobre a Igreja Apostólica são os escândalos de seu dirigente criminoso, que entre outras coisas, está indiciado criminalmente por abuso sexual, enriquecimento ilícito, tráfico de armas de fogo, entre outros crimes? É assim que pretendem anunciar Jesus? Onde está se cumprindo a promessa de Jesus, sobre o Consolador, nesta igreja? Tentem responder essa!

Continuemos em oração por esses nossos pobres irmãos, que ainda engolem as palavras dessa quadrilha criminosa, como se fossem palavras de Deus. Que o Senhor os ajude a perceber o veneno que estão tomando como se fosse um remédio.

Deus abençoe a todos nós.

BOLETIM DE 03/11/2011

Castelo Forte

1 nov

Atendendo a sugestões de diversos irmãos que acompanham este blog, vamos “inaugurar” as postagens musicais deste novo blog, assim como fazíamos no antigo.

Nada mais propício do que abrirmos este trabalho com um hino escrito por Martinho Lutero, o homem, cuja luta que travou contra a corrupção e a heresia que dominava a igreja da época, nos inspira.

Martinho compôs este hino em 1529, em uma época em que era perseguido pelo Papa e pela Igreja Católica por falar a verdade sobre a corrupção na igreja e as heresias anti-bíblicas adotadas como dogma pelos católicos.

Naquela época, o Papa era considerado o “enviado de Deus”, mas tinha atitudes que cristão nenhum deveria possuir. Mandava matar em nome da fé, e seu maior gosto era sair e guerrear para conquistar mais terras para a “santa igreja”. Falar contra o Papa era como falar contra Deus. A igreja dizia que quem não fosse católico, iria para o inferno, e se você não seguisse os ritos e costumes católicos, não era merecedor de bençãos divinas. Você conhece um lugar assim nos dias de hoje?

“Castelo forte é nosso Deus, refúgio e fortaleza. Com Seu poder defende os Seus, e os livra com presteza. Com fúria pertinaz, nos segue Satanás, com artimanhas tais e astúcias tão cruéis”, assim Lutero inicia o hino, numa clara demonstração da segurança que sentia por confiar unicamente no Todo Poderoso Deus. E seu histórico de vida nos mostra que essa confiança valeu a pena.

“Sim, que a palavra vencerá, sabemos com certeza; E nada nos assustará, com Cristo por defesa.”

Um hino escrito há 482 anos, e tão atual! Como pode? Só mesmo por Deus, nosso Castelo Forte.

Ouçamos e cantemos: