Arquivo | fevereiro, 2012

Vitória?

28 fev

Quando observamos toda a reação dos pobres irmãos apostólicos que ainda acreditam no bandido Aldo Bertoni, nos vêm à memória a imagem do simpático animal acima. Por que será?

É patético o que os fanáticos apostólicos estão fazendo! Acreditem se quiser: não é que eles estão cantando “vitória” e alguns até falam que o criminoso Aldo Bertoni já até foi absolvido?

Atitude típica de quem não entende NADA do Direito ou não quer entender. Agora estão inventando as mais absurdas situações, para criar o falso clima de “nós vencemos”, como pretendem os cúmplices do Aldo Bertoni. Para o próximo final de semana, já programam festividades em muitas congregações, algo de muita conveniência para a quadrilha do Aldo Bertoni. Afinal, na Igreja Apostólica “festa” significa ARRECADAÇÃO EXTRA de ofertas, dízimos e campanhas.

É como se os próprios apostólicos estivessem cumprindo uma pena, por se recusarem a enxergar a verdade. Vão continuar pagando para serem roubados e enganados, e ainda riem por isso! Bom, cada um tem a pena que merece, não é?

Sobre o julgamento do Aldo Bertoni, cuja primeira audiência ocorreu ontem, ela apenas segue seu rito normal. Ninguém, entre aqueles que estão acompanhando o processo, tinha a expectativa de que fosse concluído ontem, pois somente a oitiva das testemunhas levará um considerável tempo. Somente ontem, foram seis horas de audiência apenas para ouvir as testemunhas de acusação que estavam presente, e a reunião só foi encerrada quase 8 horas da noite. Já os defensores do profeta bandido cantam vitória, por algo tão previsível e esperado, e isso demonstra o quanto tinham certeza de que Aldo Bertoni sairia de lá condenado, ainda ontem!

A próxima audiência está agendada para o dia 03/07/2012, e está programada para ser a última. Após essa audiência, em aproximadamente 30 dias sai a sentença. Vamos tentar adiantar esta data, ato que depende do depoimento de uma das testemunhas de acusação.

Nessa próxima audiência, serão ouvidas as testemunhas de defesa do falso profeta, que já sabemos quem são (informação disponível no site do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo). Não serão ouvidas todas, óbvio, e ao longo desse período exporemos algumas informações da dependência financeira e/ou psicológica que tais pessoas tem em relação ao profeta-bandido.

Até lá, deixem os apostólicos fazerem suas “festinhas da absolvição”, pois isso adicionará um tempero adicional à nossa “grande festa da condenação do falso profeta abusador sexual”, a ser celebrada provavelmente no mês de agosto, o mesmo mês de aniversário do profeta pilantra. Será um belo presente ao “maior FALSO profeta de todos os tempos”.

Só sentimos pena daqueles irmãos apostólicos mais simples, que não entendem nada sobre processo criminal. Vão ser enganados até dizer chega, nesse meio tempo. O que haverá de “pregadores de mentiras” lhes enchendo a cabeça e, claro, limpando suas carteiras e suas poupanças, não está escrito!

Sobre os acontecimentos de ontem, temos um relatório completo de tudo o que aconteceu lá dentro, relatado por diversas fontes, e posso lhes garantir de que não foi nada disso que alguns defensores estão contando por aí, visto que eles ficaram do lado de fora da sala de audiências o tempo todo. Nas palavras de um dos seguranças do fórum, pareciam uma “caravana cigana” acampada ali dentro. Infelizmente, não podemos divulgar agora tal relatório, que contém episódios dignos de filmes de comédia, visto que não queremos dar qualquer motivo para os advogados do Aldo Bertoni (que durante a audiência demonstraram ser nossos leitores assíduos) requererem qualquer tipo de adiamento do julgamento. Nosso interesse é que esse julgamento seja concluído o mais rápido possível!

Apenas para que tenham uma noção do nível de desespero dos apostólicos que estavam no fórum ontem: a audiência estava marcada para ser iniciada às 14h, mas devido a um atraso no seu início em mais de meia hora, um pouco antes de começar o Nilson Cairolli saiu para fora do plenário empurrando Aldo Bertoni em sua cadeira de rodas, em direção ao banheiro. Acredita que, nesse momento, além de aplaudir o bandido, muitos dos apostólicos lá presente começaram a chorar e a gritar “A JUSTIÇA FOI FEITA!” achando que Aldo Bertoni já estava sendo liberado após alguns minutos de audiência? Risível.

Aliás, o “movimento de apoio” que os apostólicos organizaram foi tão ridículo, que sequer foi mencionado em qualquer meio de comunicação. Perceberam? Foram solenemente ignorados pela mídia, e pode ter certeza de que sempre serão, porque diferentemente deles, as pessoas “de fora” não estão fanatizadas e mantém seus cérebros em funcionamento, e conseguem enxergar a léguas de distância o tamanho da sacanagem promovida por Aldo Bertoni.

Fiquemos todos com Deus.

Julgamento do Aldo Bertoni – 1º Dia

27 fev

ATENÇÃO:

Por precaução, visto que o processo que está sendo julgado neste momento está em “segredo de justiça”, não transmitiremos ao vivo o andamento do julgamento, pois a defesa pode usar esta argumentação para pedir a anulação do processo. Estão procurando “pêlo em ovo” para tentar anular o processo, visto que se ganharem mais tempo, há maiores chances dos crimes cometidos por Aldo Bertoni prescreverem.

Porém, cada acontecimento está sendo devidamente registrado, e ao término do julgamento será divulgado, em nome da transparência e da verdade.

A continuidade do julgamento foi marcada, inicialmente, para o dia 03/07/2012, pois há a necessidade de se ouvir uma testemunha fundamental que não se encontra, digamos, tão disponível. Caso a oitiva desta testemunha seja obtida antes, a audiência pode ser antecipada.

O que se viu hoje foi apenas um show de agressões do “santo povo apostólico” contra as vítimas do Aldo Bertoni. Era um tal de “trouxa” para cá, “safada” para lá, e apenas deram mostras, até aos servidores do fórum, do quão mal-educados são os apostólicos.

Até a conclusão do julgamento, nos absteremos de fazer alguns comentários relevantes da qual tomamos conhecimento, pois de forma alguma queremos dar motivos aos advogados do Aldo Bertoni para prorrogar ainda mais esse julgamento.

Abaixo, segue o que saiu na mídia agora à noite:

http://videos.r7.com/r7/service/video/playervideo.html?idMedia=4f4c1727b51a866fcdc638ee

http://www.band.com.br/noticias/cidades/noticia/?id=100000488282

http://noticias.uol.com.br/album/120227_album.htm?abrefoto=39#fotoNav=43

 

Vejam esse também, onde Aldo Bertoni é citado no final da reportagem:

http://www.band.com.br/noticias/mundo/noticia/?id=100000455343

Fiquemos todos com Deus!

Retrospectiva

26 fev

Tudo começou com a divulgação desta reportagem pela TV Record. Após mais de dois anos de investigação das denúncias que muitos apostólicos fizeram ao Ministério Público, finalmente a história cai na imprensa, e somente por isso é que amanhã acontecerá o julgamento. Infelizmente, no Brasil só andam rapidamente os processos cuja história cai na imprensa.

Uma semana após a divulgação da reportagem, os apostólicos que ainda assim acreditam no criminoso Aldo Bertoni, a maioria sem sequer conhecê-lo, organizam uma festa de apoio na Sede da Igreja Apostólica.

Sobre a realização dessa festa de apoio, os apostólicos muito disseram, mas quase nada fizeram:

– Anunciaram que reuniriam mais de 8 mil pessoas no templo da Sede. A própria contagem dos cálices da “santa comunhão” revelou que só apareceram pouco mais de 5 mil pessoas. Onde foram parar os restantes?

– Durante toda a semana que antecedeu a tal festa, muitos apostólicos diziam que nessa festa estariam as mais importantes redes de TV, como a Globo, a própria Record (que, segundo eles, queria se desculpar com o Aldo Bertoni), entre outras. Ninguém apareceu. Somente uma câmera da “TV Apostólica” para entrevistar o Nilson Cairolli.

– Também anunciaram que fariam uma grande passeata e uma carreata pelo bairro do Tatuapé, em apoio ao Aldo Bertoni. Nada aconteceu.

– Diziam até que nesse “culto” estariam presentes TODOS os familiares do Aldo Bertoni. Ninguém apareceu na festa, nem mesmo o “santo profeta”, que apenas saiu na janela do seu escritório para acenar aos apostólicos que estavam embarcando nos últimos ônibus. Quer prova maior do que essa, da pouca consideração que Aldo Bertoni tem com os apostólicos?

– A única coisa que se viu nessa “festa” foram cenas teatrais promovidas pelos enganosos “pastores” Nilson Cairolli e Edson Araujo. Aliás, você viu que os dois sequer foram arrolados como testemunhas de defesa do Aldo Bertoni, no julgamento de amanhã? O que aconteceu, sentiram o “cheiro de queimado” e pediram para não serem envolvidos?

Depois disso, Aldo Bertoni voltou a aparecer mais vezes na TV. O maior destaque ocorreu em 30/09/2011, quando em cadeia nacional de TV, o apresentador José Datena, da TV Bandeirantes, ridicularizou Aldo Bertoni ao vivo.

Depois disso, passaram a inventar muitas e cabeludas mentiras para os irmãos do interior. Surgiram histórias dizendo que em supostas audiências, Aldo Bertoni foi inocentado e suas vítimas condenadas, inventaram que Aldo era tão bonzinho que estava até emprestando carro para as vítimas chegarem ao fórum, enfim, foram invenções para todo gosto.

Mas o que importa é o que vai acontecer AMANHÃ, na única audiência que realmente acontecerá desde o episódio da reportagem da TV Record. E antes que os fofoqueiros e mentirosos apostólicos inventem novas histórias para enganar os pobres irmãos que estão isolados no interior, divulgaremos aqui todos os acontecimentos daquele fórum, assim que for possível.

Fiquemos todos com Deus, e até amanhã.

Fórum Criminal da Barra Funda

25 fev

 

Atendendo a pedidos, disponibilizamos alguns dados sobre a localização do Fórum Criminal da Barra Funda:

Fórum Criminal Barra Funda

Rua Abrahão Ribeiro, Nº 313

Barra Funda – São Paulo – SP

Telefone: (11) 3660-9000

Fica bem próximo ao Terminal Rodoviário da Barra Funda e à estação de metrô e de trem do mesmo nome.

Para quem passa pela Marginal do Rio Tietê, fica próximo ao parque “Playcenter”.

Abaixo, segue um mapa da região:

http://g.co/maps/stjtt

Àqueles que pretendem ir para espiar a cara do sumido “profeta” (isto é, se ele não arrumar alguma desculpa para não ir), recebemos a informação de que o número de pessoas presentes na sala do julgamento dependerá do número lugares livres. Uma vez preenchido os lugares vagos, não será permitida a entrada de novos visitantes.

Também vale lembrar que alguns fanáticos defensores do réu, estão se organizando para “protestar” no fórum. Será apenas mais uma oportunidade em que passarão vergonha diante da sociedade, em nome da defesa de um criminoso que eles mal conhecem.

Fiquemos todos com Deus, oremos bastante pelo dia de segunda-feira. Que Deus ilumine todos os responsáveis por este julgamento, que não sabemos se será concluído no dia 27, e que justiça seja feita!

Retratos da Hipocrisia

24 fev

Há muito tempo temos mostrado, aqui, como a Igreja Apostólica tornou-se o templo da hipocrisia, onde me parece que as pessoas disputam para ver quem é mais hipócrita.

Em outras palavras, temos percebido que quanto mais as pessoas defendem o bandido Aldo Bertoni, mais elas são erradas em relação à doutrina e disciplina da Igreja Apostólica.

O caso abaixo ilustra a indignação de vários irmãos de Cuiabá, que nos últimos anos têm feito enorme esforço financeiro para contribuir com uma campanha chamada “Campanha do Mato Grosso”, cuja pretensão inicial era reformar, ampliar e abrir novas congregações da Igreja Apostólica no Estado do Mato Grosso. Claro, como toda campanha da Igreja Apostólica, ninguém sabe quanto foi arrecadado e nem onde foi parar o dinheiro, já que até agora o resultado é pífio.

O interessante é que esta campanha é coordenada, localmente, por dois dos principais “líderes” daquela congregação apostólica. Trata-se do “pastor/regente” Manoel e o “pastor” Luiz Pereira.

O primeiro, o Manoel, que até então era apenas regente em Cuiabá, em 2009 chegou a ir para São Paulo pedir esclarecimentos para o Aldo Bertoni sobre as denúncias que surgiam a todo instante, e após uma conversa com o “santo profeta”, voltou nomeado pregador, defendendo o falso profeta e com a proposta da “campanha do Mato Grosso” aprovada pelo bandido Aldo Bertoni. Claro, se a proposta é arrecadar mais dinheiro, como ele iria recusar?

Entre outras coisas, Manoel é acusado por diversos irmãos cuiabanos de possuir TV em casa, de viver brigando com a própria filha por esta ter decidido deixar de acreditar no imundo Aldo Bertoni, e mesmo assim é um dos que mais se “debatem” para manter o povo de Cuiabá “nas rédeas”. É um dos maiores defensores do estuprador Aldo naquela cidade.

Já o segundo, Luiz Pereira, a situação é um pouco mais grave. Além de também ser acusado de, entre outras coisas, utilizar o dinheiro da tal campanha em proveito próprio, nos últimos meses fez algo que é típico de bandido mesmo.

Luiz Pereira é o homem que há alguns meses foi até a cidade de Cáceres-MT, e fez o pai de uma das vítimas do Aldo Bertoni, a Sra. Cleudete Pereira Leal,  assinar um documento fazendo declarações contra a própria filha. O pai dessa vítima chama-se Antonio Pereira, e apesar do mesmo sobrenome, não possui qualquer ligação com o “pastor” Luiz Pereira. Segundo o pai da vítima, o tal “pastor” chegou em sua cidade com um documento pronto em mãos, chamado “termo de convivência”, onde estava escrito apenas que ele havia convivido com a filha.

No entanto, como o próprio Sr. Antônio foi arrolado pelos advogados do Aldo Bertoni como testemunha de defesa, foi verificado que o documento constante no processo contra Aldo Bertoni é algo totalmente diferente do que foi assinado pelo Sr. Antônio Pereira. Ou seja, sem que o Sr. Antônio soubesse, tudo leva a crer que o “pastor” Luiz Pereira ADULTEROU e ADICIONOU declarações nunca feitas pelo Sr. Antônio Pereira. O Sr. Luiz Pereira, descaradamente, enganou o Sr. Antônio, e isso está sendo afirmado pelo próprio.

A família já está contratando advogado para tomar as devidas providências contra o Sr. Luiz Pereira, e este fato será levado a conhecimento do juiz na próxima segunda-feira, dia do julgamento do bandido Aldo Bertoni.

Sobre o Sr. Luiz Pereira, diversos irmãos cuiabanos afirmam que possui envolvimento com política e com grilagem de terras. Há acusações tanto de ordem criminal quanto de ordem moral, onde questionam a coerência do seu discurso de defesa do criminoso Aldo Bertoni em relação à sua conduta no dia-a-dia. O nosso foco aqui é mostrar a hipocrisia que habita naqueles que mais defendem o Aldo Bertoni. Vejam a foto abaixo, que encontramos em uma rede social:

O rapaz destacado em vermelho é WINDSON BATISTA, filho do zelador da congregação apostólica de Cuiabá-MT. Mora no quintal da igreja e tem casa, água e luz pagos com as ofertas dos irmãos daquela cidade. O rapaz destacado em amarelo é FÁBIO PEREIRA, filho do “pastor” Luiz Pereira, responsável pela “Campanha do Mato Grosso”. Ou seja, enquanto o pai está esfolando o bolso dos apostólicos daquele Estado, o filho está se divertindo em lugares proibidos aos apostólicos.

Vale ressaltar que os dois jovens são fanáticos defensores do Aldo Bertoni! No meu tempo de apostólico, e olha que faz apenas três anos que saí da igreja, era extremamente proibido qualquer tipo de jogo entre apostólicos, principalmente o bilhar, que sempre esteve relacionado a “botecos” e a lugares “que não prestam para os apostólicos”. Lembro-me de um caso, ocorrido na Sede, onde um infeliz foi excluído da igreja simplesmente porque foi flagrado ASSISTINDO um jogo de bilhar, de fora do bar, da calçada onde estava aguardando um ônibus justamente para ir à igreja.

Mas agora tudo pode, não é? Apesar do Aldo Bertoni viver mandando colocar no boletim besteiras como “a doutrina e disciplina é a mesma, e nunca mudará”, para aquelas pessoas que ajudam a quadrilha do Aldo Bertoni a esfolar os bolsos dos apostólicos, tudo pode! Se fosse um anônimo da igreja, certamente seria duramente repreendido pelos pastores de araque.

Destaco que não somos contra qualquer um fazer o que bem entende, o foco da nossa análise é a HIPOCRISIA que existe na vida desses defensores do imundo Aldo Bertoni. Pregam uma coisa para o povo, mas na vida privada, fazem tudo ao contrário. Para mim, isso se chama ENGANAR o povo, fazê-los de idiotas igual Aldo Bertoni fez e ainda faz com todos os apostólicos que acreditam em sua falsa santidade.

Sobre os “pastores” Luiz Pereira e Manoel, vejam algumas das denúncias feitas por apostólicos de Cuiabá através deste blog:

1. “Atenção aos apostólicos do Estado de Mato Grosso. Pergunte ao Pastor/Regente Manoel o que ele acha de apostólico ter TV em casa. Depois pergunte se ele tem, se dizer que não é mentira. E pergunte ao pastor Luiz Pereira por que ele usa um carro e combustível da Igreja para uso próprio dele. Roda Cuiabá inteira às custas do povo que contribue com a campanha. Prova disso é que ele só vai na igreja com a camionete que deveria ser exlusiva para viagens. Vocês sabiam que tanto a família do Luiz como do Manoel vão nas festas em SP e levam a família inteira tudo pago pela igreja? Acordem Irmãos. Parem de dar dinheiro pra essa corja.”

2. “Se o carro em questão é uma caminhonete S-10 prata, então a família toda usufrui do “bem apostólico” já que os filhos também a usam para rodar pra lá e prá cá. Será que eles podem responder o porque desse privilégio, enquanto tem idosos utilizando dois ônibus para chegar na seita deles? Sabiam que quando o profeta mulherengo proibiu a lanchonete da construção em Cuiabá, no outro dia fizeram o limpa no estoque de mercadoria doados pelos irmãos? A pergunta é: quem tinha a chave e autoridade pra mexer lá? vários apostólicos de Cuiabá o sabem. Outra pergunta é: porque estes dois cidadãos desciam a lenha no Torales e assim que este se libertou cuidaram de se apropriar de seus despojos?”

3. “É por isso que aí em Cuiabá tem uns analfabetos que defendem o Manoel, dizendo que ele já investigou a vida do Aldo e não encontrou nada, agora entendi, o Manoel investigou, encontrou os podres do Aldo e decidiu ficar calado para poder ter o dinheiro das ofertas para se manter. Uma certa vez ouvi dizer que ele não confiava mais no irmão Aldo, será que ele viu que tem que confiar é só no dinheiro? Avisa para o povo de Cuiabá dar bastante dinheiro pra manter o luxo do Manoel. O Manoel é tão ruim que não gosta mais da filha dele, que saiu da igreja. É isso que o Manoel aprende com o Aldo Bertoni: maldade e ódio.”

4. “Sobre a campanha de MT foi comentado estes dias que o dinheiro é depositado direto numa conta SP. Mas lembro que existe um caixa 2, que são as vendas de Pizzas, lanches, almoços e jantares. As principais congregações como Cuiabá, Rondonópolis, Cáceres, etc, tem conta corrente local. É aí que Manoel e Luiz Pereira entram ganhando.”

5. “Olha pessoal agora surgiu uma nova forma de exigir a arrecadação de grana na igreja apostolica! Há alguns anos aqui no Mato Grosso surgiu uma campanha para reforma e construção de templos, porém os anos estão passando e o povo começou a perder as esperanças, pois só dão dinheiro e nunca prestaram conta, porém agora as congregações que ainda não pegaram na grana para suas respectivas reformas, vão ter que novamente por a mão no bolso! A ideia é o seguinte: irão formar grupos de 5 pessoas e durante 2 meses cada pessoa do grupo doará 50 reais, sem contar que é sem o consentimento do próprio participante, que será incluido automaticamente o nome na lista! Resumindo: agora se torna constrangedor não participar ! É triste essa realidade!”

Aos irmãos cuiabanos que de alguma forma se sentem lesados pelas atitudes desses homens, e por não prestarem contas do dinheiro que arrecadam dos apostólicos na tal “Campanha do Mato Grosso”, sugerimos que procurem o Ministério Público local e façam a denúncia, que pode ser anônima, caso receiem alguma represália por parte dos denunciados.

Ministério Público do Estado do Mato Grosso

Rua Quatro S/N – Centro Político e Adminstrativo

Cuiabá/MT  – Cep: 78049-921

Telefone: (65) 3613-5100  – Site: www.mp.mt.gov.br

Oremos pelo fim da hipocrisia entre irmãos apostólicos. Temos certeza de que esse é só mais um fruto produzido pelo profeta diabólico Aldo Bertoni para destruir a igreja que era para ser de Jesus.

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 23/02/2012

23 fev

Na semana mais importante para o futuro da Igreja Apostólica, quando seu líder vai ser julgado pela prática de crimes de abuso sexual, na próxima segunda-feira, dia 27, vejam que o boletim é totalmente silente sobre o assunto. Não dão qualquer satisfação ao povo apostólico, que é quem mantém a igreja em pé, e ao fazerem isso, estão mostrando que, para os cúmplices do criminoso Aldo Bertoni, pouco importa o que os apostólicos acham ou deixam de achar, desde que não se esqueçam de dar suas ofertas no final de semana.

Esse silêncio é proposital, pois nunca foi intenção do Aldo Bertoni que o povo soubesse de NADA que acontece no “gabinete real”. Tratam os apostólicos como se fossem crianças, inaptas a saberem de assuntos para “adultos”. Pior: ao não publicarem qualquer esclarecimento sobre tudo o que está acontecendo, estão alimentando a especulação, a fofoca, a mentira. Não é à toa que no interior se houve, dos púlpitos, uma mentira mais cabeluda que a outra, sobre o julgamento do Aldo Bertoni.

Sabe qual é a nova? Vários irmãos nos relataram que diversos pregadores (de mentiras) estão contando essa:

Dizem que Aldo Bertoni, durante uma suposta audiência no Tribunal, foi inocentado pelo juiz e o mesmo imediatamente decretou a prisão de todas as suas vítimas. Só que o réu Aldo, tão “bonzinho”, fez um apelo ao juiz para que não as prendesse, pois elas não sabiam o que faziam. Prontamente o juiz atendeu ao pedido do “santo profeta” e as moças foram liberadas.

Dá pra acreditar numa história dessas?

Quem tem algum conhecimento do Direito, por favor, manifeste-se sobre essa versão inventada por alguns pregadores de mentiras.

Quanto ao infame boletim, apenas mais do mesmo: extenso pedido de dinheiro (sempre em primeiro lugar), e mais um pouco da “doutrina” criada para lavar cérebros e torná-los manipuláveis, dependentes e fanatizados. Alguns destaques:

– No texto intitulado “Viver em União e na Paz do Senhor”, mais um pedido para que os apostólicos parem de brigar entre si. Ora, como querem que haja paz em um lugar onde Deus não está já faz tempo? Como podem querer a “Paz do Senhor” em um lugar onde a idolatria e a veneração a um pecador imundo, servo de satanás (e aqui falo, claro, do Aldo Bertoni) tomou o lugar do louvor e adoração que deveria ser dedicada somente a DEUS (Pai, Filho e Espírito Santo)?

– Para mostrar algum “serviço”, acabaram autorizando a abertura de um novo ponto de pregação, na gigantesca cidade de MATUPÁ-MT. Local de pessoas humildes, com baixa escolaridade, sem acesso à informação e à internet. É terreno fértil para enganarem mais brasileiros com o golpe do “santo profeta”. Oremos a Deus para que as pessoas daquele local não caiam nessa cilada diabólica.

– Onde estão os nomes dos obreiros que deixaram o cargo? Por que não publicam mais a coluna “Deixam o Cargo”? Estão com medo que o povo veja a enorme quantidade de obreiros que estão acordando para a realidade e resolvem deixar de serem escravos da família Bertoni?

BOLETIM DE 23/02/2012

Fiquemos todos com Deus.

A Face do Transtorno

20 fev

Olhem para a foto acima e digam: ela não ilustra muito bem a imagem de uma pessoa transtornada?

A foto foi registrada por uma das mulheres integrantes das ONGs SOF (SempreViva Organização Feminista), Marcha Mundial das Mulheres, Casa Viviane dos Santos e Casa Cidinha Kopcak, em protesto realizado no dia 24/11/2011 na porta da sede da Igreja Apostólica, contra o abusador sexual Aldo Bertoni.

A mulher em destaque na foto é ninguém menos que a nossa velha conhecida Efigênia Joventino, secretária do falso profeta e cúmplice de primeira hora de toda a bandidagem existente na administração da Igreja Apostólica. Por a conhecermos bem, podemos dizer que neste momento, registrado pelas lentes de uma das manifestantes, ela estava proferindo palavrões de toda ordem.

O protesto foi promovido pelas ONGs acima citadas em virtude do Dia Mundial Contra a Violência à Mulher, que ocorreria no dia seguinte, e certamente foi um movimento de grande impacto, pois fez algo que ainda só havia acontecido parcialmente: chamou a atenção de TODA a vizinhança da Sede. Antes, só sabia da história do “profeta-abusador” aqueles que haviam assistido às reportagens das TVs Record e Bandeirantes.

Talvez seja por isso que dona Efigênia estava tão transtornada. Era medo de passar a ser questionada pelos vizinhos.

O Aldo, que era bom, não estava na Sede neste dia. Aliás, nesse horário nunca o encontrariam mesmo, visto que ele só chega na igreja próximo do horário das coletas das ofertas. Sobrou para seus pobres puxa-sacos e seus funcionários passarem a grande vergonha.

Os apostólicos chamaram a polícia, alegando que a manifestação estava impedindo o culto religioso, o que não era verdade, pois o evento ocorreu antes do início do culto. Também mentiram ao dizer que as manifestantes tentaram entrar na igreja, pois em todos os momentos elas ficaram da porta para fora. Foram eles quem fecharam as portas da igreja.

Foram para a delegacia alguns representantes das manifestantes e alguns representantes da igreja. Após as devidas explicações ao delegado plantonista, resultou que o delegado prometeu às mulheres abrir um novo inquérito para investigar o suspeito ALDO BERTONI.

Ou seja, mais uma vez o tiro saiu pela culatra.

E sabe o que é mais vergonhoso? A vizinhança da Sede, durante o evento gritavam, das suas casas e apartamentos, palavras como: “FECHA LOGO ESSA DROGA!”, “EU SABIA QUE TINHA SUJEIRA AÍ!”, “CADEIA NESSE VELHO SAFADO!”.

Estão vendo, meus caros irmãos apostólicos, o que vocês estão fazendo com o nome da Igreja Apostólica ao se recusarem a investigar as atitudes do bandido que está em sua diretoria?

Vergonha! Vergonha! Vergonha!

Abaixo, segue o vídeo gravado por uma outra manifestante. Pena que esse material só nos foi disponibilizado agora, caso contrário já teríamos divulgado antes.

Fiquemos todos com Deus.