Tag Archives: Conselho Deliberativo Igreja Apostólica

Boletim de 19/03/2015

19 mar

Roda dos Escarnecedores - Igreja Apostólica

Esta é a verdadeira roda de escarnecedores: o Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica. Nove pessoas que sabem de toda a verdade sobre a falsa santidade de Aldo Bertoni, e mesmo assim continuam sustentando a mentira a respeito do imundo falso profeta, continuam iludindo e desviando os apostólicos da verdadeira Palavra de Deus. Estão zombando das coisas de Deus, e pagarão muito caro por isso se não se arrependerem antes de sua morte! Com Deus, não se brinca! Aldo Bertoni brincou, e pagou caro, muito caro!

* * * * * * * * * *

Caros irmãos e amigos, divulgamos o Boletim Interno Oficial da Igreja Apostólica desta semana.

* *

BOLETIM DE 19/03/2015 (clique aqui para acessar)

* * *

Ler estes Boletins é um enorme desperdício de tempo, é verdade, mas é interessante para que você veja o quanto era enganado enquanto estava cego pela doutrina maldita do falso profeta diabólico, Aldo Bertoni.

Veja o texto intitulado “A Roda dos Escarnecedores”. Sem nenhum tipo de dúvida, os maiores escarnecedores das coisas de Deus na Igreja Apostólica sempre foram o próprio Aldo Bertoni e seus cúmplices mais próximos, que com suas atitudes zombaram do próprio Deus e também do povo inocente que passam sua vida achando que estão servindo ao Senhor dos Exércitos.

Mas como sempre, os escritores usam a temática do Boletim para manipular o povo. Aqui, o objetivo é nos classificar como escarnecedores e orientar aos apostólicos que não acessem e nem leiam o conteúdo publicado neste Blog e em outras mídias sociais.

Acontece que dizer a VERDADE é escarnecer? Os escritores de Boletim estão cometendo uma terrível inversão de valores, trocando o certo pelo errado e o errado pelo certo. Pobres daqueles apostólicos que caem na conversa fiada destes Boletins, e se fecham a qualquer tipo de informação externa! A isso, chamamos de lavagem cerebral, um mal que domina quase todos os apostólicos que ainda acreditam nas mentiras do falso profeta Aldo Bertoni.

A única forma de você desmascarar uma mentira, é procurando saber a verdade! Algo que os apostólicos não conseguem fazer, o que só prova a influência demoníaca a que estão submetidos enquanto estão na Igreja Apostólica.

Não acredite cegamente nos Boletins, procure você mesmo saber o que está acontecendo, por fontes diversas, se você não tiver como verificar com seus próprios olhos e ouvidos. Aqueles que estão fazendo ou já fizeram isso, estão se libertando deste julgo terrível da escravidão espiritual a que está submetida a maior parte do povo apostólico.

Ser escarnecedor, é fazer o que estão fazendo: colocando no lugar de Jesus, o Filho de Deus que morreu na cruz para limpar nossos pecados, um imundo pecador quanto foi Aldo Bertoni. Isso sim é ser escarnecedor! Saia dessa roda enquanto é tempo, caro irmão apostólico!

Também há uma nota neste Boletim a respeito da comunhão realizada em Londrina (PR) no último dia 15 de Março. Em 2011 também houve uma comunhão naquela congregação, com a ilustre presença do criminoso falso profeta Aldo Bertoni, antes de ele ser preso pela justiça, ter que pagar fiança para continuar solto, e ser impedido de sair da cidade de São Paulo, entre outras restrições.

Quando falamos que enquanto somos apostólicos, somos pessoas superficiais, não é força de expressão. O apostólico sempre foi ensinado a dar mais valor às aparências do que aos princípios cristãos. Vejam o comentário dessa fanática apostólica, captado nas redes sociais:

* *

Fanática Apostólica - Aldo Bertoni

Será que se Aldo Bertoni fosse negro ou moreno, ela diria “Olha o nosso primaz, tão pretinho”?

* * *

Salta aos olhos como os apostólicos julgam as pessoas pela aparência, tanto para o bem quanto para o mal. Apenas pela aparência, julgam bem um homem mal como Aldo Bertoni, ao mesmo tempo que julgam mal ex-apostólicos bons, honestos e verdadeiros, por causa das roupas que passam a usar ou pelas fofocas que inventam. Absolvem um homem que não conhecem, e condenam pessoas que também não conhecem. Esse é o povo santo? Justo? Fazendo isso, são presas fáceis das mentiras de enganadores como Aldo e seus cúmplices.

Fiquemos todos com Deus, sempre em oração pelos nossos pobres e incautos irmãos apostólicos, para que eles também tenham um encontro pessoal com o verdadeiro Senhor.

Boletim de 12/03/2015

12 mar

Aldo-IlmaraO Boletim desta semana diz que o apostólico que não se santificar, não obterá salvação. Mas Aldo Bertoni nunca procurou se santificar, pelo contrário, quem conhece sua vida particular sabe que sempre viveu em grande pecado. Na foto, o carrão do falso profeta encostado na porta da casa de sua amante Ilmara Bonato. O vídeo completo desse caso você pode assistir no Youtube, basta procurar pelo vídeo intitulado “O que Aldo Bertoni faz depois que sai da igreja?”

* * * * * * * * * * * * *

Caros irmãos e amigos, divulgamos o Boletim de mentiras da Igreja Apostólica desta semana. O objetivo destas postagens é refutarmos os ensinos e informações que sabemos serem mentirosos, com o intuito de dar oportunidade a todos os irmãos e amigos apostólicos que queiram deixar de ser manipulados e querem saber a verdade.

*

BOLETIM DE 12/03/2015 (clique aqui para baixar)

* * *

O primeiro ponto que nos chama atenção neste Boletim é o pedido para que os membros da igreja ajudem, com doações, a pessoas necessitadas no Estado do Acre. Como é do conhecimento de todos, aquele Estado tem enfrentado grandes tempestades, causando a cheia do Rio Acre, que corta a capital Rio Branco, além de outras cidades.

O interessante aqui é que o “santo conselho” pede para o povo ajudar, mas por que também não ajudam com dinheiro, como estão fazendo diversas outras igrejas?

Lembrem-se: todos os anos, na leitura do balanço de prestação de contas, não é tornado público que a Igreja Apostólica doa mais de 1 milhão de reais das nossas ofertas a título de “donativos a necessitados”? Para quem está indo esse dinheiro, se quando alguma filial, como a de Rio Branco, realmente precisa, não é enviado sequer 1 centavo para ajudar aqueles irmãos?

*

Balanço Igreja Apostólica 2011

Este é o resumo dos balanços dos anos de 2008, 2009 e 2010, que gravamos para que os apostólicos mais inteligentes pudessem verificar os números. A imagem pode ser ampliada clicando nela. Vejam a rubrica “donativos a necessitados”, onde gastaram quase 6 milhões de reais em 3 anos. Quem são esses “necessitados”? E esses irmãos do Acre, não são considerados necessitados, após muitos terem perdido praticamente tudo em suas casas após essa enchente?

* * *

Fazemos essas perguntas para que os apostólicos que nos lêem usem o cérebro que Deus lhes deu, e questionem! Se não há dinheiro para ajudar irmãos que perderam suas casas em enchentes, quem são os necessitados que anualmente recebem mais de 1 milhão de reais?

*

Igreja Apostólica - Acre

Lembram-se do rapazote do Acre, aquele obreiro que nos fez falsas acusações e é o criador do blog de enganados chamado “Avante Povo Apostólico”, o Mychael Douglas? Vejam que o rapaz tem boa vontade, e está coordenando a arrecadação e distribuição de mantimentos, roupas e outros produtos para alguns atingidos pela enchente. Veja que nessa postagem ele agradece aos apostólicos de Volta Redonda pelo envio de cestas básicas. Quantas cestas básicas enviou a direção da Igreja Apostólica? Nenhuma!

* * * * *

Igreja Apostólica - Acre

Nessa outra postagem, o rapaz tenta coordenar o transporte de doações, porque nem isso a Igreja Apostólica e seus dirigentes fazem pelo povo. Certamente a preocupação deles, nesse momento, é a queda momentânea da arrecadação de ofertas na congregação de Rio Branco. Conhecemos bem as pessoas de quem estamos falando.

* * * * *

Igreja Apostólica - Acre

Até o transporte dos produtos doados pelos apostólicos tiveram que tentar arrumar com o poder público, porque até isso a direção da Igreja Apostólica estava relutante em providenciar. O negócio dos cúmplices de Aldo Bertoni definitivamente não é ter despesas com o povo, querem apenas as ofertas quando tudo está bem!

* * * * *

Igreja Apostólica - Acre

Por fim, como não estavam conseguindo o transporte das doações de São Paulo para o Acre, Wagner Ormanji decidiu botar a mão no bolso. Mas conforme nos mostra o próprio jovem Mychael Douglas, providenciaram apenas o transporte! Nada de donativos para os apostólicos necessitados daquela congregação. Nada de doações de cestas básicas, colchões ou qualquer outro produto usando as ofertas arrecadadas por outras igrejas. Atitude muito diferente de outras igrejas com filiais no Acre.

* * *

Veja a matéria abaixo, feita por um jornal Acreano, sobre a ajuda que as igrejas deram aos atingidos pela cheia do Rio Acre. Vejam se aparece o nome da Igreja Apostólica, numa prova de que a “santa direção” pouco ou nada fez pelo Acre:

Igrejas doam ao Acre (clique no link ao lado)

– – – – – – –

O segundo ponto que queremos destacar, é a mensagem do batismo intitulada “A Importância do Batismo Para a Igreja Apostólica”. É uma verdadeira piada ler que Aldo Bertoni ensinava que os apostólicos deveriam se batizar, quando ele próprio NUNCA FOI BATIZADO.

Há alguns anos, respondendo a informação que postamos em nosso Blog, Aldo Bertoni mandou colocar no Boletim que era batizado na Igreja Presbiteriana, assim como o bispo Eurico e a missionária Odete, fundadores da Igreja Apostólica.

Só que é pura mentira. Para azar de Aldo Bertoni, as duas vertentes Presbiterianas existentes no Brasil, a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) e a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPIB), guardam os registros de batismos de seus membros desde que chegaram ao Brasil.

*

Aldo Bertoni, o pedágio até Jesus

Aldo Bertoni: ele próprio nunca se batizou em igreja alguma. Se duvida, por que não vai perguntar na Igreja Presbiteriana, onde ele dizia ter sido batizado? Nós fomos perguntar!

* *

Na Terceira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo, localizada no bairro do Brás, em São Paulo, encontramos os registros de batismos de Eurico Mattos Coutinho e de Odete Correa Coutinho. Mas não existe registro de nenhum Aldo Bertoni. Consultamos a direção nacional da IPIB, e também não há registro de batismo de nenhum Aldo Bertoni.

Na Igreja Presbiteriana do Brasil, a mesma resposta: não foi encontrado registro de batismo de nenhum Aldo Bertoni. Pediram que se fosse possível, para aprofundar a pesquisa, informarmos em qual igreja presbiteriana Aldo havia sido batizado.

Por três anos, entre 2010 e 2013, tentamos obter essa informação junto ao próprio Aldo Bertoni, haja vista que foi ele quem mandou colocar no Boletim que havia sido batizado naquela igreja. Nunca obtivemos resposta.

Mas é claro que ele não responderia, afinal, era só mais uma de suas mentiras para enganar o povo apostólico, que não pesquisa nada, engole facilmente tudo que a “santa direção” inventa!

– – – – – – – – –

Por fim, no texto intitulado “Sem Santidade Ninguém Verá a Deus”, queremos fazer uma pergunta ao João Stancey e aos demais membros do Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica: como vocês tem a cara de pau de escreverem isso sabendo que Aldo Bertoni nunca procurou se santificar?

Então vocês assumem que um homem que tinha mulheres fora do casamento, que tem dois filhos fora do casamento, que falava palavrões sem o menor pudor (perguntem à conselheira Efigênia!), que ficou milionário e deixou enorme herança aos seus familiares às custas das ofertas que nós e nossos familiares doamos por décadas para a Igreja Apostólica, pode ser considerado “santificado”?

Ou estão assumindo que Aldo Bertoni nunca tentou se santificar e neste momento arde no fogo do inferno?

Contem a verdade ao povo apostólico, caros Conselheiros! Senão ficará cada vez mais feio para vocês, tanto aqui na Terra quanto quando tiverem que acertar suas contas com Deus.

Na próxima semana, voltaremos analisando o próximo Boletim.

Fiquemos todos com Deus.

Tal Tio, Tal Sobrinho

28 fev

Aldo-HelioO falso santo Aldo Bertoni, e seu sobrinho Hélio Viana da Rocha

* * *

Alguns irmãos não conseguem entender nossa indignação, e talvez o faça por não compreender o quanto doamos nossas vidas para a causa da Igreja Apostólica. Para quem nunca deu nada ou quase nada, e aqui não estamos falando apenas de dinheiro, foi mais fácil superar tudo o que passou, quando soube de toda a roubalheira promovida justamente pelo “santo primaz”.

Imagine se por décadas você se sentisse moralmente obrigado a abandonar sua família todos os finais de semana para ir pregar gratuitamente no interior. Imagine se, pelo mesmo motivo, você tivesse abandonado praticamente toda sua vida social em nome da pregação de uma doutrina que agora você sabe que não passa de uma grande mentira. Ou, ainda, imagine que mesmo que fosse assalariado pela Igreja Apostólica, com o salário de fome que pagam para pastores e pregadores itinerantes, você tivesse que passar de 30 a 45 dias longe de sua família, enquanto cumpria sua escala, para estar com eles apenas por 15 dias de folga entre as escalas.

Você sabia que muitos casamentos e muitas famílias apostólicas hoje estão destruídas por causa desse distanciamento provocado pela “santa igreja”? Muitos pastores e pregadores sequer viram seus próprios filhos crescerem, e hoje possuem problemas de relacionamentos graves com os mesmos. Em muitos outros casos, o marido ficava tanto tempo fora, pregando para o Aldo Bertoni, que a esposa deu um jeito de arrumar outro. Isso quando ele próprio não arrumava outra(s) mulher(es) cumprindo suas escalas.

Mas se todo esse sacrifício ainda tivesse valido para alguma coisa, para por exemplo, trazer salvação para a humanidade, teria valido a pena. Mas não foi para nada disso que nos sacrificamos.

Quer ver para o quê foi que nos sacrificamos?

Veja os documentos abaixo, obtidos em um antigo processo que tramitava na justiça contra Aldo Bertoni:

* *

IMPOSTO DE RENDA – ALDO BERTONI – 1996 (clique aqui para abrir)

Esta é uma declaração do imposto de renda entregue à Receita Federal por Aldo Bertoni em 1997, referente ao ano de 1996. Portanto, 4 anos antes daquela outra declaração que já expomos aqui, que você pode relembrar CLICANDO AQUI. 

(Atenção: os arquivos estão em PDF e são pesados, podendo não abrir em celulares)

* * *

Vejam só. O ex-motorista pobre, que tinha apenas um carro, que desde 1970 não trabalhava fora e era um mero funcionário de uma igreja pobre, que vive em dificuldades financeiras, tornou-se um verdadeiro milionário.

Mas Aldo não estava só nesse “trabalho árduo”. Veja que seu sobrinho, colocado como administrador da Igreja Apostólica por Aldo Bertoni, em 1984, também era pobre quando chegou na igreja. Apesar de nunca ter sido apostólico, era o segundo homem mais poderoso na hierarquia da igreja. E também ficou rico fazendo isso. Quer ver?

* *

IMPOSTO DE RENDA- CONTADOR DA IGREJA APOSTÓLICA – 2001 (clique aqui para acessar)

Um apartamento em cada praia do litoral paulista? Preste atenção nas datas de aquisição e compare com a única fonte de renda declarada por Hélio Viana. Será milagre do seu “santo tio”?

* * *

Quando chegou na Igreja Apostólica, Hélio sequer tinha diploma universitário. Vejam, em sua declaração de imposto de renda de 15 anos atrás, que o homem já era milionário, APENAS TRABALHANDO NA IGREJA APOSTÓLICA.

Enquanto os otários aqui estavam se matando, sacolejando por horas em ônibus velhos para ir pregar aos apostólicos do interior, os espertões estavam mais preocupados em adquirir apartamentos na praia . E olha que nós, apostólicos, NUNCA fomos autorizados pela “santa direção” a ir na praia, sempre foi proibido e por esse motivo muita gente foi punida no passado.

Com que dinheiro você acha que fizeram isso, se os dois espertalhões, Aldo e Hélio, eram apenas funcionários assalariados da Igreja Apostólica?

Veja quanto Hélio ganhava há 15 anos atrás:

* *

SALÁRIO DO CONTADOR DA IGREJA APOSTÓLICA EM 2001 (clique aqui para acessar)

* * *

Você acha que com um salário de pouco mais de 4 mil reais, é possível montar um patrimônio imobiliário superior a 1 milhão de reais, e ainda manter os dois filhos estudando nos melhores colégios particulares da cidade de São Paulo?

Enquanto isso, nossos filhos, aqui dos imbecis contribuintes da igreja, estudavam em escolas públicas precárias. Isso quando estudavam, pois muitas de nossas filhas foram forçadas a abandonar a escola para não serem obrigadas a vestir calças para a aula de Educação Física! A “santa direção” dizia que isso era pecado grave!

Sabe quem pagou toda essa mamata para esses corruptos? Eu e você! Que sempre confiamos no falso santo Aldo Bertoni. Isso tudo é dinheiro que nós, pregadores voluntários ou itinerantes, íamos buscar na sua congregação todos os finais de semana!

E mesmo com tudo isso, caros irmãos e amigos, mesmo com Hélio sendo demitido por justa causa, por corrupção, sendo ele indicado e mantido no cargo pelo “onisciente” Aldo Bertoni, como é possível a atual diretoria da Igreja Apostólica, encabeçada por José Solyom Filho e por Wagner Ormanji, ainda pregar a suposta “santidade” do Aldo, e dizer que ele era honesto?

Alguém saberia nos explicar?

“Amados, não creiam em qualquer espírito, mas provem se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.”

1 João 4:1

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 26/02/2015

26 fev

Corrupção na Igreja ApostólicaO que importa para o Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica é que as ofertas continuem caindo nas sacolas e nas contas da igreja. A verdade? O povo apostólico não precisa saber!

* * *

Vejam o Boletim desta semana. Incrível: acontece o segundo evento mais importante da Igreja Apostólica em menos de um ano, e povo não foi informado de nada! O Administrador da igreja, o segundo homem mais importante na hierarquia montada por Aldo Bertoni, o homem que movimentava todo o dinheiro doado pelos apostólicos, é demitido por justa causa, por corrupção, e absolutamente NADA é informado para o povo.

* *

BOLETIM DE 26/02/2015 (clique aqui para baixar)

* * *

Mais uma prova de que o atual Conselho Deliberativo não tem qualquer compromisso com a verdade! Continuam ocultando tudo o que estão encontrando na administração da igreja, e sabe por quê?

PORQUE TODAS AS EVIDÊNCIAS INCRIMINAM ALDO BERTONI.

fotorcortinadefumaca

Ao invés de dizer a verdade ao povo apostólico, preferem lançar uma gigantesca cortina de fumaça sobre a corrupção encontrada na administração da Igreja Apostólica. E fazem isso através do Boletim.

Vejam só: apenas notícias sobre compra de imóveis (aquele barracão que custou mais de 7 milhões de reais), realização de comunhão interior afora e abertura de novos programas de rádio, tudo para dar aparência de normalidade e enganar os mais incautos com a sensação de que “a igreja está crescendo”.

No próximo post, revelaremos alguns documentos encontrados em um processo judicial que tramitava contra Aldo Bertoni. Cremos que ao verificá-los, você compreenderá parcialmente por que nos revoltamos contra toda essa sujeira.

Fiquemos todos com Deus, persistindo nas orações pela libertação de nossos pobres irmãos apostólicos.

Boletim de 18/12/2014

18 dez

Vejam como a fórmula criada por Aldo Bertoni funciona bem: tantos escândalos revelados, e nem uma nota sequer no Boletim desta semana. Afinal, o povo fanático quer apenas mais do mesmo, não lhes interessa saber o que realmente está acontecendo nos escritórios da Sede da Igreja Apostólica, não é mesmo?

*

BOLETIM DE 18/12/2014

* *

Apenas os constantes pedidos de dinheiro e mais um pouco da velha, repetida e falsa doutrina, onde usam o nome de Jesus para dar alguma “cara” de igreja à seita do bandido Aldo Bertoni.

Vejam que na reunião do dia 14/12/2014, Wagner Ormanji havia dito que o Boletim passaria a ser publicado no site da Igreja Apostólica para todos que quisessem acessá-lo.

Não é bem assim. Só terá acesso ao Boletim quem for cadastrado no site. Porém, conforme diversos relatos de irmãos que tentaram se cadastrar, não é todo mundo que tem o cadastro aceito. Antes de aprová-lo, os responsáveis pelo site da igreja estão entrando em contato com alguém da congregação da cidade indicada pelo interessado no cadastro, e se for desconhecido, tem o cadastro reprovado. Ou seja, se um visitante ou algum internauta interessado em conhecer melhor a “Igreja Apostólica” quiser ler o Boletim pela internet, não conseguirá. Terá que continuar a acessá-lo através deste Blog.

Além disso, não será todo mundo que se disporá a deixar seus dados pessoais, como RG e CPF, no site de uma desconhecida “igreja”. Parece que o negócio foi feito propositalmente para que os “de fora” não acessem mesmo o Boletim.

*

Destaque Boletim 18-12-14Boletim liberado para TODOS que quiserem ler? Não é bem assim. Quem quiser ler, terá de deixar vários dados pessoais, como RG e CPF, um claro desestimulo para que não-apostólicos não leiam o Boletim. Enquanto isso, no site de qualquer outra igreja basta você clicar e lerá Boletins, mensagens, fotos e vídeos, sem burocracia e nem complicação.

* * *

É isso que podemos chamar de “transparência apostólica”? Atitude muito contraditória, para uma igreja que canta que levará seu nome “aos quatro cantos da Terra”. Aldo Bertoni tinha motivos para esconder o Boletim, não queria que seus amigos e familiares vissem o fantasioso pedaço de papel com sua assinatura. Mas e agora, qual o motivo para continuar dificultando o acesso desse Boletim a qualquer um que queira lê-lo?

Por esse motivo, continuaremos a divulgá-lo aqui, além de tecermos comentários a respeito das mentiras e distorções ali contidas.

Fiquemos todos com Deus.

Compromissados com a Mentira? – Parte 2

15 dez

Reuniao141214-OrmanjiWagner Ormanji, soltando a cortina de fumaça, na reunião de ontem

* * *

Somados os dois vídeos que publicamos nos dias 4 e 14 deste mês, após assisti-los inegavelmente podemos chegar à inevitável conclusão: José Solyom é um mero laranja na direção da Igreja Apostólica. Quem manda, de fato, é Wagner Ormanji. Enquanto Solyom fala por 15 minutos, distorcendo a história da igreja e contando histórias saudosistas sobre máquinas antigas, é Ormanji quem trás informações relevantes durante quase 45 minutos de fala. Só Wagner Ormanji foi ameaçado de morte, porque é quem realmente está fazendo exigências que podem acabar – ou ao menos diminuir – com as falcatruas e expor toda a podridão criada e operada por Aldo Bertoni e seus cúmplices ao longo de 44 anos.

Solyom, muito possivelmente, – e agora isso tudo passa a ficar mais claro – foi alçado ao posto de presidente para evitar possíveis problemas legais a Wagner Ormanji. A partir de agora, certamente muitos malfeitos do bandido Aldo Bertoni e seu querido sobrinho Hélio Viana virão à tona, e caso algum desses rolos venham a virar algum tipo de processo judicial, quem responderia seria o atual representante legal da igreja, Solyom.

Como você também pôde ouvir na gravação da reunião do dia 26, Solyom mal sabe o que anda assinando como representante legal da igreja. Mas o presidente é idoso, o que lhe afastaria o risco de ser punido com celeridade, e considerando a lentidão da justiça brasileira, mesmo que o representante legal da igreja fosse condenado em algum processo por ter assinado algo que não devia, até essa condenação sair provavelmente Solyom não estará mais entre nós. Veja que não estamos desejando o mal de Solyom, apenas estamos considerando o curso natural da vida de qualquer ser humano.

Mas mesmo considerando a boa vontade e a honestidade de Wagner Ormanji, tudo o que ele fez em quase 45 minutos de fala foi jogar uma grande cortina de fumaça sob os olhos dos apostólicos, para que não vejam o que realmente existe na administração da Igreja Apostólica. Vejamos alguns pontos de sua fala:

1. Por qual motivo Wagner Ormanji não esclarece as circunstâncias em que se deu sua indicação pelo próprio Aldo Bertoni para o cargo de Diretor Chefe da Igreja, juntamente com Orlando Arantes e Efigênia Joventino, ainda em 2012, conforme o documento abaixo? Isso significa que Ormanji também já sabia da delicada situação de saúde do falso profeta ou sabia que ele seria condenado, e também escondeu isso do povo apostólico?

Carta Orlando Arantes - Aldo Bertoni

2. Aos 17 minutos e 43 segundos do vídeo, Wagner Ormanji diz algo bastante engraçado: falou que a legislação para as igrejas foi mudada no último ano em função da tentativa do governo em inibir falcatruas através de igrejas. Fala sobre “instituições que quebraram o propósito sincero da verdadeira organização religiosa”.

Ele está falando da própria Igreja Apostólica, não é?

A Igreja Apostólica é uma dessas instituições que saíram no noticiários, nos últimos anos, como produtora de mais um escândalo religioso. Só mesmo quem é cego e surdo ainda não percebeu isso. Entretanto, consultamos diversos advogados e juristas, que desmentem o que está sendo pregado aos apostólicos, por isso perguntamos ao Sr. Wagner Ormanji: que leis foram essas?

Refere-se ao SPED Contábil? Isso não é nenhuma novidade no Brasil, e todas as empresas já são obrigadas a fazê-lo. A diferença é que agora as igrejas também deverão fazê-lo, algo trivial e de fácil execução para todas aquelas entidades religiosas honestas, que não tem nada a esconder. Mas de difícil e complicada implantação para instituições permeadas de falcatruas e invenções contábeis, como a Igreja Apostólica.

3. Adquirir software? Para quê? Softwares para SPED Contábil só são adquiridos por escritórios contábeis, que o utilizam para prestar serviços contábeis a diversas empresas e instituições ao mesmo tempo. Repetimos: Softwares para o SPED só são adquiridos por empresas gigantescas que possuem enormes departamentos contábeis, e por escritórios de contabilidade, que prestam o serviço a diversas empresas utilizando o mesmo software. Em qual dessas duas situações se enquadra a Igreja Apostólica? Em nenhuma delas!

Entregar a contabilidade para um escritório externo processá-la sairia imensamente mais barato. Sabe qual é a situação que leva alguém a não terceirizar essa função totalmente operacional da contabilidade da igreja? Quando há o desejo de ESCONDER essa contabilidade, para que ninguém, exceto os elaboradores, saibam o que está acontecendo ali.

Será que o Sr. Wagner Ormanji também poderia explicar essa situação à igreja? Não existe NENHUMA lógica racional no que ele está dizendo!

4. Comprar máquinas? Qualquer computador de mil e poucos reais roda um software desse porte!

5. Aos 21 minutos e 10 segundos, Wagner Ormanji começa a falar sobre a tal empresa de “consultoria e auditoria”. A quem o Sr. Wagner Ormanji quer enganar? Aos pobres apostólicos que nunca tiveram oportunidade para estudar, possivelmente vai conseguir enganar. Mas e os demais? Hoje existem diversos apostólicos, por todo o país, que já são ou estão se formando em áreas como administração, contabilidade, direito e economia. A quem o senhor quer enganar ao dizer que a contratação dessa “consultoria e auditoria” não está sendo feita para corrigir a enorme bagunça e as falcatruas financeiras praticadas por Aldo Bertoni e seu sobrinho Hélio Viana da Rocha?

Consultorias só são contratadas quando alguém quer arrumar algo que está muito errado, que não está dando certo. E auditorias só são contratadas quando exige-se uma fiscalização sobre feitos administrativos, financeiros e contábeis suspeitos de conterem irregularidades. A quem o Sr. Wagner Ormanji quer enganar ao dizer que não se trata de investigar Aldo Bertoni e seus asseclas?

Por que insiste em defender o grande bandido, Sr. Wagner Ormanji? Você é (ou ao menos era) honesto!

6. Sobre a tal “Consultoria / Auditoria”. Qual o nome dessa empresa? Como ela foi selecionada? Será que nenhum apostólico inteligente vai questionar algo tão vital para que seja atestada a lisura desse processo? Quem garante que essa empresa não é aquela mesma dos amigos do sobrinho do Aldo Bertoni, que foi “contratada” em 2010 e disse que estava tudo certo sem ao menos ter analisado sequer um documento?

7. Aos 24 minutos e 33 segundos, veja que Wagner Ormanji admite que Aldo Bertoni deixou tudo uma enorme bagunça: sequer sabem o que a igreja possui! Não somos nós que estamos falando, mas o próprio vice-presidente da igreja! Veja e ouça você mesmo no vídeo!

8. Aos 27 minutos e 25 segundos, é falado sobre o caso do “santo conselheiro” Orlando Arantes, também recém-eleito. Wagner Ormanji diz que Orlando, se valendo de uma carta ASSINADA POR ALDO BERTONI E SEUS ADVOGADOS, estava tentando derrubar a decisão de uma juíza. Ora, então Wagner Ormanji admite que a juíza tem razão em desconsiderar as besteiras feitas pelo “santo profeta” fanfarrão, Aldo Bertoni? Que evolução!

9. Aos 27 minutos e 58 segundos, Wagner Ormanji admite algo que temos denunciado aqui há 5 anos, e que os próprios apostólicos diziam que estávamos mentindo: o antigo estatuto que mantinha Aldo Bertoni no poder estava ILEGAL E INCONSTITUCIONAL.

Se os apostólicos tivessem nos ouvido ainda em 2008 e tivessem atualizado o Estatuto para que ficasse de acordo com a lei (Novo Código Civil, de 2002), isso teria impedido Aldo Bertoni de movimentar milhões de reais em bens da igreja para o nome de seus familiares, nos últimos anos, sem que ninguém ficasse sabendo de nada, pois a legislação atual exige que tal decisão seja tomada em colegiado, e não individualmente e de forma oculta, como sempre fez Aldo Bertoni!

10. Wagner Ormanji só decidiu distribuir cópias do novo Estatuto porque o fizemos primeiro, por aqui. Se não fosse por nós, certamente tudo estaria escondido ainda. A cópia que disponibilizamos neste Blog teve 4.317 downloads até este momento.

11. Aos 33 minutos e 30 segundos, outro trecho muito importante da fala de Wagner Ormanji, quando relata sobre as ameaças de morte que ele e sua família receberam.

Caros irmãos apostólicos, Wagner não foi pioneiro em receber ameaças dos cúmplices do bandido Aldo Bertoni. Sabe qual a diferença entre nós e Wagner Ormanji?

Nós fomos ameaçados não apenas pelos cúmplices, mas também diretamente pelo diabólico Aldo Bertoni. Diferentemente de Wagner, que está tendo apoio de policiais da própria igreja, quando tentamos relatar este fato a outros irmãos apostólicos, fomos hostilizados e abandonados à nossa própria sorte. Fomos chamados de rebeldes e desprezados.

Mas a principal diferença, é que nós, desde o princípio, não escondemos quem eram os autores dessas ameaças. Nunca escondemos que um dos ameaçadores era o próprio Aldo Bertoni e que ele também era o mandante das cartas, e-mails e telefonemas anônimos que recebemos por meses, quando decidimos denunciá-lo. Por várias semanas, estranhos em carros com vidros pretos ficavam em nossas portas, para nos intimidar, e NÓS ainda éramos chamados de ladrões pelos “justos e honestos” apostólicos.

Após receber tais ameaças, Wagner Ormanji só está de volta porque ALDO BERTONI ESTÁ MORTO. Caso contrário, seria só mais um “rebelde”.

12. Aos 41 minutos e 11 segundos: Após 5 anos que divulgamos o “santo Boletim” pela internet, vejam que agora também vão fazê-lo. Algum apostólico saberia nos explicar algo tão contraditório? Vivem dizendo que “a mensagem da Igreja Apostólica deve ser espalhada aos 4 cantos da Terra”, mas então por que Aldo Bertoni proibia que o Boletim fosse publicado na internet?

Vejam que isso só está sendo possível devido à morte do falso profeta Aldo Bertoni. Se ele ainda estivesse aí, nunca permitiria a divulgação dos Boletins na internet, pois receava que seus conhecidos vissem sua papagaiada. Mais uma mudança por nossa causa, a quem os apostólicos devem agradecer.

13. Aos 42 minutos e 32 segundos: Será que agora vão finalmente tomar a cantina da Sede das mãos da esposa do Aldo Bertoni? Hoje, todo o dinheiro arrecadado vai para a empresa Aldo Bertoni Restaurante – EPP (CNPJ 54.173.786/0001-78), de propriedade do falecido Aldo e sua esposa Dulce Aparecida Bertoni. O dinheiro arrecadado era deles, mas todas as despesas da cantina eram da igreja. Será que finalmente vão colocar um ponto final nessa roubalheira descarada, que também temos denunciado há 5 anos?

*

Lanchonete dentro da Igreja ApostólicaSerá que finalmente vão conseguir acabar com o lucro fácil da família Bertoni?

* * *

14. Aos 47 minutos e 40 segundos, é com prazer que vemos a “caixa-preta” da Sede finalmente sendo extinta. As coletas da Sede, que antes eram contadas apenas pelos bandidos Aldo Bertoni, seu sobrinho Hélio Viana da Rocha, seu assistente José Roberto Rozani, sua “secretária” Efigênia Joventino e seu filho Alex Gonçalves, agora passarão pelo mesmo processo de contagem rigoroso das congregações. Efigênia, Robertinho e Alex, principalmente, devem estar furiosos!

*

Alex, Filho do Aldo BertoniSerá que vão conseguir acabar com a mamata do “santo filho”, um dos contadores de ofertas da Sede?

* * *

15. Aos 49 minutos e 12 segundos, Wagner Ormanji admite novamente algo que também temos falado aqui há 5 anos: finalmente pretendem fazer um site descente para a Igreja Apostólica, em substituição ao ridículo site montado pelo bem remunerado cúmplice do Aldo Bertoni responsável pela amador sistema de informática da igreja, o Sr. Valdemar Santos, vulgo “Dema”.

*

Valdemar C. Santos - Igreja ApostólicaCoisas do reino do Aldo Bertoni: salário mensal de R$ 15.000,00 pago a Valdemar, apenas para manter aquele site ridículo, o mesmo há 14 anos! Não se esqueçam de doar suas ofertas para sustentar essa gente, irmãos apostólicos!

* * *

16. Aos 51 minutos e 15 segundos, o recado derradeiro: apesar de Aldo Bertoni sempre ter mandado dizer que “a doutrina era perfeita e imutável”, Wagner Ormanji anuncia que já estão mudando o livro “O Evangelho do Reino dos Céus”, que será revisto e republicado. Algo que só está sendo possível com a morte do falso profeta Aldo Bertoni, que no ano 2000 mandou queimar todos os exemplares restantes da antiga edição, e proibiu os pregadores de usarem o livro em suas pregações.

Agora, vão tirar o que é incoveniente, comos as falsas profecias não cumpridas, e republicar um novo livro para continuar iludindo aos incautos e inocentes apostólicos fanáticos. Também vão acrescentar textos que lhe sejam convenientes, como se fossem parte dos escritos originais publicados pelo Bispo Eurico Mattos Coutinho. E o pior! Vão mantê-lo como autor do livro, mesmo não tendo sido ele, o Bispo, o autor desses novos capítulos. Como é fácil enganar e manipular um povo sem história!

Diante de todo o exposto, caros irmãos, a conclusão que podemos chegar é a seguinte:

Sem sombra alguma de dúvida, a Igreja Apostólica crescerá materialmente a partir de agora. Afinal, o grande ladrão está morto, e seus cúmplices ladrões terão a vida fácil extremamente dificultada pelas medidas anunciadas pela nova direção.

Entretanto, tudo isso será em vão. Não estarão promovendo o crescimento de uma igreja, mas sim de um clube de fanáticos mantido para idolatrar a um bandido e sua tia. Não há como Deus estar na Igreja Apostólica enquanto a mentira sobre Aldo Bertoni e sua tia Rosa ali residir. Deus não está onde domina o pai da mentira. Será que isso é tão difícil para um homem inteligente, sagaz, como Wagner Ormanji, compreender?

Que Deus possa iluminá-lo. Que Wagner Ormanji possa ter um encontro verdadeiro com Jesus Cristo, e assim poder conduzir a igreja novamente para Jesus, como foi a intenção inicial do finado Bispo Eurico Mattos Coutinho.

Fiquemos todos com Deus, e em breve divulgaremos novidades.

Compromissados com a Mentira? – Parte 1

14 dez

Há dias temos exposto a falta de respostas da nova direção da Igreja Apostólica à divulgação da gravação daquela fatídica reunião do dia 26 de novembro de 2014, onde toda a igreja pôde saber pela boca de seu próprio presidente, e de várias pastores, sobre o tamanho da corrupção e da desorganização existente na “santa igreja”.

E não é que hoje, finalmente, o presidente e o vice-presidente da Igreja Apostólica resolveram falar? Porém, melhor seria que não tivessem falado, pois ao menos restaria a esperança de que a verdade fosse estabelecida na administração da igreja. Assista o vídeo, e veja o tamanho da decepção de todos os apostólicos que ainda tinham alguma esperança de mudança no destino da Igreja Apostólica:

*

* * *

Pelo que sabemos das vidas dos senhores José Solyom Filho e Wagner Ormanji, respectivamente presidente e vice-presidente da Igreja Apostólica recém eleitos, não são corruptos, daqueles que sabiam de todas as falcatruas e pecados praticados pelo diabólico Aldo Bertoni, e mesmo assim o defendiam em troca de algum benefício financeiro sustentado pelas ofertas dos apostólicos. Ao que parece, os dois se enquadram na categoria de “fanáticos”, daquele tipo que fecham os olhos e ouvidos sobre tudo o que foi descoberto a respeito do falso profeta Aldo, apenas para “preservar a fé”. Entendemos esse tipo de situação porque um dia também fomos como eles.

Mas vejam que agora, na posição em que estão, tiveram condições mais do que privilegiadas de atestarem, documentalmente e com os próprios olhos, como Aldo Bertoni era corrupto e mentiroso. O próprio vice-presidente Wagner Ormanji foi ameaçado de morte por aliados e cúmplices do falecido Aldo Bertoni, por recearem perder “benefícios” oriundos das ofertas desviadas da igreja. Então, se são sabedores disso tudo, por que continuam mentindo ao povo apostólico sobre a realidade do falso profeta e bandido Aldo Bertoni?

Destacamos alguns apontamentos na fala dos dois, conforme você pôde ver no vídeo:

1. Solyom começa sua fala MENTINDO. Se aproveita que a maioria dos apostólicos que viviam na década de 70 já morreram, saíram da igreja ou eram do interior, para DISTORCER a verdade. Quem viveu aquela época e ainda está vivo, há de se lembrar: o templo da Sede foi inaugurado em 1972, e foi integralmente construído sob os cuidados e administração do falecido Bispo Eurico Mattos Coutinho, presidente da Igreja Apostólica na época. Aldo Bertoni era um ilustre desconhecido, ainda era apenas o “motorista da direção”, e só foi ingressar nos estatutos como diretor da igreja em 1978, quando o templo estava pronto e inaugurado há 6 anos!

Solyom, por que está mentindo ao povo apostólico, valendo-se da falta de uma memória registrada para que os mais novos conheçam a história da Igreja Apostólica?

2. Solyom também fala em “dar mais agilidade, mais precisão à gestão da igreja, porque AS LEIS MUDARAM. Ora, está dizendo que as leis mudaram, passando a exigir mais transparência da igreja, justamente quando Aldo Bertoni morreu? Que coincidência, não? Por que não fala a verdade, Solyom? Se alguma lei mudou, por que não diz aos apostólicos que lei foi essa?

3. O discurso de Solyom é uma afronta aos apostólicos honestos que possuem alguma memória. É uma afronta à verdadeira história da Igreja Apostólica. Vejam que aos 9 minutos e 18 segundos do vídeo, o presidente da igreja diz que na década de 70, quando Rosa (a “santa vó”) morreu, a maioria das congregações eram em casas, não haviam templos próprios. Isso é verdade, mas o que Solyom está omitindo é que nessa época todo o trabalho de expansão da igreja foi coordenado pelo Bispo Eurico, que além de presidente da igreja, também era seu mais eloquente pregador, arrastando multidões ao rádio, através do programa “A Hora Milagrosa”.

A igreja cresceu bastante até sua morte, em 1984, chegando a possuir até uma rádio arrendada, com quase 24 horas de programação própria, e nessa época possuía cerca de 400 congregações! Após 1984, quem passou a coordenar essa expansão foi sua esposa, a Missionária Odete Correa Coutinho, cujo principal projeto era um abrigo para idosos apostólicos, batizado de “Lar Apostólico”, que começou a ser construído em uma pequena parte do terreno do sítio de Juquitiba.

Aldo Bertoni só assumiu a administração da Igreja Apostólica, de fato, com o súbito adoecimento da Missionária Odete Correa Coutinho, no ano de 1999. Sabe o que aconteceu de lá para cá?

– Várias congregações, aquelas que não davam “lucro”, foram fechadas por Aldo Bertoni, até chegarmos a apenas 269 congregações por volta do ano de 2004.

– A Igreja Apostólica passou a enfrentar constantes “crises financeiras“. Foi o início de campanhas que arrecadaram milhões de reais, e que ninguém sabe onde foi parar o dinheiro. Lembram-se? Campanha de Recomposição do Caixa (2001/2002), Campanha do Jubileu (2003/2004), Campanha da Motivação (2005/2006), entre muitas outras.

– A pregação deixou de ser feita com base nos livros de doutrina, cujos últimos exemplares impressos Aldo Bertoni mandou queimar. A pregação passou a ser feita com base nos fúteis e repetitivos boletins, escritos por dois de seus aliados mais corruptos, o heterossexual João Stancey e o homossexual José Roberto Rozani, vulgo “Robertinho”. Os dois sabem de toda a verdade sobre a imunda vida particular do “seu Aldo”, e mesmo assim o defendem em troca de seus polpudos salários, apartamentos grátis no bairro do Tatuapé, viagens grátis por todo o Brasil (e para todo o mundo, no caso do “Robertinho”), carros com motorista à disposição, entre muitíssimos outros benefícios financeiros.

– A Igreja Apostólica perde sua Rádio de Aquidauana, que poderia ser a base de uma futura rede radiofônica própria por todo o Brasil. O contrato de arrendamento era extremamente vantajoso, pois permitia que em poucos anos a igreja fosse dona daquela estação de rádio por um preço muito baixo. Mas Aldo Bertoni abortou o projeto, assim que a Missionária Odete deixou de falar por motivos de doença. Preferiu “aplicar” o dinheiro dos apostólicos em outras atividades particulares, que hoje sabemos bem quais eram.

– Até o ônibus próprio, comprado à custa de muitas ofertas especiais, principalmente dos apostólicos do interior, foi “enfiado no nariz”. Já perguntaram ao genro do João Stancey, o “regente” João Marcos, o que foi que aconteceu ao ônibus da igreja? Pois então façam isso!

– Quase todas as obras de expansão ou reformas de congregações no interior passaram a ser dificultadas pela Sede. Em muitos casos, Aldo Bertoni simplesmente não autorizava a obra para que a congregação enviasse mais dinheiro para seus bolsos. Chegou a sair em muitos Boletins, a ordem para que parassem as construções em andamento, pelo mesmo motivo, para que a oferta enviada semanalmente para São Paulo não fosse reduzida. Conhecemos também várias casos de congregações onde os irmãos da localidade apresentavam projetos grandiosos, bonitos, de templos grandes, e Aldo mandava reduzir o tamanho do projeto, para que ficasse mais barato e assim sobrasse mais dinheiro para a Sede.

Você se lembra quando foi que começaram as obras mais relevantes de congregações do interior? Você se recorda a partir de quando Aldo Bertoni passou a autorizar obras de igrejas com projetos mais bonitos? Sim, a partir de 2005, e a primeira foi a congregação de Lucélia (SP). Coincidentemente, ou não, 2005 corresponde ao ano em que começaram a vazar denúncias sobre suas falcatruas. Como Aldo repentinamente deixou de ser “imaculado” e passou a precisar do apoio dos fanáticos do interior, resolveu “aliviar” para o povo do interior.

Por que Solyom omite esses fatos em sua fala ao povo apostólico? Pretende continuar omitindo a verdade?

Do que adianta uma igreja que passe a ser honesta, administrativamente falando, mas que continua a ser fundamentada na mentira? Querem enganar a quem, a Deus? Aos incautos apostólicos, afogados por seu fanatismo religioso, pode ser que consigam continuar enganando, mas e a Deus? Como vão conseguir enganar?

Amanhã publicaremos a parte 2 desta postagem, onde analisaremos a fala do vice-presidente da Igreja Apostólica, o Sr. Wagner Ormanji.

Fiquemos todos com Deus.