Tag Archives: Contador da Igreja Apostólica

Tal Tio, Tal Sobrinho

28 fev

Aldo-HelioO falso santo Aldo Bertoni, e seu sobrinho Hélio Viana da Rocha

* * *

Alguns irmãos não conseguem entender nossa indignação, e talvez o faça por não compreender o quanto doamos nossas vidas para a causa da Igreja Apostólica. Para quem nunca deu nada ou quase nada, e aqui não estamos falando apenas de dinheiro, foi mais fácil superar tudo o que passou, quando soube de toda a roubalheira promovida justamente pelo “santo primaz”.

Imagine se por décadas você se sentisse moralmente obrigado a abandonar sua família todos os finais de semana para ir pregar gratuitamente no interior. Imagine se, pelo mesmo motivo, você tivesse abandonado praticamente toda sua vida social em nome da pregação de uma doutrina que agora você sabe que não passa de uma grande mentira. Ou, ainda, imagine que mesmo que fosse assalariado pela Igreja Apostólica, com o salário de fome que pagam para pastores e pregadores itinerantes, você tivesse que passar de 30 a 45 dias longe de sua família, enquanto cumpria sua escala, para estar com eles apenas por 15 dias de folga entre as escalas.

Você sabia que muitos casamentos e muitas famílias apostólicas hoje estão destruídas por causa desse distanciamento provocado pela “santa igreja”? Muitos pastores e pregadores sequer viram seus próprios filhos crescerem, e hoje possuem problemas de relacionamentos graves com os mesmos. Em muitos outros casos, o marido ficava tanto tempo fora, pregando para o Aldo Bertoni, que a esposa deu um jeito de arrumar outro. Isso quando ele próprio não arrumava outra(s) mulher(es) cumprindo suas escalas.

Mas se todo esse sacrifício ainda tivesse valido para alguma coisa, para por exemplo, trazer salvação para a humanidade, teria valido a pena. Mas não foi para nada disso que nos sacrificamos.

Quer ver para o quê foi que nos sacrificamos?

Veja os documentos abaixo, obtidos em um antigo processo que tramitava na justiça contra Aldo Bertoni:

* *

IMPOSTO DE RENDA – ALDO BERTONI – 1996 (clique aqui para abrir)

Esta é uma declaração do imposto de renda entregue à Receita Federal por Aldo Bertoni em 1997, referente ao ano de 1996. Portanto, 4 anos antes daquela outra declaração que já expomos aqui, que você pode relembrar CLICANDO AQUI. 

(Atenção: os arquivos estão em PDF e são pesados, podendo não abrir em celulares)

* * *

Vejam só. O ex-motorista pobre, que tinha apenas um carro, que desde 1970 não trabalhava fora e era um mero funcionário de uma igreja pobre, que vive em dificuldades financeiras, tornou-se um verdadeiro milionário.

Mas Aldo não estava só nesse “trabalho árduo”. Veja que seu sobrinho, colocado como administrador da Igreja Apostólica por Aldo Bertoni, em 1984, também era pobre quando chegou na igreja. Apesar de nunca ter sido apostólico, era o segundo homem mais poderoso na hierarquia da igreja. E também ficou rico fazendo isso. Quer ver?

* *

IMPOSTO DE RENDA- CONTADOR DA IGREJA APOSTÓLICA – 2001 (clique aqui para acessar)

Um apartamento em cada praia do litoral paulista? Preste atenção nas datas de aquisição e compare com a única fonte de renda declarada por Hélio Viana. Será milagre do seu “santo tio”?

* * *

Quando chegou na Igreja Apostólica, Hélio sequer tinha diploma universitário. Vejam, em sua declaração de imposto de renda de 15 anos atrás, que o homem já era milionário, APENAS TRABALHANDO NA IGREJA APOSTÓLICA.

Enquanto os otários aqui estavam se matando, sacolejando por horas em ônibus velhos para ir pregar aos apostólicos do interior, os espertões estavam mais preocupados em adquirir apartamentos na praia . E olha que nós, apostólicos, NUNCA fomos autorizados pela “santa direção” a ir na praia, sempre foi proibido e por esse motivo muita gente foi punida no passado.

Com que dinheiro você acha que fizeram isso, se os dois espertalhões, Aldo e Hélio, eram apenas funcionários assalariados da Igreja Apostólica?

Veja quanto Hélio ganhava há 15 anos atrás:

* *

SALÁRIO DO CONTADOR DA IGREJA APOSTÓLICA EM 2001 (clique aqui para acessar)

* * *

Você acha que com um salário de pouco mais de 4 mil reais, é possível montar um patrimônio imobiliário superior a 1 milhão de reais, e ainda manter os dois filhos estudando nos melhores colégios particulares da cidade de São Paulo?

Enquanto isso, nossos filhos, aqui dos imbecis contribuintes da igreja, estudavam em escolas públicas precárias. Isso quando estudavam, pois muitas de nossas filhas foram forçadas a abandonar a escola para não serem obrigadas a vestir calças para a aula de Educação Física! A “santa direção” dizia que isso era pecado grave!

Sabe quem pagou toda essa mamata para esses corruptos? Eu e você! Que sempre confiamos no falso santo Aldo Bertoni. Isso tudo é dinheiro que nós, pregadores voluntários ou itinerantes, íamos buscar na sua congregação todos os finais de semana!

E mesmo com tudo isso, caros irmãos e amigos, mesmo com Hélio sendo demitido por justa causa, por corrupção, sendo ele indicado e mantido no cargo pelo “onisciente” Aldo Bertoni, como é possível a atual diretoria da Igreja Apostólica, encabeçada por José Solyom Filho e por Wagner Ormanji, ainda pregar a suposta “santidade” do Aldo, e dizer que ele era honesto?

Alguém saberia nos explicar?

“Amados, não creiam em qualquer espírito, mas provem se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.”

1 João 4:1

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 12/02/2015

12 fev

Caros irmãos e amigos, vejam o Boletim Interno Oficial da Igreja Apostólica desta semana. Discutiremos apenas um ponto, pois há muito que ser dito sobre esse tema.

* *

BOLETIM DE 12/02/2015 (clique aqui para acessar)

* * *

Como você deve saber, apesar de Aldo Bertoni estar morto há 9 meses e a atual direção da igreja estar no poder desde então, somente há algumas semanas os integrantes do Conselho Deliberativo conseguiram de fato colocar as mãos sobre as finanças da igreja. Até então, os “queridinhos” do Aldo Bertoni estavam controlando tudo. Neste Boletim, publicaram uma das primeiras medidas dessa nova administração, que é encerrar as contas correntes da Igreja Apostólica no Banco HSBC. Vejam:

* *

Destaque01-120215 - Boletim da Igreja Apostólica* *

À primeira vista parece um procedimento administrativo corriqueiro, mas não é bem assim.

Desde que começamos a descobrir as falcatruas praticadas por Aldo Bertoni, temos tentado investigar todas as suspeitas. Um fato que nos chamava atenção, eram essas duas contas correntes que a Igreja Apostólica mantinha no Banco HSBC.

Contas Correntes - Igreja Apostólica

A figura está cortada porque quando captamos esta imagem, o objetivo era demonstrar outra questão, mas antes de excluírem as contas do HSBC do site da igreja, você encontrava aí duas contas correntes nesse banco.

Quando começamos a investigar as falcatruas do Aldo Bertoni mais profundamente, algumas questões sobre essas contas nos chamaram a atenção:

1. Por que a igreja mantinha duas contas no mesmo banco?

2. Por que manter duas contas em um banco que possui relativamente poucas agências espalhadas pelo país, mas que possuía alto custo para manutenção de cada uma das contas?

3. Em todos os outros bancos onde a Igreja Apostólica mantém conta corrente, as agências de relacionamento ficam no Tatuapé, o bairro onde está instalada a Sede da igreja. Curiosamente, as duas agências do HSBC onde a igreja mantinha conta, ficam do outro lado da cidade, a mais próxima das duas agências dista mais de 20 quilômetros da Sede. Por quê, se no bairro do Tatuapé também existe agência do Banco HSBC?

Por um bom tempo, ficamos sem resposta para essas questões. Entretanto, por volta do ano de 2008, quando o Ministério Público passou a investigar Aldo Bertoni e o falso profeta percebeu que poderia ter problemas com a justiça, Aldo mandou alguns de seus funcionários destruírem uma enorme quantidade de documentos que estava arquivado no escritório da Sede.

Mas veja como Deus age para desmascarar os mentirosos: dois desses funcionários, indignados por verem tantas coisas erradas, conseguiram desviar e guardar alguns desses documentos, e recentemente nos enviaram um saco de documentos velhos, que ainda estamos analisando.

São documentos que saíram diretamente dos arquivos da sala de Hélio Viana da Rocha, que é o contador da igreja e sobrinho do próprio Aldo Bertoni. Como você deve saber, Hélio foi levado para o escritório da igreja por Aldo, e lá empossado como o segundo homem mais importante na administração da Igreja Apostólica, apesar de não ser apostólico, de não acreditar em nada do que acreditam os apostólicos.

Hélio sempre foi o braço direito de Aldo Bertoni, com direito a procuração para movimentar todas as contas da igreja e tudo mais. Como Aldo Bertoni era semi-analfabeto, quem cuidava de sua vida financeira era seu sobrinho querido, Hélio Viana da Rocha. A preocupação de Aldo era apenas torrar o dinheiro, enquanto Hélio cuidava da parte burocrática.

Pois bem: as agências do HSBC onde a Igreja Apostólica mantinha conta corrente até há algumas semanas atrás eram as de número 0911 e 0337. A Agência 0911 fica localizada na Avenida Brigadeiro Faria Lima nº 2018, no riquíssimo bairro paulistano do Itaim Bibi, localizado há quase 20 quilômetros da Sede da Igreja Apostólica. Trata-se de um bairro que fica no meio do caminho entre a Sede da igreja e o bairro do Butantã, onde Aldo morou por muitos anos, até ser assaltado quando chegava em casa, no ano de 2001.

A agência 0337 fica na Av. Dr. Vital Brasil nº 214, no bairro do Butantã, bem próxima da antiga casa do falso profeta Aldo Bertoni. Portanto, fica há quase 30 quilômetros da Sede da Igreja Apostólica.

Por qual motivo a igreja deveria ter contas em agências tão distantes, quando possui agências do mesmo banco no mesmo bairro onde está sua Sede?

A resposta para essa pergunta veio na forma de alguns documentos que encontramos no meio da papelada que nos foi entregue.

Trata-se das mesmas agências onde Aldo Bertoni mantinha suas contas pessoais.

Desde que se tornou diretor da igreja, em 1978, Aldo Bertoni nunca mais precisou trabalhar. Não fazia absolutamente NADA, pois tinha funcionários para tudo. Até mesmo para resolver problemas corriqueiros com sua conta pessoal, não ia ao banco, apenas reclamava para seu sobrinho, Hélio, que elaborava um documento, Aldo assinava e o documento era entregue no banco pelo “boy de luxo” dos dois, o nosso conhecido escritor de Boletins, o “Robertinho”.

Veja os documentos abaixo:

*

Contas HSBC – Aldo Bertoni (clique para acessar)

 * *

Ao invés de trabalharem para a igreja, quando vemos tais documentos percebemos que Aldo, Hélio e sua corja estavam confortavelmente instalados nos escritórios da igreja para administrar suas vidas pessoais. Contratavam alguns poucos coitados para tomar conta das coisas da igreja, e todo o restante era direcionado para administrar suas atividades particulares. E tudo financiado com a nossa oferta! É enorme a quantidade de documentos pessoais e particulares que estavam arquivados na igreja, apesar de não terem nenhuma relação com nenhum tipo de atividade religiosa.

No documento acima você viu que um dos pedidos do falso profeta Aldo Bertoni era para que sua gerente transferisse um saldo para a conta de sua esposa, Dulce Aparecida Bertoni, que possuía conta na mesma agência. O que nos deixou perplexos foi o documento abaixo, que também estava no conjunto que nos foi entregue:

*

Conta HSBC Amante do Aldo BertoniClique aqui para baixar este documento

* * *

Vejam só que caras de pau! Na agência 0337, Aldo Bertoni mantinha a conta de sua esposa oficial, Dulce Bertoni. Na agência 0911, mantinha a conta de sua amante Maria Angela Bavaresco. E nas duas agências, mantinha contas em nome da Igreja Apostólica, que agora foram encerradas pela nova direção da igreja, além de suas próprias contas pessoais. E TUDO ISSO ERA ADMINISTRADO DE DENTRO DO ESCRITÓRIO DA SEDE DA IGREJA APOSTÓLICA, pelo seu sobrinho e contador Hélio Viana da Rocha.

* * Aldo Bertoni e sua amante Maria Angela BavarescoAldo Bertoni e sua amante Maria Angela Bavaresco, mãe de sua filha Brune Bertoni, que recém descobrimos: até as contas pessoais dela eram administradas de dentro dos escritórios da Sede da Igreja Apostólica. É para isso que dávamos ofertas?

* * *

No meio da papelada também encontramos um extrato bancário do Aldo Bertoni, referente à sua movimentação no Banco HSBC no mês de novembro de 2002.

Você se lembra o que estava acontecendo na Igreja Apostólica nesse período? Sim, a igreja estava em “profunda crise financeira”, conforme vinham nos boletins. Todas as semanas vinham exortações para que os apostólicos ofertassem cada vez mais, pois o dinheiro doado não estava sendo suficiente para manter a igreja! Lembram-se disso?

Nessa época, estávamos no campo, pregando para os irmãos do interior. Nos lembramos que por umas três ocasiões, veio a ordem da Sede para que as ofertas daqueles finais de semana fossem depositadas preferencialmente nas contas do Banco HSBC. Cegos como éramos, só obedecíamos sem questionar. Hoje começamos a entender o motivo dessas ordens.

Mas vejam que para Aldo Bertoni não existia crise financeira. Crise, só para a igreja!

* *

EXTRATO HSBC – ALDO BERTONI – NOVEMBRO/2002

(clique para baixar – arquivo pesado – 4 Mb)

* * *

Sobre o conteúdo desse extrato, é necessário fazermos as seguintes observações:

1. Esta não era a única conta pessoal do Aldo Bertoni, era uma delas. Aldo possuía contas pessoais em vários outros bancos, como você mesmo pôde ver na Declaração de Imposto de Renda dele que já divulgamos aqui, mas usava essa conta do HSBC para a “ostentação”, pois não pegava bem um milionário como ele ficar circulando por aí com cartões dos “populares” Bradesco, Itaú, Caixa ou Banco do Brasil. Quem entende do mercado bancário, sabe que o HSBC é um banco para a população de mais alta renda, para empresários e suas empresas. E Aldo Bertoni era cliente HSBC Premier, segmento de conta voltado para clientes de altíssima renda.

2. Lendo o extrato, também podemos depreender que Aldo Bertoni era, no mínimo, muito BURRO. Vejam que mesmo tendo mais de 75 mil reais na poupança, devia mais de 21 mil reais no cheque especial. Considerando que nessa época a taxa de cheque especial girava em torno de 10% ao mês, significa dizer que Aldo Bertoni estava pagando ao banco cerca de 2 mil reais de juros, sem necessidade, pois tinha muito mais dinheiro parado na poupança, que não paga nem 1% ao mês. Ou talvez Aldo Bertoni não fosse burro, talvez fizesse isso porque o dinheiro caía tão fácil em suas mãos, que estava pouco se importando onde era gasto.

3. Vejam que Aldo Bertoni, o “HUMILDE” profeta, era bem quisto no Banco HSBC. Tinha R$ 60.900,00 de limite no cheque especial e mais R$ 20.000,00 de limite nos cartões de crédito American Express Gold, Mastercard Premier e Visa Gold. Para conseguir tais limites, certamente apresentou comprovantes de renda muito superiores àquele comprovante salarial de R$ 12 mil que já publicamos neste Blog. Vejam que estamos falando de um extrato bancário de 13 anos atrás!

4. Na página 5 do Extrato, veja que Aldo Bertoni, aquele que mandava eu e você confiar e orar para ele próprio para sermos protegidos do mal, pagava dois seguros residenciais. Ou seja, ele próprio não confiava na tal “segurança dos céus”, mas mandava eu e você confiar!

5. Você notará que não há pagamentos de outras contas pessoais lançadas nesse extrato. É claro que isso não ocorria, POIS TODAS AS DESPESAS PESSOAIS DE ALDO BERTONI E SUA FAMÍLIA, ERAM PAGAS DIRETAMENTE PELA TESOURARIA DA IGREJA APOSTÓLICA.

Sabe o que é mais revoltante, caros amigos e irmãos apostólicos?

Nessa época nós, pastores e pregadores, estávamos empenhados em “salvar” a igreja da falência. Fazíamos insistentes apelos, às vezes passávamos mais de meia hora da reunião tentando explicar a péssima situação financeira da igreja, tentávamos enfiar a famigerada “Campanha da Recomposição do Caixa da Igreja” goela abaixo de todos os irmãos apostólicos das congregações por onde passávamos, por ordem e orientação do Aldo Bertoni e da Efigênia Joventino. Enquanto isso, o vagabundo estava “doando juros” para o Banco HSBC, como você mesmo pôde ver neste extrato.

Abandonávamos nossas famílias em quase todos os finais de semana, para ir pregar voluntariamente, com a única finalidade de abastecer o caixa de um bando de vagabundos em São Paulo.

Não é motivo para se revoltar?

Em breve, divulgaremos novos “achados” entre os documentos que recebemos.

Fiquemos todos com Deus.

Bruxaria na Igreja Apostólica?

5 mar

Diariamente recebemos, através do e-mail acordapovoapostolico@gmail.com, dezenas de mensagens vindas de todos os cantos do país. Boa parte é de incautos apostólicos que ainda defendem o Aldo Bertoni, nos xingando e nos mandando para os piores lugares possíveis, mas muitos desses e-mails também nos trazem relatos de fatos que estão acontecendo em determinadas congregações, novas denúncias, testemunhos de libertação, etc.

Pois bem, um desses e-mails nos trazia o link para um perfil da rede social Orkut e pedia que dessemos uma olhada nos dados constantes naquele endereço. À primeira vista, parecia apenas um trote, ou informação irrelevante, como muitas que recebemos todos os dias.

Para visualizar em tamanho maior, clique nas imagens

Tratava-se do perfil de uma mulher, completamente desconhecida por todos nós, que se autointitula “BRUXA”. Ora, o que temos nós com uma desconhecida mulher e com suas crenças? Foi o que pensamos. Entretanto, entre as comunidades da qual participava a tal “bruxa”, figurava uma que nos chamou a atenção, a da RÁDIO MUNDIAL, uma emissora de rádio de São Paulo, responsável por transmitir o programa “A Hora Milagrosa” para a Grande São Paulo há aproximadamente 15 anos.

A partir daí resolvemos olhar o link com mais atenção, apesar dessa associação entre a tal “bruxa” e a Rádio Mundial não ser nada excepcional, visto que a grade de programação daquela rádio está repleta de programas espíritas, místicos, exotéricos, entre outras crenças não-cristãs.

Para quem não se lembra, a Rádio Mundial foi contratada pela Igreja Apostólica por volta do ano de 1997, e foi anunciada como um “grande progresso na transmissão da Hora Milagrosa”, por se tratar de uma rádio potente e que iria transmitir em FM, a frequência que transmite com melhor qualidade que a AM. Lembro-me até que foram feitos insistentes pedidos de ofertas especiais, para cobrir as despesas com a nova rádio. Também foi da Rádio Mundial a iniciativa de transmitir seus programas (entre eles o “A Hora Milagrosa”) pela internet, numa época que isso era novidade.

Pois bem, no perfil da tal “bruxa”, podem ser vistas diversas fotos de eventos ligados ao espiritismo, bruxaria, e outras crenças consideradas pagãs.

No álbum de fotos dessa mulher, há cenas que para nós, que vivenciamos a rígida doutrina e disciplina apostólica, soa como algo muito estranho e herege:

Mas o que nos surpreendeu foi o relacionamento revelado nas fotos abaixo. Vejam que o Sr. Hélio Viana da Rocha, o segundo homem mais importante na hierarquia da Igreja Apostólica, conforme expomos no post anterior, não tem sequer UM amigo que seja apostólico, mas revela-se grande amigo de pessoas devotas de crenças que sequer são cristãs!

Vejam o que escreve a tal “bruxa” em seu álbum de fotos. Se entre as fotos de seus amigos e pessoas especiais está a foto da família Bertoni Viana inteira, é porque são amigos íntimos da “bruxa”!

Diante da descoberta desses estranhos relacionamentos entre a família Bertoni e pessoas ligadas a credos que são combatidos pela doutrina e disciplina apostólica, com o envolvimento da Rádio Mundial no meio, não temos como não passarmos a ter novas suspeitas. Será que, sem saber, os apostólicos não seriam também os responsáveis pelo patrocínio de alguns desses programas místicos, exotéricos e espíritas que podem ser ouvidos diariamente pela Rádio Mundial?

Não temos nada contra a religião que cada um escolhe para si, mas seria de bom tom que o Sr. Hélio Viana da Rocha, o segundo homem mais importante na hierarquia da Igreja Apostólica depois do tio dele, verdadeiro “chefe” de todos os funcionários da Igreja Apostólica, responsável por manipular todo o dinheiro doado pelos apostólicos, se manifestasse e desse explicações a todo o povo apostólico sobre esses relacionamentos de sua família, mantidos longe dos olhos do povo apostólico.

Fiquemos todos com Deus, agradecidos pelas revelações que por tantos anos se mantiveram ocultas de todo o povo apostólico.