Tag Archives: Efigênia Joventino

Arrumando Novas Desculpas

18 dez

Mal denunciamos a transferências do restaurante e da lanchonete novamente adquiridas pelos apostólicos, com as suas ofertas, para a propriedade particular da conselheira Efigênia Joventino, ex-telefonista da igreja e ex-secretária do falso profeta Aldo Bertoni, e já começaram a bolar uma desculpa para dar ao povo durante a festa de final de ano que acontecerá na Sede da Igreja Apostólica na semana do Ano Novo.

Sabemos que o povo fanático, incauto e mal instruído acreditará em qualquer besteira que disserem do púlpito, mas vejam que as desculpas que estão ventilando entre o povo são as mais estúpidas possíveis! Quer ver algumas?

* * *

Desculpas Efigênia Joventino Restaurante

*

Wagner Rodrigues talvez seja um dos maiores hipócritas que conhecemos. Até bem pouco tempo atrás, falava horrores sobre Aldo Bertoni, e agora se apresenta como “apostólico fiel e sincero” ao falso profeta. Não entendemos como pode caber tanta falsidade em uma mesma pessoa. Só mesmo os apostólicos mais tontos do interior, que não conhecem seu passado, para caírem na lábia desse rapaz. Em breve, falaremos sobre o filho do também corrupto Clérizon Rodrigues. Mas veja que nessa postagem, Wagner já começa a articular desculpas para o povo do interior se acalmar frente às denúncias que estamos fazendo. Quer ver as mentiras de Wagner Rodrigues?

I. O ponto comercial realmente pertencia ao inventário do falecido Aldo Bertoni, que está sendo herdado por sua família, que nunca foram apostólicos. Mas por que Wagner não explica por qual motivo o ponto comercial, que já foi adquirido pela IGREJA APOSTÓLICA há muitos anos atrás, está em nome da família Bertoni e agora está tendo que ser comprado novamente?

II. Por qual motivo Wagner Rodrigues não informa ao povo apostólico o tamanho da pequena fortuna que está sendo paga à família Bertoni pelo ponto comercial QUE JÁ ERA DA IGREJA?

III. O imóvel sempre foi alugado, e o aluguel sempre foi pago pela igreja, com o dinheiro da minha e da sua oferta. Agora vai ser adquirido pela igreja por outra pequena fortuna. Por que Wagner Rodrigues também não informa ao povo apostólico por quanto aquele imóvel será adquirido e de QUEM está sendo adquirido?

IV. “Ficou em nome da Efigênia APENAS o ponto comercial”. Ora, que alegação mais absurda! O ponto comercial é o que existe de maior valor naquele local! E Wagner Rodrigues MENTE quando fala que “apenas o ponto comercial” foi dado de presente à farsante Efigênia Joventino. TODOS os equipamentos que existem lá, como balcões refrigerados, geladeiras, freezers, mesas, cadeiras, fogões industriais, fornos à gás e microondas, fatiadoras, enfim, TODOS OS EQUIPAMENTOS, foram comprados com dinheiro das nossas ofertas, e agora estão sendo graciosamente doados à “prestativa” Efigênia Joventino.

V. Wagner Rodrigues fala a verdade quando diz que o Estatuto da Igreja Apostólica não prevê a atividade de comércio de alimentos. É verdade. Mas o Estatuto permite que a igreja faça INVESTIMENTOS, e a igreja PODE SIM deter participação societária majoritária em empresa de comércio de alimentos na qualidade de sócia INVESTIDORA. Pergunte a qualquer contador, mesmo “mixuruca”, e ele lhe dirá isso! Se fizessem isso, todos os lucros seriam automaticamente de propriedade da IGREJA APOSTÓLICA, e não de EFIGÊNIA JOVENTINO, como é hoje.

* *

Canarinho01

*

Não se enganem, caros irmãos apostólicos que vão escutar essas desculpas esfarrapas durante a festa de Ano Novo. Não há justificativas para o que fizeram. O Conselho Deliberativo tinha também a opção de transferir a propriedade dessas duas empresas para o novíssimo “Instituto Apostólico“, sobre o qual também trataremos neste Blog, mas preferiram dar as empresas de presente para a corrupta ex-telefonista e ex-secretaria do farsante profeta. A intenção É SIM beneficiar a conselheira Efigênia Joventino, que passará a ser a dona legal de todo o lucro amealhado no Restaurante Canarinho e na Lanchonete Baguari, que pela segunda vez foram comprados com o dinheiro das ofertas de inúmeros irmãos apostólicos e pela segunda vez não serão beneficiados em absolutamente NADA.

Aliás, essa prática de “agradar” a alguns Conselheiros, para que continuem a esconder a verdade sobre Aldo Bertoni, está sendo observada também em outros casos, que em breve será exposta neste Blog.

Canarinho06

Vejam como o povo incauto, a exemplo desse irmão Eurico Rodrigues, já está caindo na lábia de pilantras como Wagner Rodrigues. Pobres apostólicos!

* * *

Mas graças a Deus, caros irmãos e amigos, muitos apostólicos que até outro dia nos condenavam veementemente, já estão percebendo que nunca mentimos aqui quando fizemos todas as denúncias de corrupção praticadas por Aldo Bertoni e seus aliados. Vejam:

Assessores07

Irmão Paulo Urany, lembre-se que ninguém subia em púlpito algum sem o conhecimento e a aprovação do falso santo Aldo Bertoni. Portanto, se eram corruptos, eram com o conhecimento e autorização dele.

“Vergonha de dizer que é da Igreja Apostólica”. Compartilhamos do seu sentimento, caro irmão Jessé Martinez. Nós também temos vergonha de dizer que um dia pertencemos à essa seita diabólica chamada Igreja Apostólica da Santa Vó Rosa.

* * *

Canarinho03

Caro irmão Fabinho Moura, permita-nos fazer apenas uma correção em vossa fala. Você diz que “nem tudo o que é informado aqui é mentira”. Engano seu! Tudo o que temos exposto aqui é VERDADE, e temos como provar. Pena que pessoas como você não queiram ver tais provas, e ainda estejam sob o julgo do trabalho maligno do diabólico Aldo Bertoni. Mas cremos que você vai ser liberto, assim como nós fomos, e conseguirá enxergar a verdade nítida e clara.

* * *

Fiquemos todos com Deus, em oração por esses pobres irmãos que são vítimas da enorme confusão causada pelo falso profeta Aldo Bertoni.

Boletim de 12/03/2015

12 mar

Aldo-IlmaraO Boletim desta semana diz que o apostólico que não se santificar, não obterá salvação. Mas Aldo Bertoni nunca procurou se santificar, pelo contrário, quem conhece sua vida particular sabe que sempre viveu em grande pecado. Na foto, o carrão do falso profeta encostado na porta da casa de sua amante Ilmara Bonato. O vídeo completo desse caso você pode assistir no Youtube, basta procurar pelo vídeo intitulado “O que Aldo Bertoni faz depois que sai da igreja?”

* * * * * * * * * * * * *

Caros irmãos e amigos, divulgamos o Boletim de mentiras da Igreja Apostólica desta semana. O objetivo destas postagens é refutarmos os ensinos e informações que sabemos serem mentirosos, com o intuito de dar oportunidade a todos os irmãos e amigos apostólicos que queiram deixar de ser manipulados e querem saber a verdade.

*

BOLETIM DE 12/03/2015 (clique aqui para baixar)

* * *

O primeiro ponto que nos chama atenção neste Boletim é o pedido para que os membros da igreja ajudem, com doações, a pessoas necessitadas no Estado do Acre. Como é do conhecimento de todos, aquele Estado tem enfrentado grandes tempestades, causando a cheia do Rio Acre, que corta a capital Rio Branco, além de outras cidades.

O interessante aqui é que o “santo conselho” pede para o povo ajudar, mas por que também não ajudam com dinheiro, como estão fazendo diversas outras igrejas?

Lembrem-se: todos os anos, na leitura do balanço de prestação de contas, não é tornado público que a Igreja Apostólica doa mais de 1 milhão de reais das nossas ofertas a título de “donativos a necessitados”? Para quem está indo esse dinheiro, se quando alguma filial, como a de Rio Branco, realmente precisa, não é enviado sequer 1 centavo para ajudar aqueles irmãos?

*

Balanço Igreja Apostólica 2011

Este é o resumo dos balanços dos anos de 2008, 2009 e 2010, que gravamos para que os apostólicos mais inteligentes pudessem verificar os números. A imagem pode ser ampliada clicando nela. Vejam a rubrica “donativos a necessitados”, onde gastaram quase 6 milhões de reais em 3 anos. Quem são esses “necessitados”? E esses irmãos do Acre, não são considerados necessitados, após muitos terem perdido praticamente tudo em suas casas após essa enchente?

* * *

Fazemos essas perguntas para que os apostólicos que nos lêem usem o cérebro que Deus lhes deu, e questionem! Se não há dinheiro para ajudar irmãos que perderam suas casas em enchentes, quem são os necessitados que anualmente recebem mais de 1 milhão de reais?

*

Igreja Apostólica - Acre

Lembram-se do rapazote do Acre, aquele obreiro que nos fez falsas acusações e é o criador do blog de enganados chamado “Avante Povo Apostólico”, o Mychael Douglas? Vejam que o rapaz tem boa vontade, e está coordenando a arrecadação e distribuição de mantimentos, roupas e outros produtos para alguns atingidos pela enchente. Veja que nessa postagem ele agradece aos apostólicos de Volta Redonda pelo envio de cestas básicas. Quantas cestas básicas enviou a direção da Igreja Apostólica? Nenhuma!

* * * * *

Igreja Apostólica - Acre

Nessa outra postagem, o rapaz tenta coordenar o transporte de doações, porque nem isso a Igreja Apostólica e seus dirigentes fazem pelo povo. Certamente a preocupação deles, nesse momento, é a queda momentânea da arrecadação de ofertas na congregação de Rio Branco. Conhecemos bem as pessoas de quem estamos falando.

* * * * *

Igreja Apostólica - Acre

Até o transporte dos produtos doados pelos apostólicos tiveram que tentar arrumar com o poder público, porque até isso a direção da Igreja Apostólica estava relutante em providenciar. O negócio dos cúmplices de Aldo Bertoni definitivamente não é ter despesas com o povo, querem apenas as ofertas quando tudo está bem!

* * * * *

Igreja Apostólica - Acre

Por fim, como não estavam conseguindo o transporte das doações de São Paulo para o Acre, Wagner Ormanji decidiu botar a mão no bolso. Mas conforme nos mostra o próprio jovem Mychael Douglas, providenciaram apenas o transporte! Nada de donativos para os apostólicos necessitados daquela congregação. Nada de doações de cestas básicas, colchões ou qualquer outro produto usando as ofertas arrecadadas por outras igrejas. Atitude muito diferente de outras igrejas com filiais no Acre.

* * *

Veja a matéria abaixo, feita por um jornal Acreano, sobre a ajuda que as igrejas deram aos atingidos pela cheia do Rio Acre. Vejam se aparece o nome da Igreja Apostólica, numa prova de que a “santa direção” pouco ou nada fez pelo Acre:

Igrejas doam ao Acre (clique no link ao lado)

– – – – – – –

O segundo ponto que queremos destacar, é a mensagem do batismo intitulada “A Importância do Batismo Para a Igreja Apostólica”. É uma verdadeira piada ler que Aldo Bertoni ensinava que os apostólicos deveriam se batizar, quando ele próprio NUNCA FOI BATIZADO.

Há alguns anos, respondendo a informação que postamos em nosso Blog, Aldo Bertoni mandou colocar no Boletim que era batizado na Igreja Presbiteriana, assim como o bispo Eurico e a missionária Odete, fundadores da Igreja Apostólica.

Só que é pura mentira. Para azar de Aldo Bertoni, as duas vertentes Presbiterianas existentes no Brasil, a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) e a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPIB), guardam os registros de batismos de seus membros desde que chegaram ao Brasil.

*

Aldo Bertoni, o pedágio até Jesus

Aldo Bertoni: ele próprio nunca se batizou em igreja alguma. Se duvida, por que não vai perguntar na Igreja Presbiteriana, onde ele dizia ter sido batizado? Nós fomos perguntar!

* *

Na Terceira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo, localizada no bairro do Brás, em São Paulo, encontramos os registros de batismos de Eurico Mattos Coutinho e de Odete Correa Coutinho. Mas não existe registro de nenhum Aldo Bertoni. Consultamos a direção nacional da IPIB, e também não há registro de batismo de nenhum Aldo Bertoni.

Na Igreja Presbiteriana do Brasil, a mesma resposta: não foi encontrado registro de batismo de nenhum Aldo Bertoni. Pediram que se fosse possível, para aprofundar a pesquisa, informarmos em qual igreja presbiteriana Aldo havia sido batizado.

Por três anos, entre 2010 e 2013, tentamos obter essa informação junto ao próprio Aldo Bertoni, haja vista que foi ele quem mandou colocar no Boletim que havia sido batizado naquela igreja. Nunca obtivemos resposta.

Mas é claro que ele não responderia, afinal, era só mais uma de suas mentiras para enganar o povo apostólico, que não pesquisa nada, engole facilmente tudo que a “santa direção” inventa!

– – – – – – – – –

Por fim, no texto intitulado “Sem Santidade Ninguém Verá a Deus”, queremos fazer uma pergunta ao João Stancey e aos demais membros do Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica: como vocês tem a cara de pau de escreverem isso sabendo que Aldo Bertoni nunca procurou se santificar?

Então vocês assumem que um homem que tinha mulheres fora do casamento, que tem dois filhos fora do casamento, que falava palavrões sem o menor pudor (perguntem à conselheira Efigênia!), que ficou milionário e deixou enorme herança aos seus familiares às custas das ofertas que nós e nossos familiares doamos por décadas para a Igreja Apostólica, pode ser considerado “santificado”?

Ou estão assumindo que Aldo Bertoni nunca tentou se santificar e neste momento arde no fogo do inferno?

Contem a verdade ao povo apostólico, caros Conselheiros! Senão ficará cada vez mais feio para vocês, tanto aqui na Terra quanto quando tiverem que acertar suas contas com Deus.

Na próxima semana, voltaremos analisando o próximo Boletim.

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 12/02/2015

12 fev

Caros irmãos e amigos, vejam o Boletim Interno Oficial da Igreja Apostólica desta semana. Discutiremos apenas um ponto, pois há muito que ser dito sobre esse tema.

* *

BOLETIM DE 12/02/2015 (clique aqui para acessar)

* * *

Como você deve saber, apesar de Aldo Bertoni estar morto há 9 meses e a atual direção da igreja estar no poder desde então, somente há algumas semanas os integrantes do Conselho Deliberativo conseguiram de fato colocar as mãos sobre as finanças da igreja. Até então, os “queridinhos” do Aldo Bertoni estavam controlando tudo. Neste Boletim, publicaram uma das primeiras medidas dessa nova administração, que é encerrar as contas correntes da Igreja Apostólica no Banco HSBC. Vejam:

* *

Destaque01-120215 - Boletim da Igreja Apostólica* *

À primeira vista parece um procedimento administrativo corriqueiro, mas não é bem assim.

Desde que começamos a descobrir as falcatruas praticadas por Aldo Bertoni, temos tentado investigar todas as suspeitas. Um fato que nos chamava atenção, eram essas duas contas correntes que a Igreja Apostólica mantinha no Banco HSBC.

Contas Correntes - Igreja Apostólica

A figura está cortada porque quando captamos esta imagem, o objetivo era demonstrar outra questão, mas antes de excluírem as contas do HSBC do site da igreja, você encontrava aí duas contas correntes nesse banco.

Quando começamos a investigar as falcatruas do Aldo Bertoni mais profundamente, algumas questões sobre essas contas nos chamaram a atenção:

1. Por que a igreja mantinha duas contas no mesmo banco?

2. Por que manter duas contas em um banco que possui relativamente poucas agências espalhadas pelo país, mas que possuía alto custo para manutenção de cada uma das contas?

3. Em todos os outros bancos onde a Igreja Apostólica mantém conta corrente, as agências de relacionamento ficam no Tatuapé, o bairro onde está instalada a Sede da igreja. Curiosamente, as duas agências do HSBC onde a igreja mantinha conta, ficam do outro lado da cidade, a mais próxima das duas agências dista mais de 20 quilômetros da Sede. Por quê, se no bairro do Tatuapé também existe agência do Banco HSBC?

Por um bom tempo, ficamos sem resposta para essas questões. Entretanto, por volta do ano de 2008, quando o Ministério Público passou a investigar Aldo Bertoni e o falso profeta percebeu que poderia ter problemas com a justiça, Aldo mandou alguns de seus funcionários destruírem uma enorme quantidade de documentos que estava arquivado no escritório da Sede.

Mas veja como Deus age para desmascarar os mentirosos: dois desses funcionários, indignados por verem tantas coisas erradas, conseguiram desviar e guardar alguns desses documentos, e recentemente nos enviaram um saco de documentos velhos, que ainda estamos analisando.

São documentos que saíram diretamente dos arquivos da sala de Hélio Viana da Rocha, que é o contador da igreja e sobrinho do próprio Aldo Bertoni. Como você deve saber, Hélio foi levado para o escritório da igreja por Aldo, e lá empossado como o segundo homem mais importante na administração da Igreja Apostólica, apesar de não ser apostólico, de não acreditar em nada do que acreditam os apostólicos.

Hélio sempre foi o braço direito de Aldo Bertoni, com direito a procuração para movimentar todas as contas da igreja e tudo mais. Como Aldo Bertoni era semi-analfabeto, quem cuidava de sua vida financeira era seu sobrinho querido, Hélio Viana da Rocha. A preocupação de Aldo era apenas torrar o dinheiro, enquanto Hélio cuidava da parte burocrática.

Pois bem: as agências do HSBC onde a Igreja Apostólica mantinha conta corrente até há algumas semanas atrás eram as de número 0911 e 0337. A Agência 0911 fica localizada na Avenida Brigadeiro Faria Lima nº 2018, no riquíssimo bairro paulistano do Itaim Bibi, localizado há quase 20 quilômetros da Sede da Igreja Apostólica. Trata-se de um bairro que fica no meio do caminho entre a Sede da igreja e o bairro do Butantã, onde Aldo morou por muitos anos, até ser assaltado quando chegava em casa, no ano de 2001.

A agência 0337 fica na Av. Dr. Vital Brasil nº 214, no bairro do Butantã, bem próxima da antiga casa do falso profeta Aldo Bertoni. Portanto, fica há quase 30 quilômetros da Sede da Igreja Apostólica.

Por qual motivo a igreja deveria ter contas em agências tão distantes, quando possui agências do mesmo banco no mesmo bairro onde está sua Sede?

A resposta para essa pergunta veio na forma de alguns documentos que encontramos no meio da papelada que nos foi entregue.

Trata-se das mesmas agências onde Aldo Bertoni mantinha suas contas pessoais.

Desde que se tornou diretor da igreja, em 1978, Aldo Bertoni nunca mais precisou trabalhar. Não fazia absolutamente NADA, pois tinha funcionários para tudo. Até mesmo para resolver problemas corriqueiros com sua conta pessoal, não ia ao banco, apenas reclamava para seu sobrinho, Hélio, que elaborava um documento, Aldo assinava e o documento era entregue no banco pelo “boy de luxo” dos dois, o nosso conhecido escritor de Boletins, o “Robertinho”.

Veja os documentos abaixo:

*

Contas HSBC – Aldo Bertoni (clique para acessar)

 * *

Ao invés de trabalharem para a igreja, quando vemos tais documentos percebemos que Aldo, Hélio e sua corja estavam confortavelmente instalados nos escritórios da igreja para administrar suas vidas pessoais. Contratavam alguns poucos coitados para tomar conta das coisas da igreja, e todo o restante era direcionado para administrar suas atividades particulares. E tudo financiado com a nossa oferta! É enorme a quantidade de documentos pessoais e particulares que estavam arquivados na igreja, apesar de não terem nenhuma relação com nenhum tipo de atividade religiosa.

No documento acima você viu que um dos pedidos do falso profeta Aldo Bertoni era para que sua gerente transferisse um saldo para a conta de sua esposa, Dulce Aparecida Bertoni, que possuía conta na mesma agência. O que nos deixou perplexos foi o documento abaixo, que também estava no conjunto que nos foi entregue:

*

Conta HSBC Amante do Aldo BertoniClique aqui para baixar este documento

* * *

Vejam só que caras de pau! Na agência 0337, Aldo Bertoni mantinha a conta de sua esposa oficial, Dulce Bertoni. Na agência 0911, mantinha a conta de sua amante Maria Angela Bavaresco. E nas duas agências, mantinha contas em nome da Igreja Apostólica, que agora foram encerradas pela nova direção da igreja, além de suas próprias contas pessoais. E TUDO ISSO ERA ADMINISTRADO DE DENTRO DO ESCRITÓRIO DA SEDE DA IGREJA APOSTÓLICA, pelo seu sobrinho e contador Hélio Viana da Rocha.

* * Aldo Bertoni e sua amante Maria Angela BavarescoAldo Bertoni e sua amante Maria Angela Bavaresco, mãe de sua filha Brune Bertoni, que recém descobrimos: até as contas pessoais dela eram administradas de dentro dos escritórios da Sede da Igreja Apostólica. É para isso que dávamos ofertas?

* * *

No meio da papelada também encontramos um extrato bancário do Aldo Bertoni, referente à sua movimentação no Banco HSBC no mês de novembro de 2002.

Você se lembra o que estava acontecendo na Igreja Apostólica nesse período? Sim, a igreja estava em “profunda crise financeira”, conforme vinham nos boletins. Todas as semanas vinham exortações para que os apostólicos ofertassem cada vez mais, pois o dinheiro doado não estava sendo suficiente para manter a igreja! Lembram-se disso?

Nessa época, estávamos no campo, pregando para os irmãos do interior. Nos lembramos que por umas três ocasiões, veio a ordem da Sede para que as ofertas daqueles finais de semana fossem depositadas preferencialmente nas contas do Banco HSBC. Cegos como éramos, só obedecíamos sem questionar. Hoje começamos a entender o motivo dessas ordens.

Mas vejam que para Aldo Bertoni não existia crise financeira. Crise, só para a igreja!

* *

EXTRATO HSBC – ALDO BERTONI – NOVEMBRO/2002

(clique para baixar – arquivo pesado – 4 Mb)

* * *

Sobre o conteúdo desse extrato, é necessário fazermos as seguintes observações:

1. Esta não era a única conta pessoal do Aldo Bertoni, era uma delas. Aldo possuía contas pessoais em vários outros bancos, como você mesmo pôde ver na Declaração de Imposto de Renda dele que já divulgamos aqui, mas usava essa conta do HSBC para a “ostentação”, pois não pegava bem um milionário como ele ficar circulando por aí com cartões dos “populares” Bradesco, Itaú, Caixa ou Banco do Brasil. Quem entende do mercado bancário, sabe que o HSBC é um banco para a população de mais alta renda, para empresários e suas empresas. E Aldo Bertoni era cliente HSBC Premier, segmento de conta voltado para clientes de altíssima renda.

2. Lendo o extrato, também podemos depreender que Aldo Bertoni era, no mínimo, muito BURRO. Vejam que mesmo tendo mais de 75 mil reais na poupança, devia mais de 21 mil reais no cheque especial. Considerando que nessa época a taxa de cheque especial girava em torno de 10% ao mês, significa dizer que Aldo Bertoni estava pagando ao banco cerca de 2 mil reais de juros, sem necessidade, pois tinha muito mais dinheiro parado na poupança, que não paga nem 1% ao mês. Ou talvez Aldo Bertoni não fosse burro, talvez fizesse isso porque o dinheiro caía tão fácil em suas mãos, que estava pouco se importando onde era gasto.

3. Vejam que Aldo Bertoni, o “HUMILDE” profeta, era bem quisto no Banco HSBC. Tinha R$ 60.900,00 de limite no cheque especial e mais R$ 20.000,00 de limite nos cartões de crédito American Express Gold, Mastercard Premier e Visa Gold. Para conseguir tais limites, certamente apresentou comprovantes de renda muito superiores àquele comprovante salarial de R$ 12 mil que já publicamos neste Blog. Vejam que estamos falando de um extrato bancário de 13 anos atrás!

4. Na página 5 do Extrato, veja que Aldo Bertoni, aquele que mandava eu e você confiar e orar para ele próprio para sermos protegidos do mal, pagava dois seguros residenciais. Ou seja, ele próprio não confiava na tal “segurança dos céus”, mas mandava eu e você confiar!

5. Você notará que não há pagamentos de outras contas pessoais lançadas nesse extrato. É claro que isso não ocorria, POIS TODAS AS DESPESAS PESSOAIS DE ALDO BERTONI E SUA FAMÍLIA, ERAM PAGAS DIRETAMENTE PELA TESOURARIA DA IGREJA APOSTÓLICA.

Sabe o que é mais revoltante, caros amigos e irmãos apostólicos?

Nessa época nós, pastores e pregadores, estávamos empenhados em “salvar” a igreja da falência. Fazíamos insistentes apelos, às vezes passávamos mais de meia hora da reunião tentando explicar a péssima situação financeira da igreja, tentávamos enfiar a famigerada “Campanha da Recomposição do Caixa da Igreja” goela abaixo de todos os irmãos apostólicos das congregações por onde passávamos, por ordem e orientação do Aldo Bertoni e da Efigênia Joventino. Enquanto isso, o vagabundo estava “doando juros” para o Banco HSBC, como você mesmo pôde ver neste extrato.

Abandonávamos nossas famílias em quase todos os finais de semana, para ir pregar voluntariamente, com a única finalidade de abastecer o caixa de um bando de vagabundos em São Paulo.

Não é motivo para se revoltar?

Em breve, divulgaremos novos “achados” entre os documentos que recebemos.

Fiquemos todos com Deus.

Os Sustentáculos da Farsa Apostólica – Parte 3

26 jan

José Roberto RozaniJosé Roberto Rozani, o “Robertinho”.

Você sabia que ele é um dos dois que escrevem os “santos Boletins”, que você ACHA ser palavra de Deus “fresquinha”?

* * *

Entre os anos de 2011 e 2012 iniciamos a publicação de uma série de postagens a respeito de quem eram as pessoas mais importantes, os pilares centrais, na manutenção da farsa sobre o falso profeta e abusador sexual Aldo Bertoni. Na Parte 01, você pôde conhecer melhor Efigênia Joventino, secretária do falecido Aldo e, hoje, a Segunda Secretaria da Igreja Apostólica. Na Parte 02 você pôde conhecer melhor o sobrinho do Aldo Bertoni, contador e administrador da igreja que quase todos os apostólicos nunca conheceram, lá colocado pelo próprio Aldo, pois dizia ser a única pessoa em quem tinha confiança para administrar os recursos da igreja. Relembre estas matérias, clicando nos links abaixo:

* *

Os Sustentáculos da Farsa Apostólica – Parte 1

Os Sustentáculos da Farsa Apostólica – Parte 2

* * *

Pois bem, agora você poderá conhecer outra peça fundamental na manutenção dessa farsa. Trata-se de José Roberto Rozani, mais conhecido na Sede como “Robertinho”.

* *

Leitura do Balanço 2011 - Igreja ApostólicaRobertinho nunca abandona o chefão Hélio Viana!

Foto tirada durante a leitura do balanço financeiro fraudulento de 2011

* * *

Robertinho é assistente administrativo na Igreja Apostólica desde 1986, onde ingressou quando tinha por volta de 27 anos de idade. A família do rapaz era de Votuporanga (SP), e Aldo Bertoni prometeu emprego de motorista ao pai do Robertinho, conhecido como “seu Julinho”. Acontece que quando a família chegou a São Paulo, o cargo de motorista já estava ocupado pelo João Marcos Antônio de Campos, hoje genro do atual Conselheiro Administrativo, João Stancey, o nosso outro escritor de Boletins.

Quando o pai de Robertinho chegou a São Paulo e viu que não teria o emprego, arrumou a maior briga com João Marcos, o ocupante de sua prometida vaga. Para remediar a situação, Aldo Bertoni ofereceu uma vaga de assistente administrativo no escritório da Sede ao seu filho, o Robertinho, o que foi aceito pela família.

* *

RobertoemBuenos Aires2Robertinho passeando por Buenos Aires

* * *

No início, Robertinho fazia de tudo no escritório, mas com o tempo foi se tornando um tipo de “secretário” do Hélio Viana da Rocha, que por ordem do seu tio Aldo Bertoni, havia assumido a contabilidade da igreja no lugar do hoje Conselheiro Contábil, Carlos Alberto Trevisan. Formado em Letras, naquela época era um dos funcionários mais “letrados” do escritório, e caiu nas graças de Hélio quando mostrou que não se importava com as sacanagens praticadas por Aldo Bertoni, e se dispôs a ajudá-los em troca de benefícios financeiros.

E Robertinho foi muito bem recompensado pelo seu trabalho. Mora em confortável apartamento no bairro do Tatuapé, que lhe foi dado por Aldo Bertoni, com recursos da igreja, claro. Há cerca de 12 anos atrás, ganhou uma belíssima EcoSport zero quilômetro do “santo profeta”. Mesmo sendo um mero assistente administrativo de uma igreja pobre e falida, já viajou o mundo inteiro, como você pode ver nas fotos ao longo deste post, e possui hobbies refinadíssimos, como colecionar obras de arte e quadros comprados até em leilões internacionais, além de também colecionar relógios da marca Rolex. Os apostólicos que já foram ao apartamento dele, sabem do que estamos falando.

* *

RobertoemFortalezaRobertinho na cabine do avião, indo para Fortaleza

* * *

Segundo denúncia oferecida ao Ministério Público, que tivemos acesso, Robertinho era o responsável por “enquadrar” toda a contabilidade do Hélio Viana às despesas do “santo profeta”. Por exemplo:

– Quando Aldo Bertoni pagava as “mesadas” mensais e regulares às suas amantes Edith Gonçalves e Maria Angela Bavaresco, com cheques da igreja, Robertinho era o responsável por classificar essa despesa como “donativos a necessitados”. Todas as outras despesas particulares de Aldo e sua família, também eram classificadas por Robertinho dentre as contas apresentadas no balanço fraudulento, que sempre ouvimos nas Assembleias de prestação de contas da igreja, por tantos anos.

Ele era o responsável por todas as classificações contábeis do balanço. Hélio apenas assinava.

Por sua formação em Letras, Robertinho também era o revisor do “santo” Boletim, escrito por João Stancey. Nos últimos anos, quando Stancey viajava para pregar ou resolver algum assunto da igreja, era ele sozinho quem escrevia o Boletim.

* *

robertoemPompeia-ItaliaRobertinho em Pompéia, na Itália

* * *

Robertinho também é muito conhecido na agência do Bradesco onde a Igreja Apostólica mantém conta. Por ordem de Hélio Viana, quase todos os dias Robertinho ia ao Bradesco, com os seguranças da igreja, sacar altos valores, de 10 a 20 mil por dia, e entregava a Hélio e Efigênia, que depois repassava para o próprio Aldo. Vários funcionários do escritório da igreja são testemunhas disso.

Robertinho é homossexual assumido. Já namorou diversos homens, entre eles alguns apostólicos. Seu mais conhecido caso é o atual maestro da OFIA (Orquestra Filarmônica da Igreja Apostólica), Aldo Duarte, o filho do pastor “Zé do Café”, de Aquidauana (MS). Por seu relacionamento com Robertinho, Aldo Duarte também foi contratado por Aldo Bertoni para trabalhar no escritório da igreja.

Em 2005, Robertinho e Aldo Duarte viajaram juntos para Paris, com tudo pago pela Igreja Apostólica. Ou seja, eu e você, fiéis apostólicos, é que pagamos a viagem do “casal”. Temos testemunhas que VIRAM a farsante Efigênia Joventino, hoje empossada na direção da igreja, entregar um maço de notas de Euros para Robertinho poder viajar com seu namorado.

* *

AldoDuarte03Aldo Duarte, o ex-namorado de Robertinho, e atual regente da OFIA

* * *

O mais engraçado é que tentaram esconder isso, como se as pessoas fossem cegas e burras. Na extinta rede social Orkut, quando você entrava no perfil de Robertinho, via fotos dele sozinho em determinados pontos turísticos de Paris. Quando entrava no perfil de Aldo Duarte, também o via sozinho em várias fotos, tiradas EXATAMENTE nos mesmos lugares onde Robertinho havia sido fotografado.

Algum tempo depois dessa viagem, os dois brigaram, se separaram, e Aldo Duarte foi morar com uma coralista da Sede conhecida como Tica.

Também temos duas testemunhas que presenciaram Robertinho, em dois anos diferentes, participando da “Parada Gay”, que é realizada todos os anos em São Paulo. Uma delas, uma ex-coralista da Sede, nos conta que estava trabalhando em uma loja na Avenida Paulista, em um domingo em que aconteceu o evento, e o viu passar com “três colegas” no meio da multidão de homossexuais e simpatizantes. Nossa outra testemunha, um ex-diácono da Sede, estava voltando da igreja num domingo à noite em que acontecia a Parada Gay, quando cruzou com Robertinho na Estação República do metrô de São Paulo, ponto final da parada, acompanhado de vários colegas vestidos “a caráter” para a marcha.

Não temos nada contra a Parada Gay, acreditamos que todos tem o direito de se manifestarem da forma que bem entenderem, faz parte do livre arbítrio que nos foi dado por Deus e da Constituição Federal, mas lembramos que com grande frequência, símbolos cristãos são zombados nesta Parada.

* *

robertonovaticanoRobertinho, no Vaticano. Enquanto a maioria dos contribuintes apostólicos nunca saiu do Brasil, o assistente administrativo da igreja já percorreu o mundo!

* * *

Robertinho participava da Parada Gay no domingo, e na quarta-feira escrevia o “santo Boletim” para nós, que acreditávamos ser “palavra de Deus”. Essa seita diabólica é ou não é o fim do mundo?

Queremos ressaltar que de forma alguma estamos discriminando os rapazes por sua orientação sexual. Pensamos que cada um tem sua vida e que faça dela o que bem entender. Nossa crítica é em relação à corrupção praticada por Robertinho, pois ele sempre soube qual era a origem do dinheiro que recebia, e nunca se opôs ou discordou das safadezas praticadas por Aldo Bertoni e seu sobrinho Hélio Viana da Rocha. Se fosse pessoa honesta, no mínimo recusaria se esbaldar em tanto luxo, proveniente das ofertas de tantas pessoas pobres e humildes, sobretudo do interior.

Portanto, nossa crítica é feita em função de sua falta de caráter, e não em função de sua opção sexual.

* *

RobertoemBuenosAiresRobertinho, ainda em Buenos Aires

* * *

Caros amigos e irmãos apostólicos, é nesse tipo de gente que você anda depositando sua fé cega. Todos eles também defendem Aldo Bertoni, mesmo sabendo de toda a sujeira do falso profeta. Foram colocados em seus cargos justamente por Aldo. É são os responsáveis por alimentar em você um fanatismo horrendo em torno de um ser corrupto como Aldo Bertoni.

Será que mesmo com tudo isso tão exposto, você não consegue perceber a farsa da qual fomos vítimas? Tudo bem que a maioria sempre esteve suficientemente longe da Sede para poder saber de tudo isso, mas há anos temos exposto todos esses fatos! Que “macumba” tão forte é essa, lançada sobre vocês, caros irmãos apostólicos que ainda acreditam na farsa do Aldo Bertoni?

Nossa oração é para que Jesus os ajude a serem libertos dessa “macumba” tão bem feita por Aldo Bertoni.

Na quarta e última parte dessa série de postagens, você conhecerá a quarta coluna que sustenta toda a mentira a respeito do falso profeta e bandido Aldo Bertoni. Não perca!

Fiquemos todos com Deus.

O Motivo da Briga

10 dez

Nilson Cairolli e Orlando ArantesNilson Cairolli, Primeiro Secretário da Igreja Apostólica (à esquerda) e Orlando Arantes, Conselheiro Financeiro da Igreja Apostólica (à direita): saíram nos tapas dentro da Sede, no mês passado, com a presença de várias testemunhas oculares. Conheça o motivo!

* * *

Todos os apostólicos que procuram saber o que ocorre em sua igreja, já estão sabendo deste fato escandaloso e infeliz, principalmente graças à internet, que permite à informação fluir muito mais rápido.

Em meados do mês passado, os membros do Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica Orlando Arantes Marques e Nilson Bittencourt Cairolli, saíram nos tapas dentro da sede da igreja, em São Paulo.

Na gravação da reunião do dia 26/11/2014, Solyom, o presidente da igreja, nega que tenha havido a briga simplesmente porque ele não a viu, pois não estava presente na hora do ocorrido, e por isso diz que é fofoca. Porém, diversas testemunhas, entre elas alguns empregados da igreja e os porteiros que cuidavam da portaria da Sede naquele dia, nos confirmam que ela de fato ocorreu.

Qual o motivo da briga? É esta carta, redigida pelos advogados do Aldo Bertoni e assinada por ele próprio, em 2012:

*

Carta Orlando Arantes - Aldo BertoniEste documento foi extraído do processo judicial movido pelo Conselheiro Financeiro da Igreja Apostólica, Orlando Arantes Marques, contra a própria Igreja Apostólica. O processo está em andamento, sem previsão de conclusão. A briga nos tribunais promete ser longa.

* * *

Para o caso de você não conseguir ler o documento, que foi obtido como uma fotografia dessa página do processo, transcreveremos o texto assinado por Aldo Bertoni e seus advogados:

*

– – – – – – – – – – – – – – – – –

São Paulo, 1º de Agosto de 2012

À Igreja Apostólica e ao Povo Apostólico

Tendo em vista as dificuldades criadas à minha pessoa e à Igreja Apostólica pelos inimigos de nossa fé, alguns dos quais dissimulados debaixo do nosso teto, bem como os graves problemas de saúde que me acometem e, ainda, a vaga nas funções de Diretor Presidente e de Diretora Chefe deixadas com o falecimento do Bispo Eurico Mattos Coutinho e da Missionária Odete Corrêa Coutinho, chamo e nomeio, na condição de representante e único sucessor e herdeiro da Santa Vó Rosa, o Espírito Santo Consolador, os membros Orlando Arantes Marques, Efigênia Joventino e Wagner Ormanji, todos idôneos, da mesma fé, e espiritualmente preparados conforme a doutrina, para exercerem, em caso de vaga na função de Diretor Superintendente Geral atualmente ocupada por este Primaz que subscreve, seja por falecimento ou impedimento decorrente de doença, agravamento de saúde ou, ainda, de problemas de outra ordem, as funções, respectivamente, de Diretor Superintendente Geral, de Diretora Presidente e de Diretor Chefe da Igreja, os quais deverão prosseguir na preservação da nossa Igreja, da nossa doutrina, do nosso estatuto e de nossa grande e verdadeira família apostólica.

Assinam:

Aldo Bertoni – Primaz

Sérgio Gomes Ayala – Advogado OAB/SP nº 122.661

Odair Mariano Martinez A. Oliveira – Advogado OAB/SP nº 82.941

– – – – – – – – – – – – – – –

* *

Cópias desse documento foram entregues a Orlando Arantes, Efigênia Joventino e Wagner Ormanji, que já em 2012 sabiam de todas essas condições sobre Aldo Bertoni, mas não contaram nada ao povo apostólico. Quando Aldo faleceu, no mês de Maio passado, Efigênia e Wagner concordaram em rasgá-la e partirem para um novo estatuto, pois Wagner já havia identificado que o antigo estatuto da Igreja Apostólica estava ilegal, pois continha vários Artigos que são contrários ao previsto no novo Código Civil vigente no país desde 2002. Se tentassem continuar com o antigo Estatuto, a justiça não permitiria, e foi o que de fato aconteceu.

Mas Orlando Arantes não concordou em rasgar a carta. Queria, e ainda quer, ocupar o cargo que o próprio Aldo Bertoni lhe designou, o de Diretor Superintendente. De acordo com esse documento redigido pelos advogados do Aldo e assinado pelo próprio, Orlando ocuparia a vaga do Aldo Bertoni, Efigênia ficaria com a vaga que foi do Bispo Eurico, e Wagner Ormanji ocuparia a vaga da Missionária Odete.

É necessário que recapitulemos vários fatos ocorridos naquele ano de 2012, para que você entenda em que contexto esta carta foi escrita.

Como você deve se recordar bem, a primeira audiência de julgamento do Aldo Bertoni ocorreu em 27/02/2012. Essa primeira audiência ocorreu para que as testemunhas de acusação fossem ouvidas. Já nessa audiência, Aldo e seus advogados tiveram a certeza de que a condenação estava líquida e certa. A partir daí, talvez pela apreensão de ser preso e voltar a aparecer na TV, a saúde do Aldo Bertoni passou a se deteriorar rapidamente.

A segunda audiência, onde seriam ouvidas as testemunhas de defesa (um monte de fanáticos que não sabiam nada sobre a vida particular do falso profeta), ocorreu em 03/06/2012. A terceira audiência, onde o réu criminoso Aldo Bertoni seria ouvido, ocorreu em 03/07/2012. Só que Aldo não apareceu em seu próprio julgamento. Mandou seus advogados entregarem um atestado médico informando que ele não possuía condições físicas e nem mentais de prestar depoimento algum.

Relembre alguns desses fatos clicando nos links abaixo:

*

CHEGOU O DIA

ONDE ESTÁ O PROFETA?

A ESTRATÉGIA DO PROFETA FUJÃO

* * *

Desde então, foram marcadas seguidas audiências, e em todas elas foram apresentandos atestados médicos alegando precária saúde do réu. Sem ouvir o réu, a juíza não podia dar a sentença, que seria facilmente anulável em instâncias superiores, sob a alegação de cerceamento de defesa. E assim foi até que Aldo morreu. Aliás, quando morreu, havia uma ordem da juíza para que o hospital informasse quando ele estivesse melhor, pois seria ouvido no próprio hospital.

A carta do Aldo Bertoni é datada de 1º de Agosto de 2012, portanto, quase um mês após a terceira audiência. Naquele momento, Aldo e seus próprios familiares, acreditavam que ele seria condenado a prisão domiciliar, em sua própria casa, devido à idade. Os advogados do Aldo, já achavam que ele não duraria muito, devido ao debilitado estado de saúde. Então, a Igreja Apostólica ficaria sem comando de qualquer forma, por morte, agravamento da doença ou prisão do falso profeta.

A orientação dos advogados foi para que ao menos se resolvesse a questão jurídica do comando da igreja. A ordem do profeta bandido era que o controle continuasse nas mãos da família, mas não poderia indicar ninguém da família, pois nenhum deles era apostólico. A solução foi indicar três pessoas que pudessem garantir a continuidade do comando dos Bertonis sobre as finanças da igreja.

Orlando Arantes sempre foi fanático de forma até doentia, então era o homem certo para ficar sob o comando do sobrinho-contador Hélio Viana da Rocha. Efigênia Joventino, corrupta aliada incondicional do bandidão Aldo, também era comandada por Hélio. Mas quem cuidaria da “doutrina”? Tinha que ser alguém que acreditava em todas as tolices apostólicas. Então escolheram alguém que era suficientemente fanático e era “bom de microfone”, para o cargo que havia pertencido à Missionária Odete, cuja função era unicamente cuidar da “parte espiritual” da igreja, não se envolvendo na parte administrativa e financeira.

Os advogados que assinam junto com Aldo Bertoni, e são suas testemunhas legais, são o Dr. Odair Mariano Martinez A. Oliveira, que foi contratado por Aldo Bertoni desde o início do processo impetrado pelo Ministério Público pelos abusos sexuais, e o Dr. Sérgio Gomes Ayala, que substituiu o Dr. Arlindo Duarte Mendes, advogado originalmente contratado junto com o Dr. Odair, mas que teve de se afastar para tratar de um câncer. O Dr. Arlindo veio a falecer algum tempo depois.

Este foi o contexto em que esta carta foi assinada por Aldo Bertoni, nomeando diretamente seus “sucessores”. Enquanto isso, o povo tolo e fanático, principalmente do interior, continuava bradando que Aldo Bertoni estava com ótima saúde e que nunca morreria, mas arrebataria a igreja junto com ele. Quando noticiávamos que Aldo estava doente, diziam que estávamos mentindo. Vários pastores juravam de púlpito que Aldo Bertoni estava muito bem de saúde, e que tais notícias não passavam de mentiras dos “rebeldes”. Pobres tolos inocentes!

Nossa opinião sobre o que vai acontecer? Esse processo movido por Orlando Arantes não dará em nada, pois além do antigo Estatuto ser ilegal, o novo Código Civil deixa claro que a instância máxima numa Associação, como é o caso das igrejas, é a Assembleia Geral. E no caso da Igreja Apostólica, a Assembleia Geral votou por um novo Estatuto. Então, nada vale aquela carta do Aldo Bertoni.

Orlando Arantes, herdeiro legítimo do cargo ocupado por Aldo Bertoni, por decisão do próprio falso profeta, provavelmente será expulso do Conselho Deliberativo. Fanático como é, possivelmente continuará pregando mentiras para os fanáticos do interior, e mediante um bom prêmio em dinheiro pelos “bons serviços prestados” durante anos, se calará para não criar ainda mais polêmicas.

*

Blog Avante Apostolico - 04/07/2012Enquanto isso, os bobocas do interior, aliados a pastores pregadores de mentiras, autênticos servos de satanás, anunciavam mentiras ao Povo Apostólico. Veja esse anúncio: diziam que Aldo estava com uma simples gripe. E agora, será que viram como estavam errados, ou continuam cegos, afogados em seu fanatismo religioso? (clique na imagem para ampliá-la)

* * *

E os fanáticos? Continuarão idolatrando o bandido morto e cantando aquele monte de mentiras como se ele fosse o próprio Jesus Cristo.

Que Deus perdoe nossos pobres e fanáticos irmãos apostólicos, e os ajude a enxergarem a verdade e a se libertarem do fanatismo religioso, que tanto os cega e permite que eles continuem sendo escravos de corruptos religiosos.

Fiquemos todos com Deus.

Boletim de 18/09/2014

18 set

Mais uma contradição da Igreja Apostólica

Mais uma contradição da Igreja Apostólica que nenhum apostólico sabe explicar: se os Boletins são fonte de doutrina, por que o conjunto de todos os Boletins antigos não estão disponíveis para consulta do povo apostólico? Leia a resposta no texto abaixo.

* * *

Caros irmãos e amigos, divulgamos o Boletim Interno Oficial da Igreja Apostólica desta semana, de autoria dos farsantes João Stancey e José Roberto Rozani.

*

BOLETIM DE 18/09/2014

* * *

São pessoas que sabem de toda a farsa sobre Aldo Bertoni, e mesmo assim continuam mentindo para você. Portanto, são pessoas que não merecem nosso respeito.

Como sempre, nada novo, apenas palavras bonitas escritas com objetivos escusos, escritas por pessoas hipócritas, cujo único interesse é amealhar a sua oferta para continuarem no conforto em que vivem.

O texto é tão repetitivo, que se o explorarmos novamente, nossa postagem também se tornará repetitiva.

Talvez o único destaque que possamos fazer sobre este Boletim seja o tema intitulado Os Ensinos de Jesus e da Santa Vó Rosa são a garantia da felicidade e da vitória do povo apostólico. Vejam que nesse texto, afirmam o seguinte:

“Através dos Boletins Internos de nossa igreja, publicados semanalmente, o santo irmão Aldo nos deixou ensinos preciosos…”.

Ocorre que os Boletins antigos não estão disponíveis para consulta de nenhum apostólico. Ora, como uma publicação pode ser fonte de consulta de ensinos, se ninguém tem acesso à ela?

*

Mas sabe porque isso acontece? É para que você, fiel apostólico, possa ser manipulado com mais facilidade. Como ninguém tem acesso aos supostos ensinos de Aldo Bertoni, tais ensinos podem ser modificados ao sabor das novas ideias dos corruptos da Sede. Também serve para mascarar as contradições existentes na falsa doutrina apostólica.

*

Quer um exemplo? Lembra-se de um determinado Boletim, em que Aldo Bertoni proíbe totalmente que fosse divulgado qualquer material na internet à respeito da Igreja Apostólica, que não fosse através do site da própria igreja? Aldo deu essa ordem porque não lhe interessava ser conhecido pela sociedade, sempre morreu de medo, por exemplo, da imprensa. Mas foi só o homem ficar doente, deram um jeito de sumir com esse Boletim, e a ordem do falso profeta foi esquecida.

Outro exemplo é aquele Boletim em que Aldo Bertoni ordena aos fiéis apostólicos que REPUDIEM E SE AFASTEM DE QUALQUER PESSOA QUE “FALAR MAL” DELE, MESMO QUE SEJAM FAMILIARES OU AMIGOS ÍNTIMOS. Se alguém conseguir resgatar os Boletins antigos, achará essa ordem. É de uma hipocrisia brutal ler nos Boletins atuais que os “apostólicos devem ser amorosos com todos”, quando o próprio profeta diabólico ordenou a divisão familiar e entre amigos simplesmente por estes ousarem dizer a verdade sobre ele.

Que Deus possa abrir os olhos de nossos pobres e cegos irmãos apostólicos.

Fiquemos todos com Deus.

Os Eleitos: A Segunda Secretária

9 set

Efigênia JoventinoEfigênia Joventino

Segunda Secretária da Igreja Apostólica

* * *

Agora começamos a falar sobre a banda podre do Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica. Se existisse um ranking enumerando quem está mais envolvido com a corrupção e a mentira na Igreja Apostólica, Efigênia estaria entre as primeiras pessoas desta escala.

Efigênia sempre fez parte do tripé que sustentou os crimes do Aldo Bertoni. Efigênia sabe de tudo, tudo e mais um pouco, sobre o que Aldo aprontava: sabe sobre suas amantes, sabe que ele se aproveitava sexualmente de fieis inocentes, sabe que ele financiava as drogas do filho Alex com dinheiro das ofertas, sabe que as lanchonetes Canarinho e Baguari eram utilizados para desviar recursos da igreja. Enfim, podemos dizer que Efigênia Joventino é uma das mais fiéis cúmplices do criminoso Aldo Bertoni.

Ela também é a responsável pela “onisciência” do falso profeta. Por ser uma “leva e trás” profissional, e por passar boa parte do seu tempo atendendo telefonemas das congregações do interior, Efigênia montou um poderoso sistema de informações que lhe permitia saber sobre quase tudo o que acontecia com as famílias apostólicas.

Um de nossos irmãos, quando descobriu a verdade sobre Aldo, foi tentar falar com ela e obter mais explicações. Sabem o que ela fez? Simplesmente o ignorou, era como se ele falasse com o vento. Nosso irmão, ficando nervoso e indignado pelo tratamento recebido, pressionou-a contra a parede, e então ela se manifestou, chorando, admitindo ser tudo verdade, mas que ela não tinha outra opção pois dizia também ser ameaçada pelo Aldo.

Vocês acreditariam nessa história? Nós também fomos ameaçados por Aldo Bertoni e seus capangas, e nem por isso passamos a apoiá-lo em seus crimes contra o povo apostólico. Isso não passa de conversa para tentar justificar sua falta de ética, seu mau caráter. Quem é honesto, sempre será independentemente da situação em que vive.

*

Efigênia Joventino TranstornadaLembra-se desse flagrante? Refresque sua memória clicando no link abaixo:

A Face do Transtorno

* * *

Há muitos anos Efigênia sequer assistia às reuniões junto com o povo. Normalmente ficava trancada com Aldo Bertoni em sua sala enquanto acontecia a reunião, e só saia de lá para dar algum recado ao pastor. O que faziam juntos? Possivelmente trocando informações sobre acontecimentos no interior, para Aldo poder dar suas “profetadas”.

Isso nos faz lembrar de um caso: há alguns anos a congregação de Americana (SP) passou por uma grande reforma. Entre os detalhes da obra, houve até a mudança de local onde o púlpito estava instalado. Nós vimos quando um dos irmãos membro de Americana chegou e contou para Efigênia como estava ficando a igreja. Ela ouviu atentamente, e entrou para dentro da sala.

Ao final da reunião, Aldo Bertoni saiu na porta que dá acesso ao escritório da igreja. Então o irmão responsável pela obra entrou na fila para cumprimentá-lo, e quando chegou sua vez, antes de dizer qualquer coisa, Aldo lhe disse que a “vó” tinha lhe mostrado como estava ficando a igreja e teve a cara de pau de elogiar a mudança do púlpito de lugar! O pobre irmão ficou maravilhado, espantado, com a suposta “onisciência” do Aldo Bertoni.

Logo depois, esse irmão veio nos falar, todo feliz e contente, que “a vó Rosa tinha mostrado a obra ao primaz e ele havia aprovado”. Nós tínhamos visto que, na verdade, outro irmão já tinha contado para Efigênia o que estavam fazendo naquela obra, mas como também éramos fanáticos e desejávamos ver o engrandecimento do nome do Aldo Bertoni, ficamos quietos para não estragar a alegria e a fé do irmão de Americana.

Este exemplo que vivenciamos, caros irmãos e amigos, mostra como era o “modus operandi” da dupla Aldo & Efigênia. Sorrateiramente a informação é obtida de um lado, e depois é utilizada para fomentar a crença de outras pessoas. E assim criou-se a lenda do “santo profeta”.

Inquerito Efigenia Joventino

Essa sabe das coisas. Sempre esteve diretamente envolvida em todas as negociatas do seu patrão, feitas com dinheiro desviado da Igreja Apostólica. Se acontecesse um milagre e ela se tornasse uma pessoa honesta e resolvesse contar aos apostólicos tudo o que sabe, não sobraria pedra sobre pedra na falsa crença da “santidade” do bandido Aldo Bertoni.

* * *

Efigênia também é uma das mulheres mais bocas sujas com quem tenhamos conversado. Certa vez, sem querer, ouvimos alguns minutos de sua conversa com o filho do João Stancey, o motorista Joãozinho. Era um tal de “filho da p***” para cá e para lá, para deixar qualquer cristão horrorizado. Aprendeu direitinho com seu “patrão”, que longe dos ouvidos apostólicos, adorava usar palavreado torpe e de baixo calão.

Não temos dúvida alguma de que Efigênia Joventino está no Conselho Deliberativo apenas para continuar a encobrir a corrupção e as mentiras do seu falecido patrão.