Tag Archives: Orlando Arantes Marques

Boletim de 31/12/2014

31 dez

Chegamos ao último dia de um ano memorável como 2014.

Se fôssemos escrever o resumo de uma retrospectiva do ano, poderíamos destacar os 4 seguintes pontos:

– Foi o ano em que as principais falsas profecias do Aldo Bertoni se revelaram falsas aos olhos de todo mundo, e não apenas aos olhos de quem o conheceu na sua podre vida particular;

– Foi o ano em que centenas de irmãos apostólicos puderam se libertar do fanatismo religioso alimentado pelo ídolo demoníaco chamado Aldo Bertoni;

– Foi o ano em que a humanidade se livrou de mais um ser do mal, um corrupto que nunca contribuiu com nada de bom para a humanidade;

– Foi o ano em que Aldo Bertoni, arrogante, incrédulo e sempre cheio de si, teve de acertar suas contas com Deus, e mais um falso profeta das profecias de Jesus foi eliminado da face da Terra;

Na Igreja Apostólica, para os cabeças duras que ainda ficaram no barco furado, tudo continua como sempre foi: dois pilantras colocam palavras bonitas no Boletim, o povo incauto acredita em tudo o que é escrito lá, e a farta arrecadação de dinheiro dos fanáticos continua, para que “iluminados” da Sede possam gozar de uma confortável vida financeira.

Vejam o último Boletim do ano, e digam se a palhaçada não continua:

*

BOLETIM DE 31/12/2014

* *

Enquanto isso, no campo administrativo, a guerra de egos e por disputa de poder na direção da Igreja Apostólica continua.

Hoje está sendo publica a “portaria” onde o primeiro conselheiro é colocado de escanteio. Orlando Arantes Marques, Conselheiro Financeiro da Igreja Apostólica, após menos de 6 meses no cargo, foi afastado de suas funções por processar a própria igreja que dirige.

Você que acompanha nossas postagens deve se lembrar que o Conselheiro Orlando só fez isso porque seguia uma determinação do próprio Aldo Bertoni, que lhe prometeu em 2012 a direção da igreja. Como Aldo está morto, não manda em mais nada, então suas ordens não valem mais nada. Quem manda agora é o “Santo Conselho”. Clique no link abaixo e veja a Portaria 001:

*

PORTARIA 001 – AFASTAMENTO ORLANDO ARANTES

* *

Essa guerra ainda vai longe, caros irmãos e amigos. Como temos tanta certeza? É simples: onde não há Deus, o diabo reina. Onde ele reina, impera a confusão, a mentira, as intrigas, as fofocas. 

*

Aprendiz001-OrlandoArantes

O primeiro já foi. Quem será o próximo?

* *

O que Wagner Ormanji ainda não percebeu é que se continuar levando avante essa mentira sobre a falsa santidade do falecido Aldo Bertoni, estará impedindo que Deus entre na Igreja Apostólica. Wagner repetirá o erro do Bispo Eurico, culminando nesse escândalo religioso que temos visto?

Que 2015 seja o ano da virada para a Igreja Apostólica. Que seja um ano de renovação não apenas administrativa, mas principalmente espiritual. Que a Igreja Apostólica tenha forças e coragem para vencer o fanatismo religioso e aceite a Jesus Cristo como Salvador.

Desejamos a todos os irmãos e amigos um felicíssimo ano novo. Que 2015 seja abundante da preciosa graça do Senhor Jesus Cristo nas vidas de todos nós.

Agradecemos ao criativo irmão que nos enviou a imagem acima.

Fiquemos todos com Deus.

O Motivo da Briga

10 dez

Nilson Cairolli e Orlando ArantesNilson Cairolli, Primeiro Secretário da Igreja Apostólica (à esquerda) e Orlando Arantes, Conselheiro Financeiro da Igreja Apostólica (à direita): saíram nos tapas dentro da Sede, no mês passado, com a presença de várias testemunhas oculares. Conheça o motivo!

* * *

Todos os apostólicos que procuram saber o que ocorre em sua igreja, já estão sabendo deste fato escandaloso e infeliz, principalmente graças à internet, que permite à informação fluir muito mais rápido.

Em meados do mês passado, os membros do Conselho Deliberativo da Igreja Apostólica Orlando Arantes Marques e Nilson Bittencourt Cairolli, saíram nos tapas dentro da sede da igreja, em São Paulo.

Na gravação da reunião do dia 26/11/2014, Solyom, o presidente da igreja, nega que tenha havido a briga simplesmente porque ele não a viu, pois não estava presente na hora do ocorrido, e por isso diz que é fofoca. Porém, diversas testemunhas, entre elas alguns empregados da igreja e os porteiros que cuidavam da portaria da Sede naquele dia, nos confirmam que ela de fato ocorreu.

Qual o motivo da briga? É esta carta, redigida pelos advogados do Aldo Bertoni e assinada por ele próprio, em 2012:

*

Carta Orlando Arantes - Aldo BertoniEste documento foi extraído do processo judicial movido pelo Conselheiro Financeiro da Igreja Apostólica, Orlando Arantes Marques, contra a própria Igreja Apostólica. O processo está em andamento, sem previsão de conclusão. A briga nos tribunais promete ser longa.

* * *

Para o caso de você não conseguir ler o documento, que foi obtido como uma fotografia dessa página do processo, transcreveremos o texto assinado por Aldo Bertoni e seus advogados:

*

– – – – – – – – – – – – – – – – –

São Paulo, 1º de Agosto de 2012

À Igreja Apostólica e ao Povo Apostólico

Tendo em vista as dificuldades criadas à minha pessoa e à Igreja Apostólica pelos inimigos de nossa fé, alguns dos quais dissimulados debaixo do nosso teto, bem como os graves problemas de saúde que me acometem e, ainda, a vaga nas funções de Diretor Presidente e de Diretora Chefe deixadas com o falecimento do Bispo Eurico Mattos Coutinho e da Missionária Odete Corrêa Coutinho, chamo e nomeio, na condição de representante e único sucessor e herdeiro da Santa Vó Rosa, o Espírito Santo Consolador, os membros Orlando Arantes Marques, Efigênia Joventino e Wagner Ormanji, todos idôneos, da mesma fé, e espiritualmente preparados conforme a doutrina, para exercerem, em caso de vaga na função de Diretor Superintendente Geral atualmente ocupada por este Primaz que subscreve, seja por falecimento ou impedimento decorrente de doença, agravamento de saúde ou, ainda, de problemas de outra ordem, as funções, respectivamente, de Diretor Superintendente Geral, de Diretora Presidente e de Diretor Chefe da Igreja, os quais deverão prosseguir na preservação da nossa Igreja, da nossa doutrina, do nosso estatuto e de nossa grande e verdadeira família apostólica.

Assinam:

Aldo Bertoni – Primaz

Sérgio Gomes Ayala – Advogado OAB/SP nº 122.661

Odair Mariano Martinez A. Oliveira – Advogado OAB/SP nº 82.941

– – – – – – – – – – – – – – –

* *

Cópias desse documento foram entregues a Orlando Arantes, Efigênia Joventino e Wagner Ormanji, que já em 2012 sabiam de todas essas condições sobre Aldo Bertoni, mas não contaram nada ao povo apostólico. Quando Aldo faleceu, no mês de Maio passado, Efigênia e Wagner concordaram em rasgá-la e partirem para um novo estatuto, pois Wagner já havia identificado que o antigo estatuto da Igreja Apostólica estava ilegal, pois continha vários Artigos que são contrários ao previsto no novo Código Civil vigente no país desde 2002. Se tentassem continuar com o antigo Estatuto, a justiça não permitiria, e foi o que de fato aconteceu.

Mas Orlando Arantes não concordou em rasgar a carta. Queria, e ainda quer, ocupar o cargo que o próprio Aldo Bertoni lhe designou, o de Diretor Superintendente. De acordo com esse documento redigido pelos advogados do Aldo e assinado pelo próprio, Orlando ocuparia a vaga do Aldo Bertoni, Efigênia ficaria com a vaga que foi do Bispo Eurico, e Wagner Ormanji ocuparia a vaga da Missionária Odete.

É necessário que recapitulemos vários fatos ocorridos naquele ano de 2012, para que você entenda em que contexto esta carta foi escrita.

Como você deve se recordar bem, a primeira audiência de julgamento do Aldo Bertoni ocorreu em 27/02/2012. Essa primeira audiência ocorreu para que as testemunhas de acusação fossem ouvidas. Já nessa audiência, Aldo e seus advogados tiveram a certeza de que a condenação estava líquida e certa. A partir daí, talvez pela apreensão de ser preso e voltar a aparecer na TV, a saúde do Aldo Bertoni passou a se deteriorar rapidamente.

A segunda audiência, onde seriam ouvidas as testemunhas de defesa (um monte de fanáticos que não sabiam nada sobre a vida particular do falso profeta), ocorreu em 03/06/2012. A terceira audiência, onde o réu criminoso Aldo Bertoni seria ouvido, ocorreu em 03/07/2012. Só que Aldo não apareceu em seu próprio julgamento. Mandou seus advogados entregarem um atestado médico informando que ele não possuía condições físicas e nem mentais de prestar depoimento algum.

Relembre alguns desses fatos clicando nos links abaixo:

*

CHEGOU O DIA

ONDE ESTÁ O PROFETA?

A ESTRATÉGIA DO PROFETA FUJÃO

* * *

Desde então, foram marcadas seguidas audiências, e em todas elas foram apresentandos atestados médicos alegando precária saúde do réu. Sem ouvir o réu, a juíza não podia dar a sentença, que seria facilmente anulável em instâncias superiores, sob a alegação de cerceamento de defesa. E assim foi até que Aldo morreu. Aliás, quando morreu, havia uma ordem da juíza para que o hospital informasse quando ele estivesse melhor, pois seria ouvido no próprio hospital.

A carta do Aldo Bertoni é datada de 1º de Agosto de 2012, portanto, quase um mês após a terceira audiência. Naquele momento, Aldo e seus próprios familiares, acreditavam que ele seria condenado a prisão domiciliar, em sua própria casa, devido à idade. Os advogados do Aldo, já achavam que ele não duraria muito, devido ao debilitado estado de saúde. Então, a Igreja Apostólica ficaria sem comando de qualquer forma, por morte, agravamento da doença ou prisão do falso profeta.

A orientação dos advogados foi para que ao menos se resolvesse a questão jurídica do comando da igreja. A ordem do profeta bandido era que o controle continuasse nas mãos da família, mas não poderia indicar ninguém da família, pois nenhum deles era apostólico. A solução foi indicar três pessoas que pudessem garantir a continuidade do comando dos Bertonis sobre as finanças da igreja.

Orlando Arantes sempre foi fanático de forma até doentia, então era o homem certo para ficar sob o comando do sobrinho-contador Hélio Viana da Rocha. Efigênia Joventino, corrupta aliada incondicional do bandidão Aldo, também era comandada por Hélio. Mas quem cuidaria da “doutrina”? Tinha que ser alguém que acreditava em todas as tolices apostólicas. Então escolheram alguém que era suficientemente fanático e era “bom de microfone”, para o cargo que havia pertencido à Missionária Odete, cuja função era unicamente cuidar da “parte espiritual” da igreja, não se envolvendo na parte administrativa e financeira.

Os advogados que assinam junto com Aldo Bertoni, e são suas testemunhas legais, são o Dr. Odair Mariano Martinez A. Oliveira, que foi contratado por Aldo Bertoni desde o início do processo impetrado pelo Ministério Público pelos abusos sexuais, e o Dr. Sérgio Gomes Ayala, que substituiu o Dr. Arlindo Duarte Mendes, advogado originalmente contratado junto com o Dr. Odair, mas que teve de se afastar para tratar de um câncer. O Dr. Arlindo veio a falecer algum tempo depois.

Este foi o contexto em que esta carta foi assinada por Aldo Bertoni, nomeando diretamente seus “sucessores”. Enquanto isso, o povo tolo e fanático, principalmente do interior, continuava bradando que Aldo Bertoni estava com ótima saúde e que nunca morreria, mas arrebataria a igreja junto com ele. Quando noticiávamos que Aldo estava doente, diziam que estávamos mentindo. Vários pastores juravam de púlpito que Aldo Bertoni estava muito bem de saúde, e que tais notícias não passavam de mentiras dos “rebeldes”. Pobres tolos inocentes!

Nossa opinião sobre o que vai acontecer? Esse processo movido por Orlando Arantes não dará em nada, pois além do antigo Estatuto ser ilegal, o novo Código Civil deixa claro que a instância máxima numa Associação, como é o caso das igrejas, é a Assembleia Geral. E no caso da Igreja Apostólica, a Assembleia Geral votou por um novo Estatuto. Então, nada vale aquela carta do Aldo Bertoni.

Orlando Arantes, herdeiro legítimo do cargo ocupado por Aldo Bertoni, por decisão do próprio falso profeta, provavelmente será expulso do Conselho Deliberativo. Fanático como é, possivelmente continuará pregando mentiras para os fanáticos do interior, e mediante um bom prêmio em dinheiro pelos “bons serviços prestados” durante anos, se calará para não criar ainda mais polêmicas.

*

Blog Avante Apostolico - 04/07/2012Enquanto isso, os bobocas do interior, aliados a pastores pregadores de mentiras, autênticos servos de satanás, anunciavam mentiras ao Povo Apostólico. Veja esse anúncio: diziam que Aldo estava com uma simples gripe. E agora, será que viram como estavam errados, ou continuam cegos, afogados em seu fanatismo religioso? (clique na imagem para ampliá-la)

* * *

E os fanáticos? Continuarão idolatrando o bandido morto e cantando aquele monte de mentiras como se ele fosse o próprio Jesus Cristo.

Que Deus perdoe nossos pobres e fanáticos irmãos apostólicos, e os ajude a enxergarem a verdade e a se libertarem do fanatismo religioso, que tanto os cega e permite que eles continuem sendo escravos de corruptos religiosos.

Fiquemos todos com Deus.

O Manifesto dos Rebeldes

27 nov

Vejam como são as coisas, caros irmãos e amigos.

Aconteceu a tal reunião na Sede da Igreja Apostólica. O grupo de apostólicos lá presente foram recebidos apenas pelo presidente da igreja, José Solyom Filho, com sua calma e pacatez de sempre. Nenhum dos outros membros da direção da igreja deram as caras.

As reivindicações do grupo são exatamente as mesmas que vimos fazendo há anos! Fomos injuriados, ameaçados, amaldiçoados, caluniados e xingados por questionar exatamente o mesmo que esse grupo está exigindo: apenas explicações. Será que finalmente os apostólicos estão percebendo que sempre tivemos razão?

Nós não tivemos essa oportunidade, pois com Aldo Bertoni as coisas eram diferentes: se fosse com ele, esse grupo já teria sido ameaçado de “amanhecer com a boca cheia de formigas”, como o próprio Aldo Bertoni disse, com sua boca, a muitos de nós. Temos certeza de que ninguém desse grupo iria arriscar a própria vida e a da sua família, e acabariam saindo da igreja como “rebeldes”, como nós fomos.

Vejam o manifesto que lançaram e está sendo distribuído para que os apostólicos assinem:

* * *

MANIFESTO DOS MEMBROS DA IGREJA APOSTÓLICA

* * *

Só existe um problema, caros irmãos e amigos. Estão tentando dissociar Aldo Bertoni de toda essa corrupção ora descoberta. Enquanto insistirem em fazer isso, não estarão agindo com transparência com ninguém. O senhor Wagner Rodrigues, um dos líderes da atual “rebelião”, sabe muito bem de toda a podridão envolvendo o Aldo Bertoni, sabe que Aldo mantinha várias amantes com dinheiro da igreja, sabe que o filho do Aldo comprava cocaína com dinheiro das ofertas, sabe que Aldo desviava dinheiro e imóveis da igreja para sua família, sabe de todas as mentiras, entre muitas outras aberrações. Então por que o defende?

Wagner Rodrigues - Igreja Apostólica

Wagner Rodrigues, o líder da rebelião, e seu pai Clérizon Rodrigues: os dois ainda tem muito que explicar ao povo apostólico!

* * *

Vejam que no manifesto pedem, por exemplo, a demissão dos senhores Hélio Viana da Rocha e Orlando Arantes Marques, respectivamente o Contador e antigo Administrador da igreja e o Tesoureiro. Mas por qual o motivo não explicam para o povo que esses homens foram colocados e mantidos em seus cargos por décadas pelo próprio Aldo Bertoni? Não se esqueçam que Hélio Viana é sobrinho do Aldo Bertoni, e por décadas foi o segundo homem mais poderoso na estrutura da igreja, atrás apenas de seu tio Aldo Bertoni. Hélio era o único que tinha uma procuração do Aldo para movimentar todas as contas da igreja, e nunca foi apostólico! Claro, qualquer um que conheceu a vida particular do Aldo Bertoni não teria coragem de ser apostólico! Nisso temos de dar razão a ele.

É indesculpável se agora vierem dizer que “Aldo foi enganado”. Ele não era o ONISCIENTE profeta? Como podem alegar que ele não sabia de nada do que estava acontecendo dentro da sua própria sala? Não estamos falando de roubos e desfalques ocorridos há poucos dias, mas de crimes que são cometidos desde 1978, quando o nome do Aldo Bertoni passou a constar nos Estatutos da igreja!

Sr. Wagner Rodrigues, se quer honestidade e transparência, comece você sendo honesto e transparente. Conte ao povo o que sabe sobre o falso profeta Aldo, você e seu pai sabem muito sobre tudo isso, porque não dizem a verdade ao povo? Caso contrário estarão sendo exatamente iguais aos homens que querem derrubar. Ou tem medo de abrir a boca para dizer a verdade e perder o apoio dos fanáticos do interior?

Se insistirem nisso, de tentar dissociar Aldo Bertoni de toda a corrupção existente na Igreja Apostólica, continuarão na lama, chafurdando na mentira e na enganação. Deus nunca estará onde reside a mentira. Jesus Cristo nunca compactuaria nada com mentirosos, pois Ele próprio disse que o pai da mentira é o diabo.

Pensem nisso, e que Deus abençoe a todos os apostólicos enganados e perdidos.

Os Eleitos: O Conselheiro Financeiro

12 set

Orlando Arantes

Orlando Arantes Marques

Conselheiro Financeiro da Igreja Apostólica

* * *

Orlando Arantes era motorista de ônibus urbano da cidade de São Paulo, até ser “convocado” pela Missionária Odete para ser pregador. Desde o princípio, sempre foi extremamente fanático e “puxa-saco” da “santa direção”. Talvez seja um daqueles pregadores que mais trouxeram “comunicados” do interior. 

Tanta “devoção” lhe proporcionou alguns bons benefícios financeiros concedidos por Aldo Bertoni: arrumou emprego na igreja, que lhe paga muito mais do que a empresa de ônibus, e ainda ganhou o aluguel de uma casa bem em frente à porta de serviços da Sede da Igreja Apostólica. Sua garagem fica exatamente em frente à porta da sala onde Aldo Bertoni realizava suas práticas criminosas, na sede da igreja.

Mas vejam que esse fanatismo sempre aparentou ter seu fundo de interesse: há alguns anos atrás, a filha de Orlando Arantes, juntamente com seu genro, abriram um “boteco” na Rua Tuiuti, no mesmo quarteirão onde ficava a antiga sede da Igreja Apostólica. Quem passasse por lá em alguns dias da semana à tarde, poderia encontrar Orlando Arantes atrás do balcão, servindo “uma Brahma” aos clientes de sua filha. Alguns meses mais tarde, não sabemos se pelo negócio não ter dado certo ou se pela má exposição que o bar estava concedendo à família Arantes perante muitos apostólicos que passavam por ali, o bar foi fechado. Será que alguém realmente fanático serviria cerveja aos fregueses de sua filha, como nós mesmos presenciamos algumas vezes?

No escritório da igreja, Orlando era conhecido como “a pele mais fina do saco do Aldo Bertoni”, segundo relatos dos próprios funcionários da igreja. Também era chamado de “Bispo 2”, pois em suas pregações tentava imitar o falecido fundador da Igreja Apostólica, o “Bispo” Eurico Mattos Coutinho.

Justamente por esse fanatismo e “puxa-saquismo” (com o perdão do uso da palavra inexiste em nosso vocabulário), Orlando foi nomeado por Aldo Bertoni como Tesoureiro da igreja, função que exercia há muitos anos. Mas não pense que Orlando tinha qualquer poder sobre as finanças da igreja, sua função era simplesmente coordenar as prestações de contas dos pastores e pregadores. Quem realmente sempre fez movimentações financeiras da igreja eram Aldo Bertoni, seu sobrinho Hélio Viana da Rocha e seu assistente José Roberto Rozani, o vulgo “Robertinho”.

Sendo seu fanatismo real ou não, não temos qualquer esperança de Orlando Arantes ser alguém que busque a verdade na direção da Igreja Apostólica. Sua função será apenas continuar a ser manipulado pelos verdadeiros bandidos, o “núcleo duro” das falcatruas do Aldo Bertoni, que são o quinteto João Stancey, Efigênia Joventino, Hélio Viana da Rocha, José Roberto Rozani e Valdemar C. Santos. 

O NOVO ESTATUTO

5 set

Igreja Apostólica

Em nome ao respeito que temos por nossos irmãos apostólicos, à transparência e clareza que sempre acreditamos ser uma condição inegociável para a gestão de entidades que vivem do dinheiro de pessoas simples e humildes, como é o caso da Igreja Apostólica, divulgamos o NOVO ESTATUTO DA IGREJA APOSTÓLICA para que todos os fiéis e membros tenham conhecimento, pois acreditamos que, como sempre, tal documento não será divulgado pela direção da Igreja Apostólica para que fique cópia em cada congregação.

* * *

NOVO ESTATUTO DA IGREJA APOSTÓLICA (clique aqui para acessá-lo)

Atenção: O arquivo possui 7 Mb, e poderá demorar para carregar, a depender do tipo de conexão utilizada

* * *

Como dissemos anteriormente, este Estatuto tem vários pontos semelhante ao “Estatuto Democrático” que sugerimos para a igreja há cerca de 5 anos atrás. Fomos tão combatidos por isso, fomos acusados de várias leviandades, e agora os próprios apostólicos que tanto nos criticaram, aprovaram um documento semelhante. Vejam, caros irmãos e amigos, como o mundo dá voltas, e como Deus faz valer aquele velho ditado popular: “quem cospe para cima, recebe cuspe na cara”.

Em futuras postagens, discutiremos vários aspectos deste Estatuto, inclusive quanto às sanções disciplinares, que agora voltam para aterrorizar e amedrontar os fiéis apostólicos.

Fiquemos todos com Deus, e boa leitura!

Os Eleitos

30 ago

Caros irmãos e amigos, conheçam os sucessores do falso profeta Aldo Bertoni na direção da Igreja Apostólica, conforme resultado da Assembleia realizada ontem à noite, 29/08/2014:

* * *

 

José SolyomJOSÉ SOLYOM FILHO

Presidente da Igreja Apostólica

.

***

Wagner OrmanjiWAGNER ORMANJI

Vice-Presidente da Igreja Apostólica

.

* * *

Nilson CairolliNILSON BITTENCOURT CAIROLLI

1º Secretário da Igreja Apostólica

.

* * *

Efigênia JoventinoEFIGÊNIA JOVENTINO

2ª Secretária da Igreja Apostólica

.

* * *

João StanceyJOÃO STANCEY

Conselheiro Administrativo

.

* * *

Carlos Alberto TrevisanCARLOS ALBERTO TREVISAN

Conselheiro Contábil

.

* * *

Orlando ArantesORLANDO ARANTES MARQUES

Conselheiro Financeiro

.

* * *

Luiz Carlos dos SantosLUIZ CARLOS DOS SANTOS

Conselheiro Patrimonial

.

* * *

José Francisco de PaulaJOSÉ FRANCISCO DE PAULA

Conselheiro Ministerial

.

* * *

.

Em breve analisaremos os perfis dos eleitos, para que todos os apostólicos tenham a chance de conhecer um pouco mais sobre essas pessoas que continuarão iludindo e enganando o povo humilde, em nome do bandido Aldo Bertoni.

.

Aguarde novas informações.

.

Fiquemos todos com Deus.